Silvia Abravanel critica Gugu em Rede da Fama na Eliana

spot_img
Compartilhe:

silvia-abravanel-apresentando-bom-dia-e-cia  Silvia Abravanel, filha número dois de Silvio Santos, criticou o apresentador da Record Gugu Liberato, durante participação no programa da Eliana, no início da noite deste domingo (26).

“[Tenho] ressentimento, mágoa, pelas atitudes que ele teve principalmente com o meu pai. Ele saiu pela porta [do SBT] sem ao menos dar um tchau. Isso me magoou muito, porque eu conheci o Gugu quando eu tinha 15 anos, ele tinha uns 27, no casamento do meu pai, dentro da nossa casa. Ele não era nem famoso, não era praticamente nada. E o meu pai foi ensinando, foi apoiando, dando todo o apoio, e fazendo dele um apresentador. E foi embora do SBT para outra emissora sem dar tchau”, contou a atual apresentadora do “Bom Dia & Cia”.

Além de Gugu Liberato, Silvia Abravanel também criticou a presidente Dilma Rousseff (PT). “Com todo respeito, não concordo que ela seja a mais poderosa. Acho que poder não é você ter muito dinheiro na sua conta. ‘Poder’ é você poder fazer o bem, olhar nos olhos das pessoas e ser sincera. ‘Se eu não consigo fazer, não consigo fazer, me desculpa’. Mas inventar, ludibriar, principalmente o povo brasileiro, que é um povo lutador. Nossa, eu não aceito de jeito nenhum”, afirmou Silvia.

Sobre João Kleber, Silvia questionou uma atitude do apresentador da Rede TV! e afirmou que não o aceitaria nem como colega. “Como todo programa de fofoca, ele quer audiência. E ele sabe que sou uma pessoa polêmica. Uma vez ele me levou no programa dele, e colocou uma pessoa, na qual tive um desentendimento muitos anos atrás para falar comigo pelo telefone. Aquilo me causou um constrangimento muito grande. Não gostei da atitude dele”, disse ela.

A diretora e apresentadora também revelou a história de uma briga feia que teve com o cantor e político Agnaldo Timóteo nos bastidores do SBT, na época em que Silvio Santos estava se candidatando para prefeito de São Paulo. “Ele [Agnaldo Timóteo] tinha os interesses dele. Queria que o meu pai fosse da política para, claro, ele dar uma ‘mordidinha ali’. Ele meteu o dedo na minha cara e a gente se pegou nos corredores do SBT”, revelou Silvia.

Diretora do núcleo infantil do SBT, Silvia assumiu o comando do programa no lugar de Matheus Ueta e Ana Julia, apresentadores-mirins que foram afastados da atração no último dia 15 de julho, por uma decisão da Justiça de São Paulo, que vê a necessidade de uma adequação nos horários das crianças. A dupla foi liberada para voltar ao ar na última sexta e, de acordo com a assessoria de imprensa do SBT, retornam à atração na próxima segunda. Silvia, que agradou os executivos da emissora continuará na apresentação do programa ao lado das crianças.

Formada em medicina veterinária em 1998, Silvia Abravanel nunca exerceu a profissão para se dedicar à filha especial. Atualmente é diretora de núcleo infantil do SBT, mas já se aventurou também como apresentadora à frente de outros dois programas, o “Casos da Vida Real” e o “Cor de Rosa”, ambos exibidos pela emissora em 2004. Não deu certo e foi para detrás das câmeras.

Assista a participação na Eliana:

Edição: Veja Timon

Via: UOL

Compartilhe:
Veja Timon
Veja Timonhttps://vejatimon.com
O Veja Timon foi desenvolvido para suprir os timonenses com informações de um modo geral, onde a política não venha ser o foco central. Um site diversificado e imparcial, trabalhamos para levar um conteúdo de relevância para cidade. Veja Timon - Junto Com o Povo

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Vereador Thiago Carvalho participa e incentiva doação de sangue no Hospital Alarico Pacheco

Os vereadores Thiago Carvalho, Dr. Torquato e Da Luz do Sete Estrelas estiveram, neste sábado (26), no Hospital Alarico Nunes Pachêco, para realizar doação...

