Mega On e secretário irão ficar frente a frente para população saber de quem a culpa pelo atraso no pagamento dos garis

spot_img
Compartilhe:
“Os vereadores que aprovam permaneçam como estão os que reprovam se levantem”, disse o presidente
A sessão plenária de ontem, 25, da Câmara Municipal de Timon foi marcada pela aprovação de requerimentos da vereadora professora Cláudia Regina para a convocação de representante da empresa Mega-On Soluções LTDA-ME, que é responsável pela contratação de  servidores terceirizados  que atuam na prefeitura de Timon, e para que a Comissão de Trabalho da Casa faça a convocação do superintendente de Limpeza Pública e Urbanização de Timon, Alexandre Luz. As convocações, de acordo com a vereadora Cláudia Regina seriam para que ambos prestem esclarecimentos à Câmara quanto aos atrasos de salários de servidores terceirizados, quanto ao plano de ação da superintendência de limpeza de Timon, entre outros pontos.
A convocação de representante da empresa Mega-On foi aprovada por todos os parlamentares presentes ao plenário, mas a convocação do superintendente de Limpeza Alexandre Luz dividiu os vereadores. Os vereadores da base de apoio ao prefeito Luciano Leitoa alegaram que não havia a necessidade de ser realizado requerimento com ato convocatório de urgência para chamar o gestor à Câmara Municipal, já que ele não havia sido convidado anteriormente, e votaram contra o requerimento. O vereador José Carlos Assunção, líder da base, afirmou que bastaria a Câmara ou a Comissão responsável convidar o superintendente a comparecer à Casa que ele viria, “da mesma forma que a secretária de Educação também veio aqui e se reuniu com a Comissão de Educação”.
Já os parlamentares da oposição ressaltaram que a convocação é um ato legal e previsto no Regimento Interno da Câmara de Timon, art. 34, inciso II da Resolução nº 012/91 e que portanto o requerimento era legal. O vereador Anderson Pêgo ressaltou que após o requerimento aprovado, a Comissão de Trabalho poderia enviar a convocação para que o superintendente compareça à Câmara, em data a ser marcada.
Nesta segunda-feira foram aprovados ainda uma indicação também da vereadora Claudia Regina para que seja criada a Procuradoria Especial da Mulher. O vereador Celso Tacoani também apresentou uma indicação no sentido de que a superintendência de Limpeza Pública e Urbanização realize “serviço de limpeza geral das ruas no Residencial Novo Tempo”.
O vereador Jair Mayner apresentou pedido de providências solicitando à empresa Cemar envie até a Câmara Municipal a relação de consumidores pertencentes à zona rural, com a sua devida classificação tarifária. “Recebemos várias denúncias de que consumidores da zona rural de Timon estariam sendo prejudicados pois estariam pagando a mesma taxa tarifária de quem mora na zona urbana”, informou o parlamentar. (Assessoria)
Compartilhe:

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Com superação e reeleição, Deputado Rafael se torna o grande articulador do Governo Brandão

A reeleição do Deputado Rafael lhe permite e determina que ele seja o grande articulador do Governo Brandão, na Assembleia Legislativa, onde foi líder...

Declínio eleitoral dos Leitoas chega ao auge em 2022 com derrota para governo e assembleia do MA

Com a perda do governo estadual e vaga na Assembleia as derrotas do grupo estão cada vez mais evidentes e iminentes. Os dados, os números...

Legado e resgate histórico: Gracinha Mão Santa é eleita deputada estadual do Piauí

Gracinha Mão Santa inicia vida pública eletiva da mesma forma que Mão Santa há  44 anos. Há exatos 44 anos Francisco de Assis de Moraes...
"Os vereadores que aprovam permaneçam como estão os que reprovam se levantem", disse o presidente
A sessão plenária de ontem, 25, da Câmara Municipal de Timon foi marcada pela aprovação de requerimentos da vereadora professora Cláudia Regina para a convocação de representante da empresa Mega-On Soluções LTDA-ME, que é responsável pela contratação de  servidores terceirizados  que atuam na prefeitura de Timon, e para que a Comissão de Trabalho da Casa faça a convocação do superintendente de Limpeza Pública e Urbanização de Timon, Alexandre Luz. As convocações, de acordo com a vereadora Cláudia Regina seriam para que ambos prestem esclarecimentos à Câmara quanto aos atrasos de salários de servidores terceirizados, quanto ao plano de ação da superintendência de limpeza de Timon, entre outros pontos.
A convocação de representante da empresa Mega-On foi aprovada por todos os parlamentares presentes ao plenário, mas a convocação do superintendente de Limpeza Alexandre Luz dividiu os vereadores. Os vereadores da base de apoio ao prefeito Luciano Leitoa alegaram que não havia a necessidade de ser realizado requerimento com ato convocatório de urgência para chamar o gestor à Câmara Municipal, já que ele não havia sido convidado anteriormente, e votaram contra o requerimento. O vereador José Carlos Assunção, líder da base, afirmou que bastaria a Câmara ou a Comissão responsável convidar o superintendente a comparecer à Casa que ele viria, “da mesma forma que a secretária de Educação também veio aqui e se reuniu com a Comissão de Educação”.
Já os parlamentares da oposição ressaltaram que a convocação é um ato legal e previsto no Regimento Interno da Câmara de Timon, art. 34, inciso II da Resolução nº 012/91 e que portanto o requerimento era legal. O vereador Anderson Pêgo ressaltou que após o requerimento aprovado, a Comissão de Trabalho poderia enviar a convocação para que o superintendente compareça à Câmara, em data a ser marcada.
Nesta segunda-feira foram aprovados ainda uma indicação também da vereadora Claudia Regina para que seja criada a Procuradoria Especial da Mulher. O vereador Celso Tacoani também apresentou uma indicação no sentido de que a superintendência de Limpeza Pública e Urbanização realize “serviço de limpeza geral das ruas no Residencial Novo Tempo”.
O vereador Jair Mayner apresentou pedido de providências solicitando à empresa Cemar envie até a Câmara Municipal a relação de consumidores pertencentes à zona rural, com a sua devida classificação tarifária. “Recebemos várias denúncias de que consumidores da zona rural de Timon estariam sendo prejudicados pois estariam pagando a mesma taxa tarifária de quem mora na zona urbana”, informou o parlamentar. (Assessoria)