Provas do concurso da Sefaz Pi

spot_img
Compartilhe:

imagens-simulados-provas  As provas do concurso público da Secretaria da Fazenda do Piauí começam no próximo domingo, dia 1º de fevereiro, para o cargo de auditor fiscal. No dia 08/02 será a vez do candidatos que concorrem a uma vaga para Analista do Tesouro Estadual. Nas duas datas, as provas serão realizadas nos turnos manhã e tarde.

Para Auditor Fiscal da Fazenda Estadual estão sendo disponibilizadas 10 vagas, sendo uma para pessoas com deficiência. O salário é de R$ 11.020,91. Para o cargo de Analista do Tesouro Estadual também estão sendo oferecidas 10 vagas, com salário de R$ 8.088,20.

De acordo com a Fundação Carlos Chagas, banca organizadora do certame, 3.337 candidatos se inscreveram para o cargo de auditor fiscal. Para analista do Tesouro Estadual, o número de inscritos foi de 3.660. Somando os dois cargos, o total de inscritos chegou a 6.997 candidatos. Ainda de acordo com a FCC, 103 candidatos com deficiência se inscreveram no concurso para auditor fiscal e 83 para analista do Tesouro Estadual.

As inscrições para o concurso foram realizadas de 27/10/2014 a 02/12/2014. A taxa de inscrição foi de R$ 180,00 para o cargo de Auditor Fiscal da Fazenda Estadual e R$ 135,00 para o cargo de Analista do Tesouro Estadual.

Pela manhã, os portões dos locais de prova fecham pontualmente às 8h30. Na parte da tarde o horário é 15h. Segundo a FCC, o horário é local. O candidato deverá comparecer munido, obrigatoriamente, de caneta esferográfica de material transparente de tinta preta ou azul. Não será permitido o uso de lápis, lapiseira, marca-texto ou borracha durante a realização das provas.

Os candidatos habilitados nas Provas Objetivas para o cargo de Auditor Fiscal terão avaliados os títulos e os respectivos documentos comprobatórios, para fins de pontuação, nessa fase de avaliação.As provas do concurso público da Secretaria da Fazenda do Piauí começam no próximo domingo, dia 1º de fevereiro, para o cargo de auditor fiscal. No dia 08/02 será a vez do candidatos que concorrem a uma vaga para Analista do Tesouro Estadual. Nas duas datas, as provas serão realizadas nos turnos manhã e tarde.

Para Auditor Fiscal da Fazenda Estadual estão sendo disponibilizadas 10 vagas, sendo uma para pessoas com deficiência. O salário é de R$ 11.020,91. Para o cargo de Analista do Tesouro Estadual também estão sendo oferecidas 10 vagas, com salário de R$ 8.088,20.

De acordo com a Fundação Carlos Chagas, banca organizadora do certame, 3.337 candidatos se inscreveram para o cargo de auditor fiscal. Para analista do Tesouro Estadual, o número de inscritos foi de 3.660. Somando os dois cargos, o total de inscritos chegou a 6.997 candidatos. Ainda de acordo com a FCC, 103 candidatos com deficiência se inscreveram no concurso para auditor fiscal e 83 para analista do Tesouro Estadual.

As inscrições para o concurso foram realizadas de 27/10/2014 a 02/12/2014. A taxa de inscrição foi de R$ 180,00 para o cargo de Auditor Fiscal da Fazenda Estadual e R$ 135,00 para o cargo de Analista do Tesouro Estadual.

Pela manhã, os portões dos locais de prova fecham pontualmente às 8h30. Na parte da tarde o horário é 15h. Segundo a FCC, o horário é local. O candidato deverá comparecer munido, obrigatoriamente, de caneta esferográfica de material transparente de tinta preta ou azul. Não será permitido o uso de lápis, lapiseira, marca-texto ou borracha durante a realização das provas.

Os candidatos habilitados nas Provas Objetivas para o cargo de Auditor Fiscal terão avaliados os títulos e os respectivos documentos comprobatórios, para fins de pontuação, nessa fase de avaliação.

 

Edição: Veja Timon

Imagem: Internet

Via: 180

Compartilhe:
Veja Timon
Veja Timonhttps://vejatimon.com
O Veja Timon foi desenvolvido para suprir os timonenses com informações de um modo geral, onde a política não venha ser o foco central. Um site diversificado e imparcial, trabalhamos para levar um conteúdo de relevância para cidade. Veja Timon - Junto Com o Povo

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Josimar do Maranhãozinho faz investida ao casal Assis e Janaína Ramos

A conversa proveitosa entre os três beneficia o suplente de deputado Henrique Junior em seu projeto de ser o próximo prefeito de Timon Um encontro...

