spot_img
spot_img

Maranhão tem pedreira na Superliga

spot_img
Compartilhe:
Liga do Maranhão Vôlei
Maranhão Vôlei

Maranhão Vôlei volta às quadras depois de um pequeno recesso de fim de ano. A equipe maranhense retoma os duelos pela Superliga nesta terça-feira, diante do Osasco, fora de casa, às 18h30 (horário de Brasília), no Ginásio José Liberatti.

O Maranhão Vôlei tenta iniciar uma nova fase na competição. No primeiro turno, a equipe só conseguiu uma vitória em 12 jogos e somou apenas cinco pontos. Caso ainda pense em classificação para os playoffs, a equipe precisa de uma campanha bem superior em relação ao 1º turno.

 – Será um jogo difícil. Esse recesso não é muito bom porque acabamos perdendo o ritmo de jogo. Nós treinamos, mas jogo é diferente de treino. Apesar disso, vamos jogar nossas vidas contra o Osasco para tentar vencer. Mesmo com um adversário forte assim, o jogo é dentro de quadra e vamos entrar para vencer, claro que respeitando a equipe do Osasco – disse o técnico Chicão.

A diferença entre o MV e o atual oitavo colocado, São Caetano-SP, é de dez pontos. Uma sequência de bons resultados pode colocar a equipe de novo na briga por uma vaga entre as oito melhores equipes.

O Maranhão Vôlei está na 12ª posição e o último jogo das maranhenses, ainda em 2014, foi no dia 21 de dezembro, fora de casa, quando as meninas foram derrotadas por 3 a 0 para o Praia Clube-MG.

Nas próximas três rodadas, o MV enfrenta a três primeiras colocadas e favoritas ao título. Após enfrentar o Osasco, o Maranhão recebe o Sesi-SP, atual vice-líder, e depois viaja para enfrentar o Rio de Janeiro (RJ), líder da competição.

As adversárias

A equipe paulista sofreu apenas duas derrotas até o momento e ocupa a terceira posição, seis pontos atrás do líder e invicto, o Rio de Janeiro. A pretensão da equipe paulista é terminar a fase de classificação na melhor posição possível pensando nas vantagens nos confrontos de mata-mata.

O elenco do Osasco é repleto de jogadoras da Seleção Brasileira como a levantadora Dani Lins, as centrais Thaisa e Adenízia, a líbero Camila Brait e a oposta Gabi.

Os ingressos para a partida estão sendo vendidos no próprio Ginásio Castelinho por R$10 (arquibancada) e R$30 (cadeira).

Fonte: Veja Timon

Imagem: Divulgação

Via: GE

Compartilhe:
spot_img
Veja Timon
Veja Timonhttps://vejatimon.com
O Veja Timon foi desenvolvido para suprir os timonenses com informações de um modo geral, onde a política não venha ser o foco central. Um site diversificado e imparcial, trabalhamos para levar um conteúdo de relevância para cidade. Veja Timon - Junto Com o Povo

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

spot_img

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Barras de proteína: quando posso comer e para que servem?

Por Juliana Castelo Práticas, fáceis de carregar na bolsa para qualquer lugar e saborosas! As barras de proteína são opções rápidas para repor os nutrientes...

Equatorial Maranhão alerta para a prevenção de acidentes com energia elétrica por causa dos alagamentos e enchentes

As fortes chuvas estão causando consequências em vários municípios maranhenses. De acordo com informações da Defesa Civil do Maranhão, 15 municípios já decretaram situação...

Uilma Resende sai em defesa dos farmacistas de Timon contra multas absurdas do Conselho

https://youtu.be/iFpOEXb2kds O vereador Uilma Resende denunciou ontem, 10, da tribuna da Câmara de Timon o que ele chamou de concorrência predatória dos grandes grupos farmacistas...