Demissões de servidores. Será que a prefeita Dinair incorporou também o estilo perseguidor?

spot_img
Compartilhe:

A noticia de que sete pessoas teriam sido demitidas do serviço público municipal em Timon está gerando uma série de interpretações por conta do momento politico em que vive a cidade e por essas pessoas demitidas, todas vigias de prédios públicos, terem uma ligação eleitoral com atual presidente da Câmara Uilma Resende, que foi eleito após formar chapa com a oposição em disputa corporativista naquela casa legislativa, mas o fato de ter derrotado chapa apoiada pelo ex-prefeito Luciano Leitoa mentor intelectual e politica da atual gestora Dinair Veloso teria sido encarada como gesto de rompimento por parte dos governistas.

No último sábado, 6, em visita ao bairro Vila Angélica, o blog conversou com um dos demitidos. Ele disse que apesar das dificuldades com as empresas terceirizadas contratadas pela atual gestão passada e já com contrato aditivado pela atual gestão, vinha passando por dificuldades, mas sempre o emprego preservado. Ele contou que vem ocupando cargo desde a gestão de Chico Leitoa quando era prefeito e passou pela gestão da ex-prefeita Socorro sem que fosse demitido, mas agora, na semana passada seu nome não constava mais na lista de pagamento da empresa terceirizada, atrás de explicações, o servidor, que não iremos identificar, não soube o real motivo de sua demissão, mas disse que irá em busca de esclarecimentos esta semana.

Nos bastidores o assunto é recorrente dando conta de que todos as pessoas ligadas ao vereador Uilma Resende e ao deputado Rafael Leitoa, que forem servidores ou terceirizados indicados pelos dois parlamentares serão demitidos. Nas redes sociais, ainda que nas “entrelinhas”, o vereador Uilma Resende falou sobre o fato em post ao abaixo:

É fato que todos os servidores de cargos comissionados ou terceirizados fora da estrutura de servidor efetivo, efeito conquistado por tempo de serviço ou por concurso público são indicados por listas politicas elaboradas com aquiescência dos gestores.

Compartilhe:

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Aeroporto de Teresina completa 55 anos

O Aeroporto de Teresina (THE) completa 55 anos nesta sexta-feira, dia 30 de setembro. Localizado na capital do Piauí, ele é a principal porta...

Três dicas para evitar o estresse na hora de encarar o trânsito

Por Elainy Castro Buzinas, xingamentos, motoristas imprudentes, muita gente nos horários de pico, pedestres que atravessam fora da faixa, acidentes… isso e muito mais você...

Em prestigiada reunião, Cláudia Coutinho diz que será deputada para ajudar Timon e o Maranhão

Em prestigiadíssima reunião política, ontem no Mabelu Buffett, em Timon patrocinada pelo vereador Helber Guimarães e seu grupo de apoiadores e aliados na cidade,...
A noticia de que sete pessoas teriam sido demitidas do serviço público municipal em Timon está gerando uma série de interpretações por conta do momento politico em que vive a cidade e por essas pessoas demitidas, todas vigias de prédios públicos, terem uma ligação eleitoral com atual presidente da Câmara Uilma Resende, que foi eleito após formar chapa com a oposição em disputa corporativista naquela casa legislativa, mas o fato de ter derrotado chapa apoiada pelo ex-prefeito Luciano Leitoa mentor intelectual e politica da atual gestora Dinair Veloso teria sido encarada como gesto de rompimento por parte dos governistas. No último sábado, 6, em visita ao bairro Vila Angélica, o blog conversou com um dos demitidos. Ele disse que apesar das dificuldades com as empresas terceirizadas contratadas pela atual gestão passada e já com contrato aditivado pela atual gestão, vinha passando por dificuldades, mas sempre o emprego preservado. Ele contou que vem ocupando cargo desde a gestão de Chico Leitoa quando era prefeito e passou pela gestão da ex-prefeita Socorro sem que fosse demitido, mas agora, na semana passada seu nome não constava mais na lista de pagamento da empresa terceirizada, atrás de explicações, o servidor, que não iremos identificar, não soube o real motivo de sua demissão, mas disse que irá em busca de esclarecimentos esta semana. Nos bastidores o assunto é recorrente dando conta de que todos as pessoas ligadas ao vereador Uilma Resende e ao deputado Rafael Leitoa, que forem servidores ou terceirizados indicados pelos dois parlamentares serão demitidos. Nas redes sociais, ainda que nas "entrelinhas", o vereador Uilma Resende falou sobre o fato em post ao abaixo: É fato que todos os servidores de cargos comissionados ou terceirizados fora da estrutura de servidor efetivo, efeito conquistado por tempo de serviço ou por concurso público são indicados por listas politicas elaboradas com aquiescência dos gestores.