Quem matou Terceiro Waquim? A pergunta não cala!

Essa é a pergunta feita em todas às rodas de conversas em Timon. As pessoas, entre olhares, se cutucam e até se manifestam sobre a...

Imprensa desportiva mundial se rende ao talento de “Richarlison. Até jornal argentino: “golaço”

Camisa 7 do Brasil marcou os dois gols da vitória brasileira; Diario Olé, que costuma pegar no pé do atacante, faz elogios nas redes,...
silvia-abravanel-apresentando-bom-dia-e-cia  Silvia Abravanel, filha número dois de Silvio Santos, criticou o apresentador da Record Gugu Liberato, durante participação no programa da Eliana, no início da noite deste domingo (26). "[Tenho] ressentimento, mágoa, pelas atitudes que ele teve principalmente com o meu pai. Ele saiu pela porta [do SBT] sem ao menos dar um tchau. Isso me magoou muito, porque eu conheci o Gugu quando eu tinha 15 anos, ele tinha uns 27, no casamento do meu pai, dentro da nossa casa. Ele não era nem famoso, não era praticamente nada. E o meu pai foi ensinando, foi apoiando, dando todo o apoio, e fazendo dele um apresentador. E foi embora do SBT para outra emissora sem dar tchau", contou a atual apresentadora do "Bom Dia & Cia". Além de Gugu Liberato, Silvia Abravanel também criticou a presidente Dilma Rousseff (PT). "Com todo respeito, não concordo que ela seja a mais poderosa. Acho que poder não é você ter muito dinheiro na sua conta. 'Poder' é você poder fazer o bem, olhar nos olhos das pessoas e ser sincera. 'Se eu não consigo fazer, não consigo fazer, me desculpa'. Mas inventar, ludibriar, principalmente o povo brasileiro, que é um povo lutador. Nossa, eu não aceito de jeito nenhum", afirmou Silvia. Sobre João Kleber, Silvia questionou uma atitude do apresentador da Rede TV! e afirmou que não o aceitaria nem como colega. "Como todo programa de fofoca, ele quer audiência. E ele sabe que sou uma pessoa polêmica. Uma vez ele me levou no programa dele, e colocou uma pessoa, na qual tive um desentendimento muitos anos atrás para falar comigo pelo telefone. Aquilo me causou um constrangimento muito grande. Não gostei da atitude dele", disse ela. A diretora e apresentadora também revelou a história de uma briga feia que teve com o cantor e político Agnaldo Timóteo nos bastidores do SBT, na época em que Silvio Santos estava se candidatando para prefeito de São Paulo. "Ele [Agnaldo Timóteo] tinha os interesses dele. Queria que o meu pai fosse da política para, claro, ele dar uma 'mordidinha ali'. Ele meteu o dedo na minha cara e a gente se pegou nos corredores do SBT", revelou Silvia. Diretora do núcleo infantil do SBT, Silvia assumiu o comando do programa no lugar de Matheus Ueta e Ana Julia, apresentadores-mirins que foram afastados da atração no último dia 15 de julho, por uma decisão da Justiça de São Paulo, que vê a necessidade de uma adequação nos horários das crianças. A dupla foi liberada para voltar ao ar na última sexta e, de acordo com a assessoria de imprensa do SBT, retornam à atração na próxima segunda. Silvia, que agradou os executivos da emissora continuará na apresentação do programa ao lado das crianças. Formada em medicina veterinária em 1998, Silvia Abravanel nunca exerceu a profissão para se dedicar à filha especial. Atualmente é diretora de núcleo infantil do SBT, mas já se aventurou também como apresentadora à frente de outros dois programas, o "Casos da Vida Real" e o "Cor de Rosa", ambos exibidos pela emissora em 2004. Não deu certo e foi para detrás das câmeras. Assista a participação na Eliana: Edição: Veja Timon Via: UOL