spot_img
spot_img

Equipes da Equatorial atuam em áreas de difícil acesso atingidas pelas fortes chuvas no Maranhão

spot_img
Compartilhe:


Plano de atuação da Distribuidora visa a recuperação da rede elétrica

No Maranhão, neste começo de ano, mais de 50 municípios já decretaram estado de emergência em decorrência das fortes chuvas que têm provocado alagamentos, altos índices de pessoas desabrigadas, danos à rede elétrica e até mortes. Até o momento, 6.050 famílias estão desabrigadas e desalojadas, e mais de 31 mil famílias maranhenses foram afetadas direta ou indiretamente, segundo o Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA).

Em razão disso, a Equatorial Maranhão segue com atenção redobrada para garantir segurança com energia elétrica nas localidades afetadas. Nesse sentido, as equipes de manutenção da Distribuidora têm atuado habilmente e de forma coordenada para atender ocorrências em regiões de difícil acesso, muitas delas cobertas por água e lama. Para ações como essas, é necessário utilizar maquinários pesados ou veículos alternativos como barcos e canoas, permitindo assim, o tráfego até o ponto exato dos locais de manutenção.

Exemplos recentes, ocorridos na última semana, foram as ações de manutenção realizadas em Bacabal e na zona rural do município de Santa Luzia, localizados na região centro do estado. O Gerente de Serviços Técnicos e Comerciais da Equatorial Maranhão, Igor Jordão, informa que alguns clientes dos municípios foram impactados devido às intercorrências atmosféricas provenientes dos temporais. “Em Santa Luzia nossas equipes precisaram reconstruir todo o sistema elétrico que foi levado pela forte ação das chuvas na localidade. Com agilidade, elaboramos um plano de atuação para chegar às áreas de difícil acesso e assim conseguimos normalizar a situação, restabelecendo a energia de forma segura”, destacou Igor. Já no município de Bacabal, onde o nível do Rio Mearim subiu e alagou uma parte da cidade, a atuação ágil das equipes, junto com Corpo de Bombeiros e Defesa Civil, também foi fundamental para garantir segurança. Conforme o nível de água abaixa, a Distribuidora realiza a religação com segurança para todos.

Em um cenário semelhante, as cidades da região sul do estado, como Arame, Buritucupu, Itaipava do Grajaú, Bom Jesus das Selvas e Imperatriz, também estão enfrentando alagamentos. O Superintendente de Operações da Regional Sul da Equatorial Maranhão, Adailson Andrade, pontua algumas ações que estão sendo realizadas para conter os efeitos das fortes chuvas nessas cidades. “Para garantir a segurança da comunidade no que diz respeito à rede de energia elétrica, a Equatorial Maranhão está realizando inspeções nas áreas alagadas, identificando pontos que possam oferecer riscos de acidentes com choque elétrico e controlando os possíveis perigos. Além disso, as equipes técnicas estão realizando serviços de manutenção da rede elétrica em locais de difícil acesso, como trocas de postes, podas de árvores e remoção de vegetação da rede de energia. Tudo isso está sendo feito em alinhamento com as autoridades competentes que atuam nessas localidades, incluindo a Defesa Civil”, enfatizou.

Em situações de emergência que envolvam alagamentos, principalmente em cidades localizadas em áreas de rios, em parceria com a Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros, a Equatorial avalia a segurança para o fornecimento de energia na região afetada e segue acompanhando o nível da água, a fim de avaliar possíveis riscos, evitar acidentes e garantir a segurança da população. Cabe destacar que, além da atuação momentânea no período chuvoso para recompor a rede elétrica em áreas alagadas, ao longo de todo o ano também são realizadas ações corretivas e ações preventivas de manutenção que têm o objetivo de diminuir a incidência de novas ocorrências que afetem a rede, já analisando possíveis intercorrências causadas por fatores naturais como descargas atmosféricas (raios e trovões), temporais e fortes ventanias.

Nesse sentido, o Gerente de Obras e Manutenção da Equatorial Maranhão, Lucio Daniel Soares, reitera que a Distribuidora sempre realiza ações de manutenção na rede, bem como fornecendo orientações informativas à população sobre cuidados com energia elétrica, principalmente nas situações de fortes chuvas. “Estamos atuando diariamente para garantir o fornecimento de energia segura aos clientes. Além de nossas ações de manutenção, é importante que cada um esteja ciente de que nunca se deve tocar em cabos partidos ou usar equipamentos conectados à tomada durante chuvas, cuidados dentro e fora de casa são indispensáveis para a segurança”, pontua. Ele ainda reforça que é necessário usar os canais oficiais para registro de ocorrências envolvendo energia elétrica.

Até o momento, 51 municípios do Maranhão seguem com decretos de calamidade pública em decorrência das fortes chuvas. Em todas as regiões, a Equatorial Maranhão tem atuado de forma preventiva, focando em garantir segurança para todos. Por isso, em situações envolvendo a rede elétrica, a população deve entrar em contato com a Central de Atendimento 116 indicando o local com ponto de referência para facilitar a localização. Em casos de acidentes, o Corpo de Bombeiros e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) devem ser acionados pelo193 e 192, respectivamente.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Equatorial Maranhão

Compartilhe:
spot_img

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

spot_img

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Barras de proteína: quando posso comer e para que servem?

Por Juliana Castelo Práticas, fáceis de carregar na bolsa para qualquer lugar e saborosas! As barras de proteína são opções rápidas para repor os nutrientes...

Equatorial Maranhão alerta para a prevenção de acidentes com energia elétrica por causa dos alagamentos e enchentes

As fortes chuvas estão causando consequências em vários municípios maranhenses. De acordo com informações da Defesa Civil do Maranhão, 15 municípios já decretaram situação...

Uilma Resende sai em defesa dos farmacistas de Timon contra multas absurdas do Conselho

https://youtu.be/iFpOEXb2kds O vereador Uilma Resende denunciou ontem, 10, da tribuna da Câmara de Timon o que ele chamou de concorrência predatória dos grandes grupos farmacistas...