Henrique Junior acredita na derrubada de veto do prefeito a projeto que autoriza trabalho do optometrista em Timon

spot_img
Compartilhe:

A Câmara de Timon analisa amanhã, 19, na Ordem do Dia, o veto do prefeito Luciano Leitoa ao projeto de lei Nº 006/2019, de Autoria Vereador Henrique Junior, líder da oposição, aprovado no dia 10 de abril deste ano, que dispõe sobre o funcionamento de gabinetes optométricos de profissionais habilitados para o atendimento à saúde visual primária na rede privada do Município de Timon.

O projeto tramita desde 2017 atendendo solicitação da categoria em Timon e o vereador, em conversa com o blog disse não entender o motivo do  veto do prefeito a um projeto que tem cunho social importante para os profissionais e para as pessoas que tem problema de visão e que às vezes, por força e falta de uma lei que autoriza o funcionamento dos gabinetes, vivem à margem até da clandestinidade, argumenta. O projeto vem para garantir aos optometristas para que  eles exerçam seu trabalho sem perturbações, disse Henrique Junior.

O vereador disse que acredita na consciência dos vereadores, independente de cores partidárias, para a derrubada do veto, mas mesmo que os vereadores da base  não tenham o compromisso de votar numa matéria importante para a cidade, Henrique disse que a oposição tem voto suficiente para derrabada do veto do prefeito.

Compartilhe:

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Com superação e reeleição, Deputado Rafael se torna o grande articulador do Governo Brandão

A reeleição do Deputado Rafael lhe permite e determina que ele seja o grande articulador do Governo Brandão, na Assembleia Legislativa, onde foi líder...

Declínio eleitoral dos Leitoas chega ao auge em 2022 com derrota para governo e assembleia do MA

Com a perda do governo estadual e vaga na Assembleia as derrotas do grupo estão cada vez mais evidentes e iminentes. Os dados, os números...

Legado e resgate histórico: Gracinha Mão Santa é eleita deputada estadual do Piauí

Gracinha Mão Santa inicia vida pública eletiva da mesma forma que Mão Santa há  44 anos. Há exatos 44 anos Francisco de Assis de Moraes...
A Câmara de Timon analisa amanhã, 19, na Ordem do Dia, o veto do prefeito Luciano Leitoa ao projeto de lei Nº 006/2019, de Autoria Vereador Henrique Junior, líder da oposição, aprovado no dia 10 de abril deste ano, que dispõe sobre o funcionamento de gabinetes optométricos de profissionais habilitados para o atendimento à saúde visual primária na rede privada do Município de Timon. O projeto tramita desde 2017 atendendo solicitação da categoria em Timon e o vereador, em conversa com o blog disse não entender o motivo do  veto do prefeito a um projeto que tem cunho social importante para os profissionais e para as pessoas que tem problema de visão e que às vezes, por força e falta de uma lei que autoriza o funcionamento dos gabinetes, vivem à margem até da clandestinidade, argumenta. O projeto vem para garantir aos optometristas para que  eles exerçam seu trabalho sem perturbações, disse Henrique Junior. O vereador disse que acredita na consciência dos vereadores, independente de cores partidárias, para a derrubada do veto, mas mesmo que os vereadores da base  não tenham o compromisso de votar numa matéria importante para a cidade, Henrique disse que a oposição tem voto suficiente para derrabada do veto do prefeito.