Ação contra prof° Socorro Waquim é arquivada

spot_img
Compartilhe:

professora-socorro-waquim-timon-maranhao  O juiz da 1ª Vara Cívil  Paulo Roberto Brasil, arquivou a ação de improbidade administrativa movida pela ex-promotora de Timon, Selma Regina Martins, que tratava de denúncia sobre um suposto esquema em licitações e obras no governo da ex-prefeita Socorro Waquim. Estavam sendo denunciados além da ex-prefeita, o ex-secretário municipal de infraestrutura, Delfino Guimarães, empreiteiros e servidores da comissão de licitação da gestão passada.

Veja Também:

A ação de improbidade envolvia dezenas de nomes de pessoas conhecidas em Timon e resultou dias atrás em uma longa audiência que durou dias; Tanto o atual promotor de justiça da improbidade, Sérgio Ricardo Martins (curiosamente, irmão da promotora Selma Martins), quanto o juiz Paulo Roberto Brasil entenderam que não existiu nada de consistente que pudesse incriminar os acusados na denúncia.

No pedido de arquivamento Paulo Roberto Brasil afirma em sua decisão que “não foi comprovado a existência de um suposto cartel entre as empresas privadas, nem mesmo que estes entes privados possuíam qualquer ligação com os agentes públicos demandados”.

A decisão já pode ser conferida no site do Tribunal de Justiça.

 

Edição: Veja Timon

Via: MN

Compartilhe:
Veja Timon
Veja Timonhttps://vejatimon.com
O Veja Timon foi desenvolvido para suprir os timonenses com informações de um modo geral, onde a política não venha ser o foco central. Um site diversificado e imparcial, trabalhamos para levar um conteúdo de relevância para cidade. Veja Timon - Junto Com o Povo

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Ingrediente naturais são saudáveis para os cuidados com a pele   

Segundo especialista, para melhores resultados, o uso de produtos naturais na pele e nos cabelos deve ser conciliado à dieta   Os cuidados com a saúde...

Aulas na Rede Estadual iniciam nas 19 Unidades Regionais de Educação do Maranhão

Nesta segunda-feira (6), estudantes da Rede Estadual nas 19 Unidades Regionais de Educação do Maranhão retornaram às salas de aula. Para fortalecer as estratégias...

Projeto de Lei do deputado Rafael assegura acesso a medicamentos à base de canabidiol e similares

O Projeto de Lei 01/2023, de autoria do deputado Rafael, assegura o acesso a medicamentos à base de canabidiol (CBD) e tetrahidrocanabinol (THC) “às...
professora-socorro-waquim-timon-maranhao  O juiz da 1ª Vara Cívil  Paulo Roberto Brasil, arquivou a ação de improbidade administrativa movida pela ex-promotora de Timon, Selma Regina Martins, que tratava de denúncia sobre um suposto esquema em licitações e obras no governo da ex-prefeita Socorro Waquim. Estavam sendo denunciados além da ex-prefeita, o ex-secretário municipal de infraestrutura, Delfino Guimarães, empreiteiros e servidores da comissão de licitação da gestão passada. Veja Também: A ação de improbidade envolvia dezenas de nomes de pessoas conhecidas em Timon e resultou dias atrás em uma longa audiência que durou dias; Tanto o atual promotor de justiça da improbidade, Sérgio Ricardo Martins (curiosamente, irmão da promotora Selma Martins), quanto o juiz Paulo Roberto Brasil entenderam que não existiu nada de consistente que pudesse incriminar os acusados na denúncia. No pedido de arquivamento Paulo Roberto Brasil afirma em sua decisão que “não foi comprovado a existência de um suposto cartel entre as empresas privadas, nem mesmo que estes entes privados possuíam qualquer ligação com os agentes públicos demandados”. A decisão já pode ser conferida no site do Tribunal de Justiça.
  Edição: Veja Timon Via: MN