spot_img
spot_img

Águas de Timon patrocina projeto social que resgata a história e a memória da cidade

spot_img
Compartilhe:

Dando continuidade às suas ações de responsabilidade social  Águas de Timon está patrocinando o projeto “A cidade da gente”, uma coleção de livros que conta as histórias dos patrimônios materiais, imateriais e ambientais de diversas cidades brasileiras, em parceria com professores e alunos das escolas públicas de cada local.

Em Timon, as pesquisas e produções de texto serão feitas pelos alunos de quatro escolas municipais, com orientação da escritora Luciana Nabuco e da Secretaria Municipal de Educação da cidade, com as escolas Luís Miguel Budaruiche, Antônio Leitão, Pedro Falcão e Projeto Educacional Mãos Dadas.

Em Timon, a escritora Luciana Nabuco está trabalhando com os alunos de quatro escolas municipais para contar a história dos patrimônios da cidade, como a Igreja e a praça de São José, as quebradeiras de coco, o Parque Ambiental Sucupira e o Rio Parnaíba. “Esses jovens vão se sentir protagonistas, o sentimento de pertencimento, incentiva a leitura, a construção desse livro e esse é o intuito, de torna-los protagonistas dentro da história de Timon’’ ressaltou a professora. O s alunos são incentivados a investigar e dissertar sobre cada tema, tornando-se guias literários dos escritores envolvidos. Assim, viram protagonistas de suas próprias histórias quando o livro toma forma.

Para os jovens participantes é uma oportunidade de conhecer mais sobre a memória coletiva da cidade e ter a oportunidade de participar da elaboração de um livro, ao exemplo da Bianca  Sampaio, 12 anos, estudante do 7º ano da EMEF Pedro Falcão Lopes. “Eu como estudante, estou muito empolgada em contribuir e conhecer mais da história da minha cidade, dos personagens e das vivências. É motivo de orgulho pra mim. Um projeto muito bacana” destacou a estudante.

O projeto foi vencedor do prêmio Retratos da Leitura 2019, promovido pelo Instituto Pró-Livro, para reconhecer ações destacadas de incentivo à leitura em todo o país. Com livros já publicados sobre outras 25 cidades do norte ao sul do país, a coleção tem como objetivo valorizar lugares e atividades importantes da memória coletiva de cada cidade, além de ampliar as noções das crianças sobre sua identidade e sobre o pertencimento à cidade e à região onde vivem.

“Nosso principal objetivo em patrocinar o projeto é poder valorizar a história de Timon, a construção da cidade, promover integração e educação dos jovens timonenses. A produção autoral de livros, a construção de pertencimento junto à história da cidade que será apresentada por estes jovens auxilia na formação do senso de identidade e o pertencimento à região.” Destaca o gerente de responsabilidade social Gabriel Barbosa.

A ação é aprendizado, trazendo uma oportunidade de que ele aconteça a partir de temas locais e de interesse próximo para as crianças, valorizando seu senso crítico e sua produção autoral, como preconiza a Base Nacional Curricular Comum, do Ministério da Educação. Para garantir que o livro se perpetue nas escolas da rede pública de cada cidade, são distribuídos gratuitamente entre elas 2.600 exemplares de sua tiragem e oferecida uma formação de professores para reunir ideias de uso em diferentes disciplinas, estimulando o uso pelas turmas ano a ano, em temas diversos, por muitas gerações.

O Projeto A Cidade da Gente é patrocinado pela Águas de Timon, através da Lei de Incentivo à Cultura do Ministério da Cultura do Governo Federal,

Compartilhe:
spot_img

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

spot_img

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Sempre verdes: saiba como conservar as folhagens e prolongar a vida útil do seu hortifruti

Por Elainy Castro O hábito de consumir hortaliças, frutas, verduras e legumes é sempre recomendado para garantir uma alimentação equilibrada e manter a saúde. Uma...

MA registra queda na mortalidade por aids: apesar da melhora nos números, ainda é importante prevenir

Por Elainy Castro As mortes por aids caíram no Maranhão nos últimos dez anos. De acordo com o Ministério da Saúde, a cada 100 mil...

Ações de manutenção da Equatorial Maranhão levam melhorias para a zona rural de Caxias

Com o intuito de oferecer melhorias no fornecimento de energia elétrica, a Equatorial Maranhão está realizando diversos mutirões de manutenção para todo o estado....