Em nota, Semed relata versão sobre fatos ocorridos na Unidade Escolar Urbano Martins

spot_img
Compartilhe:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Prefeitura Municipal de Timon lamenta o fato ocorrido na última sexta-feira entre dois alunos da Unidade Municipal Urbano de Sousa Martins e esclarece que está apurando o caso. Os alunos envolvidos possuem uma boa conduta escolar e, durante o conflito, foram contidos pela professora que, mesmo gestante, conseguiu intervir.  Após o conflito, os alunos foram ouvidos pela direção. O aluno agredido não apresentou sinais físicos de ferimentos, hematomas ou sangramentos e recusou ir para casa, a fim de aguardar a saída do irmão que também estuda na unidade. As imagens das câmeras de segurança do local estão sendo analisadas e mostram que o aluno saiu normalmente da escola.

O adolescente encontra-se internado no Hospital de Urgência de Teresina e, desde o ocorrido, tem sido acompanhado pela Secretaria Municipal de Saúde, através da diretora do CAISM, Maria José Torres, que auxilia a família do aluno com transporte e toda a assistência necessária no HUT. Assim como o Núcleo de Apoio ao Educando (NAE), que conta com uma equipe multidisciplinar, formada por pedagogos, assistente social e psicólogo.

Tendo em vista a gravidade do assunto, a secretária municipal de Educação, Dinair Veloso, pediu apoio ao Ministério Público para que o mesmo possa ajudar no acompanhamento do caso.

Reforçamos ainda que as escolas de Timon desenvolvem projetos de promoção à paz, com iniciativas que pretendem promover a disciplina necessária para um bom funcionamento do ambiente escolar e que o órgão não busca culpados neste momento e, sim, a boa recuperação do adolescente.

Blog aguarda esclarecimentos da direção da escola

Quanto aos citados na entrevista pelos pais do estudante JSS, o titular do blog procurou a direção da escola ontem, mas nenhum deles foi encontrado na escola. Até minutos antes da postagem aguardamos manifestação por parte da direção da escola, o que não ocorreu. Continuamos com o espaço aberto para que a direção faça os esclarecimentos dos fatos.

Compartilhe:

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

São Luís está entre os 20 destinos nacionais mais procurados na Black Friday, segundo a Decolar

São Luís foi apontada como um dos 20 destinos mais procurados durante a campanha de Black Friday da companhia de viagens on-line Decolar. A...

TRF1 aceita denúncia do MPF contra prefeito de Pinheiro (MA) e mais seis pessoas por fraudes e desvio de recursos

Eles responderão por crimes de responsabilidade, lavagem de capitais e organização criminosa, na medida de suas participações Por unanimidade, o Tribunal Regional Federal da 1ª...

Facebook deve restituir conta invadida e pagar indenização a usuário

O Juizado Cível e Criminal da cidade de Codó condenou a plataforma social Facebook a restabelecer a conta de usuário Tiago Tales Silva Sousa,...
NOTA DE ESCLARECIMENTO A Prefeitura Municipal de Timon lamenta o fato ocorrido na última sexta-feira entre dois alunos da Unidade Municipal Urbano de Sousa Martins e esclarece que está apurando o caso. Os alunos envolvidos possuem uma boa conduta escolar e, durante o conflito, foram contidos pela professora que, mesmo gestante, conseguiu intervir.  Após o conflito, os alunos foram ouvidos pela direção. O aluno agredido não apresentou sinais físicos de ferimentos, hematomas ou sangramentos e recusou ir para casa, a fim de aguardar a saída do irmão que também estuda na unidade. As imagens das câmeras de segurança do local estão sendo analisadas e mostram que o aluno saiu normalmente da escola. O adolescente encontra-se internado no Hospital de Urgência de Teresina e, desde o ocorrido, tem sido acompanhado pela Secretaria Municipal de Saúde, através da diretora do CAISM, Maria José Torres, que auxilia a família do aluno com transporte e toda a assistência necessária no HUT. Assim como o Núcleo de Apoio ao Educando (NAE), que conta com uma equipe multidisciplinar, formada por pedagogos, assistente social e psicólogo. Tendo em vista a gravidade do assunto, a secretária municipal de Educação, Dinair Veloso, pediu apoio ao Ministério Público para que o mesmo possa ajudar no acompanhamento do caso. Reforçamos ainda que as escolas de Timon desenvolvem projetos de promoção à paz, com iniciativas que pretendem promover a disciplina necessária para um bom funcionamento do ambiente escolar e que o órgão não busca culpados neste momento e, sim, a boa recuperação do adolescente. Blog aguarda esclarecimentos da direção da escola Quanto aos citados na entrevista pelos pais do estudante JSS, o titular do blog procurou a direção da escola ontem, mas nenhum deles foi encontrado na escola. Até minutos antes da postagem aguardamos manifestação por parte da direção da escola, o que não ocorreu. Continuamos com o espaço aberto para que a direção faça os esclarecimentos dos fatos.