spot_img
spot_img

Citeenel 2023 debate inovação do setor elétrico sob perspectiva ESG

spot_img
Compartilhe:
Congresso será um Evento Carbono Neutro

Nos próximos dias 25, 26 e 27 de outubro será realizada em São Luís, no Maranhão, a 11ª edição do Congresso de Inovação Tecnológica e Eficiência Energética do Setor Elétrico, o Citeenel 2023. Com o tema “Inovação sob a perspectiva ESG: ambiental, social e governança”, o tradicional evento reunirá autoridades do governo, representantes do setor e especialistas nacionais e internacionais para discutir a modernização e as oportunidades, além dos resultados e desafios de promover uma transição energética mais sustentável.

O evento será palco para discutir as tendências do setor e para a apresentação de iniciativas inovadoras dos Programas de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PDI) e de Eficiência Energética (EE) desenvolvidos por empresas do setor elétrico e regulados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). Serão três dias de imersão, entre painéis, workshops e visitas técnicas em que entusiastas da inovação vão compartilhar conhecimentos e visões de futuro sob a ótica do ESG. O formulário de inscrição e a programação completa estão no site www.citeenel2023.com.br.

Por que discutir a agenda ESG?

O setor elétrico, bem como a maioria dos serviços de utilidade pública, caminha para uma nova era de sustentabilidade. Nesse contexto, repensar os impactos ambientais causados pelas práticas de geração, transmissão e distribuição de energia, se torna desafio prioritário para as companhias e mesmo aos stakeholders externos à essa indústria.

Para enfrentar tais desafios, as empresas devem investir em soluções multifacetadas que invoquem práticas mais sustentáveis e que sejam capazes de atender a rápida evolução do setor. Além disso, é importante que o debate e iniciativas criadas estejam alinhadas com a agenda ESG – prisma que reúne recomendações de práticas e comportamentos voltados a três pilares fundamentais: ambiental, social e governança corporativa.

No Brasil, a agenda ESG voltada para o setor elétrico é o principal pilar da Agenda Regulatória da ANEEL para o biênio 2024-2025, a qual prevê sete eixos de atuação: Combate à Pobreza Energética; Fontes Renováveis; Baixo Carbono; Eficiência Energética; Modicidade e Equilíbrio Tarifário; Segurança Energética e; Atividade Empresarial.

No Maranhão o evento será Carbono Neutro – A Equatorial Maranhão, empresa responsável pela distribuição de energia no estado e anfitriã do Citeenel 2023, tem investido em soluções ambientais e tem a honra de anunciar que a 11ª edição do Congresso de Inovação Tecnológica e Eficiência Energética do Setor Elétrico será um Evento Carbono Neutro.

Para garantir a compensação das emissões de carbono geradas durante o evento, o Citeenel fechou parceria com a startup “Compensei”, empresa especializada em medir e compensar emissões de carbono. Juntas, as duas iniciativas estão calculando e compensando as emissões de carbono em projetos socioambientais de conservação e recuperação de áreas de manguezal no Maranhão.

Este movimento reforça o compromisso da Equatorial Energia em promover uma transição energética mais limpa e sustentável e solidifica as pautas levantadas pelo congresso, que em 2023 abrirá espaço para a discussão de iniciativas inovadoras e da agenda ESG (ambiental, social e governança) prevista para o setor elétrico.

Sobre o Citeenel

O Citeenel, realizado bienalmente pela ANEEL em parceria com as distribuidoras, é o principal canal para discussão dos resultados e impactos dos Programas de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PDI) e de Eficiência Energética (EE) regulados pela Agência e implementados pelas empresas geradoras, transmissoras e distribuidoras de energia.
O evento consiste em uma oportunidade para que empresas de energia elétrica e instituições divulguem as inovações tecnológicas desenvolvidas no âmbito dos programas de PDI e EE regulados pela ANEEL, além de ser um momento para discussão da regulamentação ora vigente. Também é um canal para discutir as tendências de modernização do setor elétrico, as transformações do mercado de energia, inovação e eficiência energética, entre outros temas.

O Congresso é voltado para profissionais do setor elétrico, fabricantes, universidades, startups, instituições de pesquisa e profissionais de inovação. E nesta edição conta com a realização da ANEEL em parceria com o Grupo Equatorial Energia.

Compartilhe:
spot_img

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

spot_img

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Jorge Lopes é noneado como diretor geral do Instituto Teotônio Vilela

O Instituto é importante braço das ações do PSDB e deverá movimentar Teresina nesse resgate do partido na capital. O advogado e presidente da Federação...

Grupo Equatorial Energia lança campanha em parceria com a CUFA para arrecadar 1 milhão de reais para o Rio Grande do Sul

A cada $1,00 doado, o Grupo Equatorial Energia doará mais R$1,00, dobrando o impacto das doações O Grupo Equatorial Energia lançou uma campanha de financiamento...

Governador Brandão nomeia 150 agentes da Polícia Militar e novos servidores para o Detran e Uema

O governador do Maranhão Carlos Brandão anunciou a nomeação de novos servidores para reforçar o serviço público. As nomeações foram publicadas nesta quarta-feira (22),...