Veja lista de vencedores do Grammy 2015

spot_img
Compartilhe:

KanyeWest-Rihanna-PaulMcCartney-Grammy-2015  Sam Smith, cantor inglês de 22 anos, foi o maior vencedor do Grammy 2015. Ele ficou com quatro prêmios: Canção e Gravação do ano, por “Stay with me”, Álbum Pop Vocal, por “In the lonely hour”, e Revelação. Beck, Beyoncé e Pharrell Williams tiveram três Grammys cada. Ao receber o último prêmio, Sam Smith disse: “Obrigado ao cara que partiu meu coração, você me deu quatro Grammys”. Seu disco de estreia é inspirado por uma decepção amorosa.

A voz poderosa de Sam Smith é uma das maiores esperanças da indústria musical para seu futuro incerto. Baladas soul emotivas, com alta dose de dor de cotovelo, são marcas do londrino de 22 anos. A revista “Billboard” definiu Sam Smith assim: “Ele tem uma presença vocal magnética”. Veja perfil completo de Sam Smith.

Beck
O Grammy de álbum do ano para “Morning phase”, de Beck, foi uma surpresa, já que Beyoncé e Sam Smith eram tidos como favoritos. Ao receber o prêmio, Kanye West chegou a subir no palco e fingir que ia interromper Beck (como fez no VMA com Taylor Swift), mas acabou ficando queito.

Cerimônia: mais shows que prêmios
O programa foi longo, com três horas e meia. A cerimônia mesmo teve mais apresentações musicais do que prêmios anunciados. A maior parte das 83 categorias do Grammy já tinha sido divulgada antes da festa.

O primeiro show foi do AC/DC, que levou chifrinhos iluminados para o público. Outra performance “diabólica” foi de Madonna, que apresentou pela primeira vez a música “Living for love”, cercada de dançarinos chifrudos. Katy Perry, Lady Gaga com Tony Bennett e Ed Sheeran com a banda ELO também fizeram shows marcantes.

O show mais esperado foi de Kanye West, Rihanna e Paul McCartney, que fizeram apresentação simples de “FourFiveSeconds”, com Paul ao violão e os dois nos vocais. Colocaram Madonna e os outros convidados para bater palminhas de aprovação ao final.

Veja vencedores das categorias principais, anunciados durante a premiação:

Gravação do Ano
“Fancy (Feat. Charli XCX)” – Iggy Azalea
“All About That Bass” – Meghan Trainor
“Chandelier” – Sia
“Stay With Me” (Darkchild Version) – Sam Smith
“Shake It Off” – Taylor Swift

Álbum do Ano
“Beyoncé” – Beyoncé
“In The Lonely Hour” – Sam Smith
“x” – Ed Sheeran
“G I R L” – Pharrell Williams
“Morning Phase” – Beck

Canção do ano
“Fancy” – Iggy Azalea Ft. Charli XCX
“Chandelier” – Sia
“Stay With Me (Darkchild Version)” – Sam Smith
“Shake It Off” – Taylor Swift
“All About That Bass” – Meghan Trainor

Artista revelação
Iggy Azalea
Bastille
Brandy Clark
Haim
Sam Smith

Performance solo pop
“All of Me” – John Legend
“Chandelier” – Sia
“Stay With Me” – Sam Smith
“Shake It Off” – Taylor Swift
“Happy” – Pharrell Williams

Álbum vocal pop
“x” – Ed Sheeran
“Ghost Stories” – Coldplay
“Bangerz” – Miley Cyrus
“Prism” – Katy Perry
“In The Lonely Hour” – Sam Smith
“My Everything” – Ariana Grande

Álbum de rock
“Ryan Adams” – Ryan Adams
“Morning Phase” – Beck
“Turn Blue” – The Black Keys
“Hypnotic Eye” – Tom Petty And The Heartbreakers
“Songs Of Innocence” – U2

Performance de R&B
“Drunk In Love (Feat. Jay Z)” – Beyoncé
“New Flame (Feat. Usher, Rick Ross)” – Chris Brown
“Good Kisser” – Usher
“The Worst” – Jhené Aiko
“Options” – Luke James

Álbum country
“Riser” – Dierks Bentley
“The Outsiders” – Eric Church
“The Way I’m Livin'” – Lee Ann Womack
“12 Stories” – Brandy Clark
“Platinum” – Miranda Lambert

Veja vencedores anunciados antes da cerimônia (lista completa aqui):

Categorias pop:
Álbum Pop Vocal Tradicional – “Cheek to cheek”, Lady Gaga e Tony Bennett
Permormance Pop em duo ou grupo – “Say something”, Christina Aguilera e A Great Big World

