Hospital Municipal de Davinópolis fechado

spot_img
Compartilhe:
Hospital Municipal de Daninóplis
Hospital Municipal de Daninóplis

Um cenário desastroso encontra-se o hospital de Davinópolis, luzes apagadas, sala de espera vazia, aparelhos desligados e a porta principal trancada, essa é a realidade do Hospital, que fica a 10 quilômetros de Imperatriz. Concluído no ano passado pelo governo do Maranhão, o hospital foi entregue para a prefeitura de Davinópolis ainda em junho 2014.

O Hospital, que conta com 20 leitos, centro de parto normal, farmácia, setor de exames e raios-X, funcionou por apenas quatro meses. Em novembro de 2014 a prefeitura decidiu fechar a unidade por falta de recursos para fazer a manutenção. No município, de acordo com o IBGE, são 12.579 habitantes, que enfrentam grandes dificuldades para a realização de procedimentos simples de saúde. ” A dificuldade aqui é muito grande”, afirma Antônio Ferreira Sousa, aposentado.

O custo mensal da manutenção do hospital é em torno de R$ 200 mil. De acordo com a Secretaria de Saúde de Davinópolis, esse valor é inviável para o município. O secretário municipal Julimar Hilariano explicou, ainda, que o hospital foi fechado porque o governo do Estado não cumpriu o acordo feito com a prefeitura.

“Em junho de 2014 o governo repassou esse hospital para o município com o compromisso de repassar R$ 100 mil por mês para ajudar na manutenção. Desse compromisso só foram honradas duas parcelas. O município, com recursos próprios, ainda conseguiu manter o hospital por quatro meses, mas chegamos ao ponto em que não pudemos mais manter por falta de recursos”, afirmou o secretário.

Durante uma inspeção nas unidades básicas de saúde de Davinópolis, o Ministério Público tomou conhecimento da situação e pediu a reativação do hospital. De acordo com a Promotoria de Saúde, a manutenção do hospital é responsabilidade do município.

“A Promotoria da Saúde solicitou ao secretário de Estado que analisasse a possibilidade de o Estado  prestar algum auxílio ao município para que haja o retorno das atividades do hospital”, afirma o  promotor Newton Bello Neto.

O Ministério Público aguarda uma resposta do governo do Estado. Enquanto o impasse não é resolvido, a população de Davinópolis precisar buscar atendimento em outros municípios. O Hospital Municipal de Impertariz é o mais próximo e a grande demanda de pacientes gera a superlotação da unidade.

A assessoria de comunicação da Secretaria de Estado da Saúde disse que o caso está sendo analisado. O órgão afirmou, ainda,  que não existe parecer da secretaria sobre a possibilidade de um convênio com o município de Davinópolis.

 

Edição: Veja Timon

Imagem: Internet/Google

Via: G1

Compartilhe:
Veja Timon
Veja Timonhttps://vejatimon.com
O Veja Timon foi desenvolvido para suprir os timonenses com informações de um modo geral, onde a política não venha ser o foco central. Um site diversificado e imparcial, trabalhamos para levar um conteúdo de relevância para cidade. Veja Timon - Junto Com o Povo

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Mercado de trabalho: Programa de Trainee Aegea está com inscrições abertas para Timon

Os interessados podem se inscrever até o dia 24 de outubro, de forma on-line A Aegea, empresa líder no setor de saneamento privado no Brasil,...

Carlos Brandão é reeleito governador, Timon terá dois deputados e Leitoas saem enfraquecidos do pleito

O governador Carlos Brandão liderou a disputa em primeiro turno pelo governo do Maranhão a partir das primeiras urnas abertas ontem, às 18h, até...

Águas de Timon celebra conclusão do projeto Desvendar Esporte

Nesta quinta-feira (29), a Águas de Timon celebrou a conclusão das atividades do projeto Desvendar Esporte, patrocinado pela Águas de Timon, durante ação no...
Hospital Municipal de Daninóplis
Hospital Municipal de Daninóplis
Um cenário desastroso encontra-se o hospital de Davinópolis, luzes apagadas, sala de espera vazia, aparelhos desligados e a porta principal trancada, essa é a realidade do Hospital, que fica a 10 quilômetros de Imperatriz. Concluído no ano passado pelo governo do Maranhão, o hospital foi entregue para a prefeitura de Davinópolis ainda em junho 2014. O Hospital, que conta com 20 leitos, centro de parto normal, farmácia, setor de exames e raios-X, funcionou por apenas quatro meses. Em novembro de 2014 a prefeitura decidiu fechar a unidade por falta de recursos para fazer a manutenção. No município, de acordo com o IBGE, são 12.579 habitantes, que enfrentam grandes dificuldades para a realização de procedimentos simples de saúde. " A dificuldade aqui é muito grande", afirma Antônio Ferreira Sousa, aposentado. O custo mensal da manutenção do hospital é em torno de R$ 200 mil. De acordo com a Secretaria de Saúde de Davinópolis, esse valor é inviável para o município. O secretário municipal Julimar Hilariano explicou, ainda, que o hospital foi fechado porque o governo do Estado não cumpriu o acordo feito com a prefeitura. "Em junho de 2014 o governo repassou esse hospital para o município com o compromisso de repassar R$ 100 mil por mês para ajudar na manutenção. Desse compromisso só foram honradas duas parcelas. O município, com recursos próprios, ainda conseguiu manter o hospital por quatro meses, mas chegamos ao ponto em que não pudemos mais manter por falta de recursos", afirmou o secretário. Durante uma inspeção nas unidades básicas de saúde de Davinópolis, o Ministério Público tomou conhecimento da situação e pediu a reativação do hospital. De acordo com a Promotoria de Saúde, a manutenção do hospital é responsabilidade do município. "A Promotoria da Saúde solicitou ao secretário de Estado que analisasse a possibilidade de o Estado  prestar algum auxílio ao município para que haja o retorno das atividades do hospital", afirma o  promotor Newton Bello Neto. O Ministério Público aguarda uma resposta do governo do Estado. Enquanto o impasse não é resolvido, a população de Davinópolis precisar buscar atendimento em outros municípios. O Hospital Municipal de Impertariz é o mais próximo e a grande demanda de pacientes gera a superlotação da unidade. A assessoria de comunicação da Secretaria de Estado da Saúde disse que o caso está sendo analisado. O órgão afirmou, ainda,  que não existe parecer da secretaria sobre a possibilidade de um convênio com o município de Davinópolis.   Edição: Veja Timon Imagem: Internet/Google Via: G1