Após 40 anos de convivência, Sétimo e Socorro Waquim dizem “sim” novamente

spot_img
Compartilhe:

O dizer “sim” de Sétimo e Socorro Waquim, todos os dias, durante 40 anos foi confirmado em cerimônia no último dia 18, sábado passado, na Igreja Matriz de São José, na presença de amigos, parentes legionárias de Maria e da sociedade timonense.

A data de comemoração das Bodas de Esmeralda de Sétimo e Socorro coincidiu, felizmente, com dia, em que selaram a Aliança de Amor peregrina física ou espiritualmente com Maria, Mãe de Jesus. Atualiza-se assim, mensalmente, o grande dia 18 de outubro de 1914. A Aliança de Amor com Maria é a forma original que Schoenstatt possui de viver a aliança batismal. Nela se expressa e se garante a aliança com a Santíssima Trindade. A primeira Aliança de Amor em Schoenstatt foi selada pelo Fundador, Pe. José Kentenich, e os seus educandos, na Capelinha de São Miguel, em Schoenstatt, na Alemanha, em 18 de outubro de 1914. E até hoje, 100 anos depois, vem sendo comemorada no dia 18, data escolhida pelo casal.

A cerimônia em Timon foi celebrada pelo Diácono Quirino, que expressou muito bem o viver junto do casal com conhecimento de seu amor infinito.

Durante a cerimônia, a filha caçula do casal, Amanda Waquim, representando os irmãos Ulysses, Ângela e o Neto João Eduardo fez uma homenagem patenteando o Amor dos filhos para com os pais e a responsabilidade atribuída a eles por sua gestação e criação dentro da dignidade e respeito valorizando sempre os conceitos da familia.

Compartilhe:

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Três dicas para evitar o estresse na hora de encarar o trânsito

Por Elainy Castro Buzinas, xingamentos, motoristas imprudentes, muita gente nos horários de pico, pedestres que atravessam fora da faixa, acidentes… isso e muito mais você...

Em prestigiada reunião, Cláudia Coutinho diz que será deputada para ajudar Timon e o Maranhão

Em prestigiadíssima reunião política, ontem no Mabelu Buffett, em Timon patrocinada pelo vereador Helber Guimarães e seu grupo de apoiadores e aliados na cidade,...

Equatorial Maranhão divulga o Plano Operacional para as Eleições 2022

O plano mobiliza mais de 1.300 profissionais e traz as ações estruturadas para máxima continuidade do fornecimento de energia no dia das eleições. A Equatorial...
O dizer "sim" de Sétimo e Socorro Waquim, todos os dias, durante 40 anos foi confirmado em cerimônia no último dia 18, sábado passado, na Igreja Matriz de São José, na presença de amigos, parentes legionárias de Maria e da sociedade timonense. A data de comemoração das Bodas de Esmeralda de Sétimo e Socorro coincidiu, felizmente, com dia, em que selaram a Aliança de Amor peregrina física ou espiritualmente com Maria, Mãe de Jesus. Atualiza-se assim, mensalmente, o grande dia 18 de outubro de 1914. A Aliança de Amor com Maria é a forma original que Schoenstatt possui de viver a aliança batismal. Nela se expressa e se garante a aliança com a Santíssima Trindade. A primeira Aliança de Amor em Schoenstatt foi selada pelo Fundador, Pe. José Kentenich, e os seus educandos, na Capelinha de São Miguel, em Schoenstatt, na Alemanha, em 18 de outubro de 1914. E até hoje, 100 anos depois, vem sendo comemorada no dia 18, data escolhida pelo casal. A cerimônia em Timon foi celebrada pelo Diácono Quirino, que expressou muito bem o viver junto do casal com conhecimento de seu amor infinito. Durante a cerimônia, a filha caçula do casal, Amanda Waquim, representando os irmãos Ulysses, Ângela e o Neto João Eduardo fez uma homenagem patenteando o Amor dos filhos para com os pais e a responsabilidade atribuída a eles por sua gestação e criação dentro da dignidade e respeito valorizando sempre os conceitos da familia.