Categorias rock:
Performance rock – “Lazaretto”, Jack White
Música de rock – “Ain’t it fun”, Paramore
Performance Metal – “The last in line” – Tenacious D
Álbum alternativo – “St. Vincent” – St. Vincent

Categorias dance:
Álbum eletrônico: “Syro” – Aphex Twin
Gravação dance – “Rather Be”, Clean Bandit e Jess Glynne

Categorias R&B:
Canção R&B – “Drunk in love”, Beyoncé e Jay Z
Álbum urbano contemporâneo – “Girl”, Pharrell
Álbum R&B – “Love, Marriage & Divorce”, Tony Braxton e Kenny Edmonds

Categorias rap:
Disco de rap – “Marshall Matters LP2” – Eminem
Melhor colaboração de rap – “The monster” – Eminem e Rihanna
Melhor música de rap – “I”, Kendrick Lamar
Melhor performance de rap – “I”, Kendrick Lamar

Categorias country:
Performance country solo: “Something in the water”, Carrie Underwood
Performance country em duo ou grupo: “Gentle on my mind” – The Band Perry
Música country: “I’m not gonna miss you”

Categorias visuais:
Clipe – “Happy” – Pharrell Williams
Filme musical – “20 feet from stardom”
Música escrita para mídia visual – “Let it go”
Trilha sonora – “Frozen Original Soundtrack”

Outros:
Álbum surround sound – “Beyoncé”, Beyoncé
Remix não clássico – “All of me” (por Tiesto, de John Legend)
Encarte – “Lightning bolt”, Pearl Jam
Arranjo instrumental ou a capella – “Daft Punk”, Pentatonix
Box ou edição especial – “Rise & Fall Of Paramount”, Jack White e mais
Melhor engenharia de som de álbum – “Morning phase” – Beck
Álbum de reggae – “Fly rasta”, Ziggy Marley
Álbum de world music – “Eve” – Angelique Kidjo
Álbum infantil – “I am Malala”
Produtor do ano, não clássico – Max Martin
Álbum de texto falado: “Diary of a mad diva”, Joan Rivers

 

Edição: Veja Timon

Imagem: Divulgação

Via: G1

Compartilhe:
Veja Timon
Veja Timonhttps://vejatimon.com
O Veja Timon foi desenvolvido para suprir os timonenses com informações de um modo geral, onde a política não venha ser o foco central. Um site diversificado e imparcial, trabalhamos para levar um conteúdo de relevância para cidade. Veja Timon - Junto Com o Povo

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Rafael inicia campanha com centenas de veículos adesivados em Timon

O deputado Rafael iniciou a campanha para deputado estadual, visando o retorno à Assembleia Legislativa, na manhã desta terça, 16, na sede do Partido...

Candidatos a cargos proporcionais com base em Timon intensificam agenda visual em primeiro dia de campanha

Veja como está agenda dos candidatos a deputado federal e estadual com base política na cidade de Timon no primeiro dia de campanha. Os nomes...

Em terceiro lugar e fora da disputa num segundo turno, Weverton Rocha vai rever estratégia

