Vídeo de crianças e adolescentes dançando funk dentro de escola de Timon causa o maior “xabu”

spot_img
Compartilhe:

Um vídeo postado nas redes sociais cuja imagem aparecem crianças dentro de uma escola pública de Timon está causando a maior confusão na cidade.

Visualizado por mais de 24 mil pessoas, o vídeo mostra crianças e adolescentes com shortinhos e blusas de fardas acima do umbigo ensaiando passes da dança sensual dentro da escola Escola Municipal Antônio Maria Zacarias Ribeiro, localizado no bairro Cidade Nova e administrada pela Secretaria de Educação de Timon.

A fato teve encaminhamento à Promotoria da Infância e da Adolescência, que tem como titular Eduardo Borges para que o MP abra um procedimento. O pedido ao promotor foi feito pelo vereador Anderson Pego, presidente do PSDB, em Timon que cita:  “as crianças e adolescentes daquela unidade escolar foram submetidas a atividades degradantes à dignidade das crianças, que foram incentivadas a danças lascivas e vulgares de cunho excessivamente sexual, e sob a supervisão de docentes daquela escola, atividades desconexas com o ensino e sem utilidade para a formação dos jovens. (Veja)

O vereador sente-se indignado porque, segundo ele, tal atividade é tipificada no Estatuto da Criança e do Adolescente. O mesmo informa ainda que tem um vídeo provando o ocorrido, e se compromete a trazê-lo como prova material. Ele pede a responsabilização da secretária Dona Sebastiana Veloso pelo fato.

Hoje pela manhã, o ex-prefeito Chico Leitoa, que tem o título de Amigo da Criança, participou de programa de rádio para rechaçar as divulgações em cima do vídeo que expõe as crianças, mas defendendo o fato, ao seu vê como normai.

Esta semana, o prefeito Luciano Leitoa, filho de Chico Leitoa colocou em seu status um vídeo em que aparecia uma cadela no cio fazendo gestos obcenos na perna de um de seus assessores. O vídeo tomou grandes proporções e vazou nos veículos de comunicação com destaque para a cena filmada pelo prefeito.

Ainda dizem que a Globo é a culpada pela banalização e afronta à família brasileira.

Compartilhe:

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Aeroporto de Teresina completa 55 anos

O Aeroporto de Teresina (THE) completa 55 anos nesta sexta-feira, dia 30 de setembro. Localizado na capital do Piauí, ele é a principal porta...

Três dicas para evitar o estresse na hora de encarar o trânsito

Por Elainy Castro Buzinas, xingamentos, motoristas imprudentes, muita gente nos horários de pico, pedestres que atravessam fora da faixa, acidentes… isso e muito mais você...

Em prestigiada reunião, Cláudia Coutinho diz que será deputada para ajudar Timon e o Maranhão

Em prestigiadíssima reunião política, ontem no Mabelu Buffett, em Timon patrocinada pelo vereador Helber Guimarães e seu grupo de apoiadores e aliados na cidade,...
Um vídeo postado nas redes sociais cuja imagem aparecem crianças dentro de uma escola pública de Timon está causando a maior confusão na cidade. Visualizado por mais de 24 mil pessoas, o vídeo mostra crianças e adolescentes com shortinhos e blusas de fardas acima do umbigo ensaiando passes da dança sensual dentro da escola Escola Municipal Antônio Maria Zacarias Ribeiro, localizado no bairro Cidade Nova e administrada pela Secretaria de Educação de Timon. A fato teve encaminhamento à Promotoria da Infância e da Adolescência, que tem como titular Eduardo Borges para que o MP abra um procedimento. O pedido ao promotor foi feito pelo vereador Anderson Pego, presidente do PSDB, em Timon que cita:  "as crianças e adolescentes daquela unidade escolar foram submetidas a atividades degradantes à dignidade das crianças, que foram incentivadas a danças lascivas e vulgares de cunho excessivamente sexual, e sob a supervisão de docentes daquela escola, atividades desconexas com o ensino e sem utilidade para a formação dos jovens. (Veja) O vereador sente-se indignado porque, segundo ele, tal atividade é tipificada no Estatuto da Criança e do Adolescente. O mesmo informa ainda que tem um vídeo provando o ocorrido, e se compromete a trazê-lo como prova material. Ele pede a responsabilização da secretária Dona Sebastiana Veloso pelo fato. Hoje pela manhã, o ex-prefeito Chico Leitoa, que tem o título de Amigo da Criança, participou de programa de rádio para rechaçar as divulgações em cima do vídeo que expõe as crianças, mas defendendo o fato, ao seu vê como normai. Esta semana, o prefeito Luciano Leitoa, filho de Chico Leitoa colocou em seu status um vídeo em que aparecia uma cadela no cio fazendo gestos obcenos na perna de um de seus assessores. O vídeo tomou grandes proporções e vazou nos veículos de comunicação com destaque para a cena filmada pelo prefeito. Ainda dizem que a Globo é a culpada pela banalização e afronta à família brasileira.