Moto Club enfrenta maratona

spot_img
Compartilhe:

brasao  Jogar somente aos fins de semana é o sonho de muitos atletas. As competições realizadas de forma simultânea costumam ser o terror dos times brasileiros. Por essa situação quem passa agora, entre tantos outros, é o Moto Club, e isso não vai parar tão cedo.

Após a derrota para o Salgueiro, por 3 a 0, pela Copa do Nordeste na noite dessa quarta-feira, o cansaço foi um dos pontos abordados pelos motenses, contudo a diretoria vai ter que ampliar as opções para o treinador Eugênio Souza, pois a vai continuar a série de jogos importantes com pouco tempo de relaxamento.

Tudo começou contra o Cordino, pelo Campeonato Maranhense, no dia 1º de fevereiro, em São Luís. Depois disso foi a vez de viajar para jogar na quinta-feira contra o Piauí, pela Copa do Nordeste, no dia 5 de fevereiro. Até aí, tudo bem. Mas de Teresina a equipe retornou a São Luís e viajou quase 24h depois para Araioses para jogar contra o time da casa, no dia 8 de fevereiro.

Veja Também:

A folga que o time conseguiu de quase uma semana depois desse jogo serviu para a preparação contra o Náutico, em São Luís, pelo Nordestão, no dia 14 de fevereiro. O resultado foi a vitória por 3 a 1. Em seguida, o time pegou estrada para Salgueiro e perdeu por 3 a 0 em jogo realizado na noite dessa quarta-feira.

Menos tempo ainda

A partir do domingo, nos 25 dias que seguem o Moto vai precisar se desdobrar para encarar oito jogos por duas competições, Campeonato Maranhense e Copa do Nordeste. A média é de um jogo a cada três dias.

Esta maratona começa neste domingo, dia 22 de fevereiro, e termina no dia 18 de março com a última partida pela primeira fase da Copa do Nordeste, contra o Piauí, em São Luís.

Domingo enfrenta o Imperatriz, em São Luís. Na quarta-feira joga contra o Boa Esporte, novamente no Castelão. No dia 1º de março enfrenta o Expressinho ainda na capital maranhense, no dia 4 de março recebe o Salgueiro, no dia 8 de março vai a Santa Quitéria jogar pelo Estadual, no dia 12 do mesmo mês enfrenta o Náutico, pelo Nordestão, em Pernambuco, no dia 15 joga contra o São José e dia 18 contra o Piauí.

Depois de finalizar a participação na primeira fase da Copa do Nordeste o time folga no Campeonato Maranhense e volta a jogar no dia 28 de março contra o Balsas, no interior, e depois contra o Sampaio, dia 5 de abril.

A prioridade determinada pelo clube é o Campeonato Maranhense. A comissão técnica reclama da falta de opções. Time ainda carece de mais jogadores.

Edição: Veja Timon

Via: GE

Compartilhe:
Veja Timon
Veja Timonhttps://vejatimon.com
O Veja Timon foi desenvolvido para suprir os timonenses com informações de um modo geral, onde a política não venha ser o foco central. Um site diversificado e imparcial, trabalhamos para levar um conteúdo de relevância para cidade. Veja Timon - Junto Com o Povo

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

De olho na interatividade com ouvinte, Rádio de Timon lança aplicativo, site e perfis em redes sociais

A Rádio Livre Fm 106.1 lança hoje, dia (28) uma série de novas plataformas para ampliar a interatividade com o público e disponibilizar a...

Estudante de jornalismo é encontrada desmaiada na UFPI e morre em hospital de Teresina

Uma estudante de jornalismo, de nome não revelado, morreu em um hospital de Teresina após ter sido encontrada desacordada nas dependências da Universidade Federal do...

Em café da manhã de trabalho, Timon e Caxias discutem duplicação da BR 316

Uilma Resende reuniu vereadores e representantes das duas cidades para discutir esse projeto, tendo em vista a nomeação de Cleiton Noleto para o DNIT-MA. Se...

brasao  Jogar somente aos fins de semana é o sonho de muitos atletas. As competições realizadas de forma simultânea costumam ser o terror dos times brasileiros. Por essa situação quem passa agora, entre tantos outros, é o Moto Club, e isso não vai parar tão cedo.

Após a derrota para o Salgueiro, por 3 a 0, pela Copa do Nordeste na noite dessa quarta-feira, o cansaço foi um dos pontos abordados pelos motenses, contudo a diretoria vai ter que ampliar as opções para o treinador Eugênio Souza, pois a vai continuar a série de jogos importantes com pouco tempo de relaxamento.

Tudo começou contra o Cordino, pelo Campeonato Maranhense, no dia 1º de fevereiro, em São Luís. Depois disso foi a vez de viajar para jogar na quinta-feira contra o Piauí, pela Copa do Nordeste, no dia 5 de fevereiro. Até aí, tudo bem. Mas de Teresina a equipe retornou a São Luís e viajou quase 24h depois para Araioses para jogar contra o time da casa, no dia 8 de fevereiro.

Veja Também:

A folga que o time conseguiu de quase uma semana depois desse jogo serviu para a preparação contra o Náutico, em São Luís, pelo Nordestão, no dia 14 de fevereiro. O resultado foi a vitória por 3 a 1. Em seguida, o time pegou estrada para Salgueiro e perdeu por 3 a 0 em jogo realizado na noite dessa quarta-feira.

Menos tempo ainda

A partir do domingo, nos 25 dias que seguem o Moto vai precisar se desdobrar para encarar oito jogos por duas competições, Campeonato Maranhense e Copa do Nordeste. A média é de um jogo a cada três dias.

Esta maratona começa neste domingo, dia 22 de fevereiro, e termina no dia 18 de março com a última partida pela primeira fase da Copa do Nordeste, contra o Piauí, em São Luís.

Domingo enfrenta o Imperatriz, em São Luís. Na quarta-feira joga contra o Boa Esporte, novamente no Castelão. No dia 1º de março enfrenta o Expressinho ainda na capital maranhense, no dia 4 de março recebe o Salgueiro, no dia 8 de março vai a Santa Quitéria jogar pelo Estadual, no dia 12 do mesmo mês enfrenta o Náutico, pelo Nordestão, em Pernambuco, no dia 15 joga contra o São José e dia 18 contra o Piauí.

Depois de finalizar a participação na primeira fase da Copa do Nordeste o time folga no Campeonato Maranhense e volta a jogar no dia 28 de março contra o Balsas, no interior, e depois contra o Sampaio, dia 5 de abril.

A prioridade determinada pelo clube é o Campeonato Maranhense. A comissão técnica reclama da falta de opções. Time ainda carece de mais jogadores.

Edição: Veja Timon

Via: GE