spot_img
spot_img

Caminhões de mamografias da Sesapi já realizaram quase 10 mil exames em um mês

spot_img
Compartilhe:

A meta é que os caminhões percorram todos os municípios do estado e efetuem 125 mil exames.

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) realizou um total de 9.688 mamografias em pouco mais de um mês, por meio de seis caminhões adaptados que já percorreram 39 cidades piauienses neste período. A meta é que os caminhões de mamografias percorram todos os municípios do estado e efetuem 125 mil exames.

A iniciativa é executada pela Diretoria de Unidade de Controle, Avaliação, Regulação e Auditoria (Ducara) da Sesapi com recursos oriundos de emenda parlamentar do senador Marcelo Castro. O público-alvo da ação são mulheres com idade entre 40 e 69 anos, que devem agendar o serviço nos municípios onde moram.

“A mamografia é muito importante para a prevenção e o diagnóstico precoce do câncer de mama. Os exames são agendados por meio da atenção básica e as pacientes recebem a data e horário previstos para realizar o exame no seu município, próximo a sua casa”, explica Rodrigo Martins, diretor da Ducara.

Cada um dos caminhões tem capacidade para realizar 80 mamografias por dia, o que representa um total de 480 exames diários. Um dos veículos encontra-se, atualmente, no município de Pedro II, onde deve permanecer por cerca de três semanas para a realização de 1.560 procedimentos.

A ação busca cobrir vazios assistenciais identificados pelas equipes técnicas da Sesapi, ajudando a fortalecer a atenção básica voltada para a população feminina dentro do estado, além de contribuir com a descentralização dos serviços.

“Pedimos o apoio da população para que busquem por esse serviço, por meio de suas secretarias municipais, uma vez que é um exame muito importante para o diagnóstico precoce de um problema de saúde mais grave, que é o câncer de mama”, destaca Dirceu Campelo, superintendente de Média e Alta Complexidade da Sesapi.

Assim que os exames tiverem sido realizados e os resultados disponíveis, os mesmos serão encaminhados às secretarias municipais, para que os médicos dos municípios façam o encaminhamento adequado de cada paciente que teve acesso às mamografias. Fonte/Ccom PI.

Compartilhe:
spot_img

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

spot_img

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Novidade: troque suas lâmpadas incandescentes por novas de LED nos postos E+ Reciclagem

Lançado em 2011, o projeto faz parte do Programa de Eficiência Energética da Equatorial e agora conta com mais serviços para a comunidade A Equatorial...

Em Teresina, pesquisadora da Fiocruz destaca avanços para baratear tratamento de imunoterapia a pacientes com câncer

Pesquisadora também destaca os desafios do Nordeste no enfrentamento a cânceres evitáveis As pesquisas e os avanços mais recentes relacionados ao diagnóstico, manejo e tratamento...

Dia dos Povos Indígenas: Equatorial alerta que 5.568 famílias poderiam economizar na conta com a Tarifa Social

Dia 19 de abril é comemorado o Dia dos Povos Indígenas e a Equatorial Maranhão alerta que 5.568 famílias indígenas estão deixando de receber...