spot_img
spot_img

Quer estimular o desenvolvimento da sua criança? Brinque com ela

spot_img
Compartilhe:

 

Jogos de faz de conta estimulam a criatividade e habilidades de solução de problemas, afirmam especialistas

Por Juliana Castelo

Você quer que o seu filho fique ainda mais inteligente, criativo e aprenda a solucionar problemas? A solução para isso é… brincar! Especialistas afirmam que crianças que exercitam mais a fantasia e o faz-de-conta crescem mais saudáveis, desenvolvendo aspectos físicos, cognitivos, sociais e emocionais.

O professor de Psicologia do Centro Universitário Estácio São Luís, Alexandro Cruz, explica que o desenvolvimento infantil acontece por meio do simbólico. Segundo ele, desde os primeiros meses de vida, os bebês começam a explorar o mundo ao seu redor por meio de brincadeiras simples, como segurar objetos e tentar imitar alguns sons. À medida que crescem, as brincadeiras se tornam cada vez mais elaboradas, desempenhando um papel crucial no desenvolvimento físico, cognitivo, social e emocional das crianças.

“Diferente dos adultos, que já têm um raciocínio lógico desenvolvido, as crianças aprendem através das fantasias. E o brincar é uma forma de organizar as ideias através do fantasiar, sendo fundamental para regular as emoções”, afirma.

O PAPEL DOS PAIS

Quando a criança está brincando, de acordo com o psicólogo, ela também está processando as ideias e determinadas emoções, fazendo com que o seu desenvolvimento psíquico aconteça de forma saudável. “É importante que os pequenos brinquem e que tenham com quem brincar, promovendo também a socialização e desenvolvendo valores. Na brincadeira, eles também começam a fazer a distinção acerca de quem eles mesmos são e quem são os outros”, destaca.

Os pais também têm um papel fundamental e ativo nesse processo. “Ao invés de estimulá-los apenas com aparelhos eletrônicos, que têm sido constantes na atualidade, os pais podem fugir desses recursos, estimulando brincadeiras de correr, tabuleiros e criação de objetos a partir de materiais recicláveis, por exemplo. Isso ajuda na relação entre pais e filhos, mas também no desenvolvimento da criatividade das crianças, sendo essencial para que elas conheçam o mundo e se sintam empoderadas com a capacidade de intervir na realidade, além de gerar autoestima e segurança a longo prazo”, finaliza o profissional.

Compartilhe:
spot_img

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

spot_img

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Novidade: troque suas lâmpadas incandescentes por novas de LED nos postos E+ Reciclagem

Lançado em 2011, o projeto faz parte do Programa de Eficiência Energética da Equatorial e agora conta com mais serviços para a comunidade A Equatorial...

Em Teresina, pesquisadora da Fiocruz destaca avanços para baratear tratamento de imunoterapia a pacientes com câncer

Pesquisadora também destaca os desafios do Nordeste no enfrentamento a cânceres evitáveis As pesquisas e os avanços mais recentes relacionados ao diagnóstico, manejo e tratamento...

Dia dos Povos Indígenas: Equatorial alerta que 5.568 famílias poderiam economizar na conta com a Tarifa Social

Dia 19 de abril é comemorado o Dia dos Povos Indígenas e a Equatorial Maranhão alerta que 5.568 famílias indígenas estão deixando de receber...