spot_img
spot_img

Período de chuvas requer cuidado com a pele e os pelos dos pets

spot_img
Compartilhe:


Os pelos acabam demorando mais tempo para secar, criando um cenário perfeito para ácaros

por Elainy Castro

O período de chuvas ajuda a dar uma refrescada, mas pode transmitir diversas doenças para os pets. Enquanto alguns animais têm medo da chuva – especialmente por causa dos trovões –, outros adoram brincar na água. Aí é que está o perigo.  As dermatites também aparecem rapidamente nessa época. Isso acontece porque os pets se molham e os pelos acabam demorando mais tempo para secar, criando um cenário perfeito para ácaros, fungos e bactérias.

Segundo explica a médica veterinária do Pet Mania, Rayule Cristina, especialista em dermatologia, “durante o período de chuvas temos um aumento da umidade do ar que faz com que partículas de ácaros fiquem em suspensão e podem provocar alergias em animais domésticos, além das dermatopatias, tem dermatites causadas por fungos e bactérias, isso pode acontecer quando o animal pega chuva e não higieniza ou seca o pelo de forma adequada e o pelo úmido é propício para a formação de fungos e bactérias.

Foi o que aconteceu com o Pisco, um dos Huskys siberianos do servidor público, Márcio Pantoja. O tutor conta que percebeu uma queda de pelo excessiva e uma ferida na pele do animal.

“Ví que o pelo dele estava caindo mais que o normal e notei uma ferida na pele, perto do rabo, levei ao veterinário e foi diagnosticado como uma dermatite, provavelmente por que ele pegou chuva e não secou o pelo. Hoje tomo mais cuidado, sempre que chove eles ficam dentro de casa e se eles se molham eu faço questão de secar o pelo para que isso não aconteça de novo”, afirma.

Orientações

A veterinária do Pet Mania, Rayule Cristina orienta o que pode ser feito para evitar essas dermatites. “Um dos cuidado essenciais que precisamos ter com os pets é com relação a escovação, se você tem uma animal de pelo longo, como Shih-tzu, maltes ou mesmo de pelo duplo, no caso dos spitz alemão e do chow chow,  você precisa redobrar o cuidado com a escovação, pois nesse período os animais tendem a passar mais tempo nas caminhas, o que favorece a formação de problemas de pele. Lembrando também que a hidratação e a rotina de banhos precisa ser mantida para que a pele se mantenha saudável e tenha menos risco de infecções por fungos ou bactérias. Se o animal pegar chuva, é importante ter em casa um banho a seco, uma loção que vai te ajudar a tirar o cheiro de animal molhado e vai fazer uma higiene adequada”, avalia.

E se mesmo com todos os cuidados o seu animal tiver algum problema de pele, procure um médico veterinário o mais rápido possível.

Compartilhe:
spot_img

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

spot_img

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Já ouviu falar em stalking? Saiba o que é e como denunciar

Maioria de denúncias feitas no Brasil é feita por mulheres Por Juliana Castelo Olhar para trás ou para os lados e sentir que está sendo seguido...

Educar com respeito: especialista explica por que bater na criança não funciona

Por Juliana Castelo Choro alto, gritaria e até o pezinho batendo no chão: será que aquela palmada que promete controlar momentos de birra das crianças...

Primeiros ganhadores da promoção “Energia em Dia” do Grupo Equatorial recebem bônus de até 500 reais

A promoção "Energia em Dia" do Grupo Equatorial, lançada em junho deste ano, realizou seu primeiro sorteio mensal no último sábado (6). Clientes adimplentes...