Enchentes em Imperatriz preocupa população

spot_img
Compartilhe:

cidade-imperatriz-maranhao  O período chuvoso na região tocantina sempre causa preocupação nos moradores. Isso porque o risco de enchentes por conta do nível do Rio Tocantins é grande. Embora o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil monitorem todos os dias o nível do rio, as famílias preferem permanecer atentas.

No início do ano passado, o nível do Rio Tocantins subiu cerca de sete metros e desabrigou dezenas de famílias. Esse ano, o nível ainda permanece baixo, cerca de 60 centímetros abaixo do limite, mas com a chegada do período de chuvas essa situação pode se inverter. A insegurança da situação se repetir este ano tem deixado famílias atentas.

A capitã do grupamento do Corpo de Bombeiros responsável pelo monitoramento do nível do Rio Tocantins diz que a ocorrência de chuvas ainda não foi suficiente para as barragens da usina hidrelétrica de Estreito precisasse liberar a água represada.

“Diariamente a usina passa informações sobre a defluência e com relação às chuvas que existem aqui em Imperatriz não interferem nesta lâmina d’água. A interferência da chuva leva em consideração os riachos, mas isso depende da poluição e do solo”, explica.

O nível do Rio Tocantins é monitorado em tempo real e já possui relação das 466 famílias que podem ser atingidas caso uma aconteça uma nova enchente.

 

Edição: Veja Timon

Via: G1

Compartilhe:
Veja Timon
Veja Timonhttps://vejatimon.com
O Veja Timon foi desenvolvido para suprir os timonenses com informações de um modo geral, onde a política não venha ser o foco central. Um site diversificado e imparcial, trabalhamos para levar um conteúdo de relevância para cidade. Veja Timon - Junto Com o Povo

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Morador de Timon é um dos ganhadores da Promoção Energia em Dia

Clientes ainda podem se cadastrar e concorrer aos próximos sorteios A promoção Energia em Dia está premiando os clientes que estão em dia com suas...

Paulo Marinho Júnior visita a cidade de Duque Bacelar

O candidato a Deputado Federal, Paulo Marinho Júnior (PL), visitou nesta quarta-feira (10), a cidade de Duque Bacelar. A agenda foi a convite do...

Mais uma ação pede a impugnação de Chico Leitoa como candidato a deputado estadual

Depois de ação do Ministério Público Eleitoral, agora é o vereador Kaká do Frugosá que move ação para barrar candidatura de Chico Leitoa. Mais uma...
cidade-imperatriz-maranhao  O período chuvoso na região tocantina sempre causa preocupação nos moradores. Isso porque o risco de enchentes por conta do nível do Rio Tocantins é grande. Embora o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil monitorem todos os dias o nível do rio, as famílias preferem permanecer atentas. No início do ano passado, o nível do Rio Tocantins subiu cerca de sete metros e desabrigou dezenas de famílias. Esse ano, o nível ainda permanece baixo, cerca de 60 centímetros abaixo do limite, mas com a chegada do período de chuvas essa situação pode se inverter. A insegurança da situação se repetir este ano tem deixado famílias atentas. A capitã do grupamento do Corpo de Bombeiros responsável pelo monitoramento do nível do Rio Tocantins diz que a ocorrência de chuvas ainda não foi suficiente para as barragens da usina hidrelétrica de Estreito precisasse liberar a água represada. "Diariamente a usina passa informações sobre a defluência e com relação às chuvas que existem aqui em Imperatriz não interferem nesta lâmina d'água. A interferência da chuva leva em consideração os riachos, mas isso depende da poluição e do solo", explica. O nível do Rio Tocantins é monitorado em tempo real e já possui relação das 466 famílias que podem ser atingidas caso uma aconteça uma nova enchente.   Edição: Veja Timon Via: G1