“Não vai me intimidar e nem calar minha voz”, disse Ramon Jr sobre processo que Chico Leitoa move contra ele

spot_img
Compartilhe:

Ao ser perguntado hoje pelo blogdoribinha sobre processo alardeado na imprensa em que o ex-prefeito Chico Leitoa move contra ele na justiça, o vice-presidente da Câmara de Timon Ramon Junior esclareceu que: “Estive na rádio  prestando contas do meu mandato de vereador em uma rádio local, como parlamentar tenho usado sempre os meios de comunicação para mostrar minhas ações no exercício do cargo”, disse o vereador.

Segundo informações repassadas ao blog, Chico Leitoa não teria gostado das declarações do vereador feitas numa emissora de rádio em que o vereador enumerou as condenações do ex-prefeito, pai do atual prefeito de Timon. Por isso, o engenheiro mobilizou seu advogado para que ele entrasse com ação cível e criminal contra o vereador.

“Com relação ao político e ex prefeito de Timon, ele tem suas condenações e milita no meio político e exercendo de forma velada funções públicas, descumprindo ordens judiciais, mas não me intimido com isso nem muito menos irei me calar diante de nenhum político nocivo à Timon”, disse. “Como vereador tenho minha opinião sobre o político Chico Leitoa, não serei intimidado com isso muito menos limitar minhas ações”, finalizou o vereador.

Desde que deixou o cargo de prefeito, em 2004, que o ex-prefeito vem respondendo a uma extensa lista de processos, na maioria deles por desvio de recursos durante suas desastrosas gestões. Ele está inelegível e proibido exercer cargo público ou de contratar com órgãos públicos, mas ao contrário de seu filho, hoje gestor de Timon, Chico Leitoa nunca foi condenado no exercício do cargo.

Compartilhe:

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Ingrediente naturais são saudáveis para os cuidados com a pele   

Segundo especialista, para melhores resultados, o uso de produtos naturais na pele e nos cabelos deve ser conciliado à dieta   Os cuidados com a saúde...

Aulas na Rede Estadual iniciam nas 19 Unidades Regionais de Educação do Maranhão

Nesta segunda-feira (6), estudantes da Rede Estadual nas 19 Unidades Regionais de Educação do Maranhão retornaram às salas de aula. Para fortalecer as estratégias...

Projeto de Lei do deputado Rafael assegura acesso a medicamentos à base de canabidiol e similares

O Projeto de Lei 01/2023, de autoria do deputado Rafael, assegura o acesso a medicamentos à base de canabidiol (CBD) e tetrahidrocanabinol (THC) “às...
Ao ser perguntado hoje pelo blogdoribinha sobre processo alardeado na imprensa em que o ex-prefeito Chico Leitoa move contra ele na justiça, o vice-presidente da Câmara de Timon Ramon Junior esclareceu que: “Estive na rádio  prestando contas do meu mandato de vereador em uma rádio local, como parlamentar tenho usado sempre os meios de comunicação para mostrar minhas ações no exercício do cargo", disse o vereador. Segundo informações repassadas ao blog, Chico Leitoa não teria gostado das declarações do vereador feitas numa emissora de rádio em que o vereador enumerou as condenações do ex-prefeito, pai do atual prefeito de Timon. Por isso, o engenheiro mobilizou seu advogado para que ele entrasse com ação cível e criminal contra o vereador. "Com relação ao político e ex prefeito de Timon, ele tem suas condenações e milita no meio político e exercendo de forma velada funções públicas, descumprindo ordens judiciais, mas não me intimido com isso nem muito menos irei me calar diante de nenhum político nocivo à Timon", disse. "Como vereador tenho minha opinião sobre o político Chico Leitoa, não serei intimidado com isso muito menos limitar minhas ações", finalizou o vereador. Desde que deixou o cargo de prefeito, em 2004, que o ex-prefeito vem respondendo a uma extensa lista de processos, na maioria deles por desvio de recursos durante suas desastrosas gestões. Ele está inelegível e proibido exercer cargo público ou de contratar com órgãos públicos, mas ao contrário de seu filho, hoje gestor de Timon, Chico Leitoa nunca foi condenado no exercício do cargo.