Governo do Maranhão disponibiliza testagem da Covid-19 para moradores da Capital

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), disponibilizou o serviço de testagem para diagnóstico da Covid-19 à população...

Bronquite, laringite, sinusite? Pode ser adenovírus

Família de mais de 60 tipos de vírus costuma afetar crianças no final do ano; saiba como prevenir e tratar Por Elainy Castro Com a temporada...
imagens-simulados-provas  As provas do concurso público da Secretaria da Fazenda do Piauí começam no próximo domingo, dia 1º de fevereiro, para o cargo de auditor fiscal. No dia 08/02 será a vez do candidatos que concorrem a uma vaga para Analista do Tesouro Estadual. Nas duas datas, as provas serão realizadas nos turnos manhã e tarde. Para Auditor Fiscal da Fazenda Estadual estão sendo disponibilizadas 10 vagas, sendo uma para pessoas com deficiência. O salário é de R$ 11.020,91. Para o cargo de Analista do Tesouro Estadual também estão sendo oferecidas 10 vagas, com salário de R$ 8.088,20. De acordo com a Fundação Carlos Chagas, banca organizadora do certame, 3.337 candidatos se inscreveram para o cargo de auditor fiscal. Para analista do Tesouro Estadual, o número de inscritos foi de 3.660. Somando os dois cargos, o total de inscritos chegou a 6.997 candidatos. Ainda de acordo com a FCC, 103 candidatos com deficiência se inscreveram no concurso para auditor fiscal e 83 para analista do Tesouro Estadual. As inscrições para o concurso foram realizadas de 27/10/2014 a 02/12/2014. A taxa de inscrição foi de R$ 180,00 para o cargo de Auditor Fiscal da Fazenda Estadual e R$ 135,00 para o cargo de Analista do Tesouro Estadual. Pela manhã, os portões dos locais de prova fecham pontualmente às 8h30. Na parte da tarde o horário é 15h. Segundo a FCC, o horário é local. O candidato deverá comparecer munido, obrigatoriamente, de caneta esferográfica de material transparente de tinta preta ou azul. Não será permitido o uso de lápis, lapiseira, marca-texto ou borracha durante a realização das provas. Os candidatos habilitados nas Provas Objetivas para o cargo de Auditor Fiscal terão avaliados os títulos e os respectivos documentos comprobatórios, para fins de pontuação, nessa fase de avaliação.As provas do concurso público da Secretaria da Fazenda do Piauí começam no próximo domingo, dia 1º de fevereiro, para o cargo de auditor fiscal. No dia 08/02 será a vez do candidatos que concorrem a uma vaga para Analista do Tesouro Estadual. Nas duas datas, as provas serão realizadas nos turnos manhã e tarde. Para Auditor Fiscal da Fazenda Estadual estão sendo disponibilizadas 10 vagas, sendo uma para pessoas com deficiência. O salário é de R$ 11.020,91. Para o cargo de Analista do Tesouro Estadual também estão sendo oferecidas 10 vagas, com salário de R$ 8.088,20. De acordo com a Fundação Carlos Chagas, banca organizadora do certame, 3.337 candidatos se inscreveram para o cargo de auditor fiscal. Para analista do Tesouro Estadual, o número de inscritos foi de 3.660. Somando os dois cargos, o total de inscritos chegou a 6.997 candidatos. Ainda de acordo com a FCC, 103 candidatos com deficiência se inscreveram no concurso para auditor fiscal e 83 para analista do Tesouro Estadual. As inscrições para o concurso foram realizadas de 27/10/2014 a 02/12/2014. A taxa de inscrição foi de R$ 180,00 para o cargo de Auditor Fiscal da Fazenda Estadual e R$ 135,00 para o cargo de Analista do Tesouro Estadual. Pela manhã, os portões dos locais de prova fecham pontualmente às 8h30. Na parte da tarde o horário é 15h. Segundo a FCC, o horário é local. O candidato deverá comparecer munido, obrigatoriamente, de caneta esferográfica de material transparente de tinta preta ou azul. Não será permitido o uso de lápis, lapiseira, marca-texto ou borracha durante a realização das provas. Os candidatos habilitados nas Provas Objetivas para o cargo de Auditor Fiscal terão avaliados os títulos e os respectivos documentos comprobatórios, para fins de pontuação, nessa fase de avaliação.   Edição: Veja Timon Imagem: Internet Via: 180