Inscrições para o 2º Fórum Internacional de Ufologia e Espiritualidade do Piauí encerram quinta-feira (10)

spot_img
Compartilhe:

O público interessado em participar do 2º Fórum Internacional de Ufologia e Espiritualidade do Piauí tem até quinta-feira (10) para garantir sua vaga. O evento, que vai de 11 a 13 de novembro, irá reunir ufólogos e espiritualistas de renome nacional e internacional no Centro de Convenções do Atlantic City, em Teresina.

Para adquirir o ingresso, o interessado deve acessar o site ufopiaui.com.br, onde também está disponível a programação detalhada do evento. Além da modalidade presencial, está disponível também o ingresso online para assistir ao evento ao vivo de onde o participante estiver.

Entre os palestrantes confirmados para a edição 2022 do Fórum estão: Gary King (Reino Unido), Francisco Mourão (Portugal), Andrea Simondini (Argentina), Mônica de Medeiros (São Paulo), Margarete Áquila (São Paulo), Paulo César Fructuoso (São Paulo), Edison Boaventura (São Paulo), Frederico Menezes (Pernambuco) e Antônio Carlos Miranda (Pernambuco).

Segundo Cesar Crispim, organizador do evento, o Fórum vai aprofundar o debate sobre vida extraterrestre a partir de pesquisas, estudos e casos ocorridos no Brasil e no mundo.
“Governos como do Canadá, EUA, Rússia, Espanha, dentre outros, já liberam arquivos de registros sobre Objetos Voadores não Identificados, os chamados Ovnis, e admitem publicamente a vida extraterrestre. As pessoas têm curiosidade sobre o tema e o Brasil, hoje, é considerado o berço desses relatos, inclusive com aparições registradas no Nordeste brasileiro. Durante o Fórum, vamos conhecer melhor estes casos e suas consequências para a sociedade”, adianta.

Compartilhe:

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Josimar do Maranhãozinho faz investida ao casal Assis e Janaína Ramos

A conversa proveitosa entre os três beneficia o suplente de deputado Henrique Junior em seu projeto de ser o próximo prefeito de Timon Um encontro...

Governo do Maranhão disponibiliza testagem da Covid-19 para moradores da Capital

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), disponibilizou o serviço de testagem para diagnóstico da Covid-19 à população...

Bronquite, laringite, sinusite? Pode ser adenovírus

Família de mais de 60 tipos de vírus costuma afetar crianças no final do ano; saiba como prevenir e tratar Por Elainy Castro Com a temporada...
O público interessado em participar do 2º Fórum Internacional de Ufologia e Espiritualidade do Piauí tem até quinta-feira (10) para garantir sua vaga. O evento, que vai de 11 a 13 de novembro, irá reunir ufólogos e espiritualistas de renome nacional e internacional no Centro de Convenções do Atlantic City, em Teresina. Para adquirir o ingresso, o interessado deve acessar o site ufopiaui.com.br, onde também está disponível a programação detalhada do evento. Além da modalidade presencial, está disponível também o ingresso online para assistir ao evento ao vivo de onde o participante estiver. Entre os palestrantes confirmados para a edição 2022 do Fórum estão: Gary King (Reino Unido), Francisco Mourão (Portugal), Andrea Simondini (Argentina), Mônica de Medeiros (São Paulo), Margarete Áquila (São Paulo), Paulo César Fructuoso (São Paulo), Edison Boaventura (São Paulo), Frederico Menezes (Pernambuco) e Antônio Carlos Miranda (Pernambuco). Segundo Cesar Crispim, organizador do evento, o Fórum vai aprofundar o debate sobre vida extraterrestre a partir de pesquisas, estudos e casos ocorridos no Brasil e no mundo. “Governos como do Canadá, EUA, Rússia, Espanha, dentre outros, já liberam arquivos de registros sobre Objetos Voadores não Identificados, os chamados Ovnis, e admitem publicamente a vida extraterrestre. As pessoas têm curiosidade sobre o tema e o Brasil, hoje, é considerado o berço desses relatos, inclusive com aparições registradas no Nordeste brasileiro. Durante o Fórum, vamos conhecer melhor estes casos e suas consequências para a sociedade”, adianta.