spot_img
spot_img

Vendas no varejo crescem menos em 2014

spot_img
Compartilhe:

venda-varegista  O comércio varejista do país fechou o ano passado com crescimento acumulado de 2,2% no volume de vendas, em comparação ao resultado acumulado de 2013 (4,3%), no volume de vendas da série sem ajuste sazonal. Já a receita nominal do setor fechou 2014 com crescimento de 8,5%.

Os dados fazem parte da Pesquisa Mensal do Comércio, divulgada hoje (11) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), e indicam que entre as oito atividades do varejo, cinco registraram taxas positivas, em relação ao ano anterior.

O principal destaque foi o segmento de outros artigos de uso pessoal e doméstico (que engloba lojas de departamentos, ótica, joalheria, artigos esportivos, brinquedos etc), que registrou variação no volume de vendas de 7,9% em 2014, em relação ao ano anterior, sendo este o principal impacto positivo no resultado anual do setor.

Também se destacaram as atividades do item artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos e de perfumaria, que registrou crescimento de 9% em relação ao ano anterior e que deu a segunda maior contribuição à taxa anual do varejo. O item Hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo cresceu 1,3%, o terceiro maior impacto na formação da taxa geral do varejo.

Segundo o IBGE, apesar do crescimento do segmento de hipermercados, entre 2014 e 2013, houve declínio na taxa de expansão entre os dois períodos, uma vez que em 2013 o aumento foi 1,9% em relação a 2012.

“Isso pode ser explicado pela desaceleração do crescimento da massa real de rendimento, com taxa de variação de 1,4% em 2014 contra os 2,4% de 2013, segundo a Pesquisa Mensal de Emprego [PME]”, também do IBGE.

A quarta maior contribuição à taxa global do varejo foi verificada no item combustíveis e lubrificantes, que apresentou, em 2014, resultado positivo no volume de vendas de 2,6% em relação ao ano anterior. “O desempenho foi influenciado pelo comportamento dos preços dos combustíveis, cujo aumento no ano foi 4,9% contra a média geral de 6,4%, segundo o Índice de Preço ao Consumidor Amplo, o IPCA”, outro indicador do IBGE.

Com variação de -1,7% a atividade de equipamentos e materiais para escritório, informática e comunicação exerceu impacto nulo no resultado do varejo. “Esse resultado negativo foi influenciado pelo menor ritmo de expansão do crédito que, segundo o Banco Central, passou em 12 meses de 7,8% em dezembro de 2013 para 4,7% em dezembro de 2014, bem como pelo aumento da taxa de juros já citado anteriormente”, ressaltou o Instituto.

Duas atividades registraram influência negativa no resultado e ambas exerceram a mesma magnitude de impacto: tecidos, vestuário e calçados, com taxa de -1,1% em relação ao ano anterior, e livros, jornais, revistas e papelaria, com -7,7%, que “podem ser explicados, em parte, pela redução do ritmo de crescimento da massa salarial”, diz o IBGE

Já o Comércio Varejista Ampliado – que inclui as atividades de veículos, motos, partes e peças, e de material de construção – apresentou em 2014 variação de -1,7% sobre o ano anterior, depois de uma expansão de 3,6% em 2013. Essa desaceleração deveu-se à queda das vendas de veículos, motos, partes e peças (-9,4%, em 2014, contra 1,4% em 2013). “Os fatores que justificaram esse resultado foram a diminuição do ritmo de crédito, a gradual retirada dos incentivos via redução do IPI, a elevação da taxa de juros e a restrição orçamentária das famílias”, explica nota do IBGE.

As informações do IBGE indicam, ainda, que o Comércio Varejista Ampliado fechou 2014 com crescimento na receita nominal de 3,9%.

 

Edição: Veja Timon

Via: Agência Brasil

Compartilhe:
spot_img
Veja Timon
Veja Timonhttps://vejatimon.com
O Veja Timon foi desenvolvido para suprir os timonenses com informações de um modo geral, onde a política não venha ser o foco central. Um site diversificado e imparcial, trabalhamos para levar um conteúdo de relevância para cidade. Veja Timon - Junto Com o Povo

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

spot_img

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Barras de proteína: quando posso comer e para que servem?

Por Juliana Castelo Práticas, fáceis de carregar na bolsa para qualquer lugar e saborosas! As barras de proteína são opções rápidas para repor os nutrientes...

Equatorial Maranhão alerta para a prevenção de acidentes com energia elétrica por causa dos alagamentos e enchentes

As fortes chuvas estão causando consequências em vários municípios maranhenses. De acordo com informações da Defesa Civil do Maranhão, 15 municípios já decretaram situação...

Uilma Resende sai em defesa dos farmacistas de Timon contra multas absurdas do Conselho

https://youtu.be/iFpOEXb2kds O vereador Uilma Resende denunciou ontem, 10, da tribuna da Câmara de Timon o que ele chamou de concorrência predatória dos grandes grupos farmacistas...