Pesquisas apontam que o senador disputa a segunda posição com Lahesio Bonfim. O senador Weverton Rocha, candidato a governador do Maranhão, pelo PDT, deverá, a...
KanyeWest-Rihanna-PaulMcCartney-Grammy-2015  Sam Smith, cantor inglês de 22 anos, foi o maior vencedor do Grammy 2015. Ele ficou com quatro prêmios: Canção e Gravação do ano, por "Stay with me", Álbum Pop Vocal, por "In the lonely hour", e Revelação. Beck, Beyoncé e Pharrell Williams tiveram três Grammys cada. Ao receber o último prêmio, Sam Smith disse: "Obrigado ao cara que partiu meu coração, você me deu quatro Grammys". Seu disco de estreia é inspirado por uma decepção amorosa. A voz poderosa de Sam Smith é uma das maiores esperanças da indústria musical para seu futuro incerto. Baladas soul emotivas, com alta dose de dor de cotovelo, são marcas do londrino de 22 anos. A revista "Billboard" definiu Sam Smith assim: "Ele tem uma presença vocal magnética". Veja perfil completo de Sam Smith. Beck O Grammy de álbum do ano para "Morning phase", de Beck, foi uma surpresa, já que Beyoncé e Sam Smith eram tidos como favoritos. Ao receber o prêmio, Kanye West chegou a subir no palco e fingir que ia interromper Beck (como fez no VMA com Taylor Swift), mas acabou ficando queito. Cerimônia: mais shows que prêmios O programa foi longo, com três horas e meia. A cerimônia mesmo teve mais apresentações musicais do que prêmios anunciados. A maior parte das 83 categorias do Grammy já tinha sido divulgada antes da festa. O primeiro show foi do AC/DC, que levou chifrinhos iluminados para o público. Outra performance "diabólica" foi de Madonna, que apresentou pela primeira vez a música "Living for love", cercada de dançarinos chifrudos. Katy Perry, Lady Gaga com Tony Bennett e Ed Sheeran com a banda ELO também fizeram shows marcantes. O show mais esperado foi de Kanye West, Rihanna e Paul McCartney, que fizeram apresentação simples de "FourFiveSeconds", com Paul ao violão e os dois nos vocais. Colocaram Madonna e os outros convidados para bater palminhas de aprovação ao final. Veja vencedores das categorias principais, anunciados durante a premiação: Gravação do Ano "Fancy (Feat. Charli XCX)" - Iggy Azalea "All About That Bass" - Meghan Trainor "Chandelier" - Sia "Stay With Me" (Darkchild Version) - Sam Smith "Shake It Off" - Taylor Swift Álbum do Ano "Beyoncé" - Beyoncé "In The Lonely Hour" - Sam Smith "x" - Ed Sheeran "G I R L" - Pharrell Williams "Morning Phase" - Beck Canção do ano "Fancy" - Iggy Azalea Ft. Charli XCX "Chandelier" - Sia "Stay With Me (Darkchild Version)" - Sam Smith "Shake It Off" - Taylor Swift "All About That Bass" - Meghan Trainor Artista revelação Iggy Azalea Bastille Brandy Clark Haim Sam Smith Performance solo pop "All of Me" - John Legend "Chandelier" - Sia "Stay With Me" - Sam Smith "Shake It Off" - Taylor Swift "Happy" - Pharrell Williams Álbum vocal pop "x" - Ed Sheeran "Ghost Stories" - Coldplay "Bangerz" - Miley Cyrus "Prism" - Katy Perry "In The Lonely Hour" - Sam Smith "My Everything" - Ariana Grande Álbum de rock "Ryan Adams" - Ryan Adams "Morning Phase" - Beck "Turn Blue" - The Black Keys "Hypnotic Eye" - Tom Petty And The Heartbreakers "Songs Of Innocence" - U2 Performance de R&B "Drunk In Love (Feat. Jay Z)" - Beyoncé "New Flame (Feat. Usher, Rick Ross)" - Chris Brown "Good Kisser" - Usher "The Worst" - Jhené Aiko "Options" - Luke James Álbum country "Riser" - Dierks Bentley "The Outsiders" - Eric Church "The Way I'm Livin'" - Lee Ann Womack "12 Stories" - Brandy Clark "Platinum" - Miranda Lambert Veja vencedores anunciados antes da cerimônia (lista completa aqui): Categorias pop: Álbum Pop Vocal Tradicional - "Cheek to cheek", Lady Gaga e Tony Bennett Permormance Pop em duo ou grupo - "Say something", Christina Aguilera e A Great Big World Categorias rock: Performance rock - "Lazaretto", Jack White Música de rock - "Ain't it fun", Paramore Performance Metal - "The last in line" - Tenacious D Álbum alternativo - "St. Vincent" - St. Vincent Categorias dance: Álbum eletrônico: "Syro" - Aphex Twin Gravação dance - "Rather Be", Clean Bandit e Jess Glynne Categorias R&B: Canção R&B - "Drunk in love", Beyoncé e Jay Z Álbum urbano contemporâneo - "Girl", Pharrell Álbum R&B - "Love, Marriage & Divorce", Tony Braxton e Kenny Edmonds Categorias rap: Disco de rap - "Marshall Matters LP2" - Eminem Melhor colaboração de rap - "The monster" - Eminem e Rihanna Melhor música de rap - "I", Kendrick Lamar Melhor performance de rap - "I", Kendrick Lamar Categorias country: Performance country solo: "Something in the water", Carrie Underwood Performance country em duo ou grupo: "Gentle on my mind" - The Band Perry Música country: "I'm not gonna miss you" Categorias visuais: Clipe - "Happy" - Pharrell Williams Filme musical - "20 feet from stardom" Música escrita para mídia visual - "Let it go" Trilha sonora - "Frozen Original Soundtrack" Outros: Álbum surround sound - "Beyoncé", Beyoncé Remix não clássico - "All of me" (por Tiesto, de John Legend) Encarte - "Lightning bolt", Pearl Jam Arranjo instrumental ou a capella - "Daft Punk", Pentatonix Box ou edição especial - "Rise & Fall Of Paramount", Jack White e mais Melhor engenharia de som de álbum - "Morning phase" - Beck Álbum de reggae - "Fly rasta", Ziggy Marley Álbum de world music - "Eve" - Angelique Kidjo Álbum infantil - "I am Malala" Produtor do ano, não clássico - Max Martin Álbum de texto falado: "Diary of a mad diva", Joan Rivers   Edição: Veja Timon Imagem: Divulgação Via: G1