Produção de petróleo e gás cresce

spot_img
Compartilhe:

navio-plataforma-saomateus-espiritosanto-petrobras-explosao  A produção média de petróleo e gás natural da Petrobras produzidos no Brasil em outubro foi de 2,57 milhões barris de óleo equivalente por dia (boed), um crescimento de 1,6% em relação ao mês anterior, quando registrou 2,53 milhões.  Já a produção média de petróleo e gás natural no mesmo mês, no país e no exterior, atingiu 2,76 milhões de barris de óleo boed, volume 1,6% acima do registrado em setembro, que foi de 2,72 milhões, informou hoje (17) a Petrobras.

A produção de petróleo da empresa no Brasil foi de 2,10 milhões barris por dia (bpd), volume 2,1% maior do que o registrado em setembro, 2,06 milhões. Esse crescimento, segundo a empresa, reflete a conclusão das paradas programadas para manutenção de grandes plataformas, em setembro.

A produção de gás natural no país, excluindo o volume liquefeito, foi de 74,7 milhões metros cúbicos  por dia (m³/dia) em outubro, mantendo-se estável em relação ao mês anterior, de 75,0 milhões m³/dia.

Produção no pré-sal

Em outubro, a produção de óleo e gás operada pela Petrobras a partir da camada pré-sal se manteve acima do patamar de 1 milhão de boed, atingindo 1,005 milhão, mas com volume 2,3% inferior ao de setembro, de 1,028 milhão. A produção de óleo operada pela Petrobras no pré-sal ficou em 809 mil barris por dia, 2,3% abaixo também da registrada em setembro, de 828 mil barris por dia.

Produção de óleo e gás no exterior

No exterior foram produzidos, em outubro, 194 mil barris de petróleo equivalente por dia, 3,4% acima dos 188 mil boed produzidos no mês anterior. O aumento ocorreu, principalmente, devido ao desempenho dos novos poços no Campo de Rio Neuquén, na Argentina, e à conclusão das operações de limpeza no gasoduto de exportação do Campo de Akpo, na Nigéria. A produção média de petróleo foi de 99 mil bpd, 2,8% acima dos 97 mil de setembro.

Já a produção média de gás natural no exterior foi de 16,1 milhões m³/d, 4,1% acima dos 15,5 milhões m³/d do mês anterior, devido ao desempenho dos novos poços no Campo de Rio Neuquén, na Argentina.

Compartilhe:
Veja Timon
Veja Timonhttps://vejatimon.com
O Veja Timon foi desenvolvido para suprir os timonenses com informações de um modo geral, onde a política não venha ser o foco central. Um site diversificado e imparcial, trabalhamos para levar um conteúdo de relevância para cidade. Veja Timon - Junto Com o Povo

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

São Luís está entre os 20 destinos nacionais mais procurados na Black Friday, segundo a Decolar

São Luís foi apontada como um dos 20 destinos mais procurados durante a campanha de Black Friday da companhia de viagens on-line Decolar. A...

TRF1 aceita denúncia do MPF contra prefeito de Pinheiro (MA) e mais seis pessoas por fraudes e desvio de recursos

Eles responderão por crimes de responsabilidade, lavagem de capitais e organização criminosa, na medida de suas participações Por unanimidade, o Tribunal Regional Federal da 1ª...

Facebook deve restituir conta invadida e pagar indenização a usuário

O Juizado Cível e Criminal da cidade de Codó condenou a plataforma social Facebook a restabelecer a conta de usuário Tiago Tales Silva Sousa,...
navio-plataforma-saomateus-espiritosanto-petrobras-explosao  A produção média de petróleo e gás natural da Petrobras produzidos no Brasil em outubro foi de 2,57 milhões barris de óleo equivalente por dia (boed), um crescimento de 1,6% em relação ao mês anterior, quando registrou 2,53 milhões.  Já a produção média de petróleo e gás natural no mesmo mês, no país e no exterior, atingiu 2,76 milhões de barris de óleo boed, volume 1,6% acima do registrado em setembro, que foi de 2,72 milhões, informou hoje (17) a Petrobras. A produção de petróleo da empresa no Brasil foi de 2,10 milhões barris por dia (bpd), volume 2,1% maior do que o registrado em setembro, 2,06 milhões. Esse crescimento, segundo a empresa, reflete a conclusão das paradas programadas para manutenção de grandes plataformas, em setembro. A produção de gás natural no país, excluindo o volume liquefeito, foi de 74,7 milhões metros cúbicos  por dia (m³/dia) em outubro, mantendo-se estável em relação ao mês anterior, de 75,0 milhões m³/dia. Produção no pré-sal Em outubro, a produção de óleo e gás operada pela Petrobras a partir da camada pré-sal se manteve acima do patamar de 1 milhão de boed, atingindo 1,005 milhão, mas com volume 2,3% inferior ao de setembro, de 1,028 milhão. A produção de óleo operada pela Petrobras no pré-sal ficou em 809 mil barris por dia, 2,3% abaixo também da registrada em setembro, de 828 mil barris por dia. Produção de óleo e gás no exterior No exterior foram produzidos, em outubro, 194 mil barris de petróleo equivalente por dia, 3,4% acima dos 188 mil boed produzidos no mês anterior. O aumento ocorreu, principalmente, devido ao desempenho dos novos poços no Campo de Rio Neuquén, na Argentina, e à conclusão das operações de limpeza no gasoduto de exportação do Campo de Akpo, na Nigéria. A produção média de petróleo foi de 99 mil bpd, 2,8% acima dos 97 mil de setembro. Já a produção média de gás natural no exterior foi de 16,1 milhões m³/d, 4,1% acima dos 15,5 milhões m³/d do mês anterior, devido ao desempenho dos novos poços no Campo de Rio Neuquén, na Argentina.