Socorro Waquim defende aprovação de PL que confere status de polícia às guardas municipais

spot_img
Compartilhe:

Durante discurso na sessão plenária na última terça-feira (28), a deputada Socorro Waquim (MDB) solicitou que os parlamentares da bancada federal maranhense votem favoravelmente a uma emenda apresentada à PEC 32/2020, que altera a estrutura do Sistema de Segurança Pública do Brasil e confere às guardas municipais status de polícia.

Segundo a parlamentar, a conquista do status de polícia para as guardas municipais é uma luta de mais de 130 mil profissionais do Brasil, que, com justa ordem, representam não somente uma correção administrativa, mas a regulamentação do quesito constitucional. “Uma vez que são órgãos de segurança pública e de defesa social, garantindo, acima de tudo, direitos humanos e sociais aos cidadãos em mais de dois mil municípios brasileiros”, frisou Waquim.

Reforma

De acordo com a deputada, a emenda faz parte da PEC da Reforma Administrativa que tramita no Congresso Nacional. A proposta ainda percorrerá um longo caminho, pois precisa de, pelo menos, 3/5 dos votos em dois turnos nos plenários de cada uma das Casas.

Socorro Waquim frisou que a PEC 32/2020 prevê uma segurança pública de qualidade e, consequentemente, apoia a melhoria de vida da sociedade, permitindo a implantação definitiva da segurança pública básica.

“As guardas municipais são muito importantes para a luta contra a violência nas cidades. Por isso a minha preocupação no sentido de que a bancada federal do Maranhão vote a favor da PEC 32/2020, que dará maior segurança jurídica às nossas guardas municipais”, enfatizou a deputada.

Compartilhe:

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

No mesmo dia: Reeleitos, Lira e Pacheco rompem com Bolsonaro, mas deixam recado ao STF

Colunista do jornal "O Globo" avalia que o pior cenário para o Supremo seria a vitória de Rogério Marinho. Mas reeleição de Lira e...

Suspensa eficácia de norma que exigia quórum qualificado para aprovação de leis em Timon

Por unanimidade, o Órgão Especial do TJMA deferiu, em parte, medida cautelar em Adin, determinando quórum de maioria de votos para aprovação de matéria...

Deputados Estaduais tomam posse para 20ª legislatura da Assembleia Legislativa do Maranhão

Os deputados eleitos para a 20ª legislatura da Assembleia Legislativa do Maranhão foram empossados na manhã desta quarta-feira (1º), no Plenário Nagib Haickel. O...
Durante discurso na sessão plenária na última terça-feira (28), a deputada Socorro Waquim (MDB) solicitou que os parlamentares da bancada federal maranhense votem favoravelmente a uma emenda apresentada à PEC 32/2020, que altera a estrutura do Sistema de Segurança Pública do Brasil e confere às guardas municipais status de polícia. Segundo a parlamentar, a conquista do status de polícia para as guardas municipais é uma luta de mais de 130 mil profissionais do Brasil, que, com justa ordem, representam não somente uma correção administrativa, mas a regulamentação do quesito constitucional. “Uma vez que são órgãos de segurança pública e de defesa social, garantindo, acima de tudo, direitos humanos e sociais aos cidadãos em mais de dois mil municípios brasileiros”, frisou Waquim. Reforma De acordo com a deputada, a emenda faz parte da PEC da Reforma Administrativa que tramita no Congresso Nacional. A proposta ainda percorrerá um longo caminho, pois precisa de, pelo menos, 3/5 dos votos em dois turnos nos plenários de cada uma das Casas. Socorro Waquim frisou que a PEC 32/2020 prevê uma segurança pública de qualidade e, consequentemente, apoia a melhoria de vida da sociedade, permitindo a implantação definitiva da segurança pública básica. “As guardas municipais são muito importantes para a luta contra a violência nas cidades. Por isso a minha preocupação no sentido de que a bancada federal do Maranhão vote a favor da PEC 32/2020, que dará maior segurança jurídica às nossas guardas municipais”, enfatizou a deputada.