Deputado Fufuca participa de grande reunião em Timon com a Família RA

spot_img
Compartilhe:

O deputado disse que enviou, durante seu mandato 3 milhões de reais para Timon e se for reeleito destinará mais 3 mi.

Em Timon, Maranhão, cidade com mais de 105 mil eleitores registrados na última eleição, o deputado André Fufuca, candidato a reeleição, participou de grande reunião protagonizada pela Família RA, que desde o pleito passado vota e trabalha em apoio ao deputado e detém a presidência do Progressistas na cidade.

Em entrevista ao blogdoribinha, Fufuca falou de seu trabalho quanto presidente nacional do partido, alianças e crescimento da sigla em em todos os níveis da política e destacou o apoio do partido no Maranhão com uma aliança com o governador do estado Carlos Brandão, que disputa a reeleição.

O deputado, desfazendo críticas de seus adversários, disse que não é parlamentar ausente na cidade, pois há quatro anos quando esteve no município de Timon, assumiu o compromisso de mandar recursos para a instalação de UTI e destinou logo no primeiro ano deste mandato 3 milhões de reais, sendo que 1 milhão e 800 mil e uma segunda emenda, durante a Pandemia de 1 milhão 200 mil reais durante a gestão de Luciano Leitoa.

Além de presidente do Progressistas com influência dentro do Congresso Nacional, Fufuca foi relator do orçamento da infraestrutura na Câmara e pode relatar projetos como a construção da BR 226. Ele ressaltou que como parlamentar não faz tudo, mas disse que com a junção de parlamentares que também ajudam Timon, a cidade vem se desenvolvendo e poderá se desenvolver à ainda mais com ajuda de todos.

O empresário Ramon Alves de Souza disse em sua fala, que como chefe de um grupo empresarial, vem relutando em não participar da política partidária, mas afirmou que não podia de deixar de reconhecer que da participação da família e apoio a André Fufuca o Brasil, assim como a cidade de Timon, puderam receber recursos do “orçamento de guerra” durante o período em que as pessoas perderam seus empregos e empresários faliram”, enfatizou Ramon Alves.

O único político da família, que exerceu cargo eletivo, Ramon Junior se emocionou ao citar a união da família sempre em torno de seus objetivos. Ele lembrou que foi através de seus pedidos na Câmara que o deputado pode enviar e destinar recursos para a saúde da cidade.

André Fufuca garantiu que reeleito lutará por recursos na ordem de 3 milhões de reais para efetivação de ações no Polo empresarial de Timon para efetivar ações que geram emprego e renda para os jovens e todos de Timon que ainda não tiveram a oportunidade de trabalho ou que estão desempregados.

Compartilhe:

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

No mesmo dia: Reeleitos, Lira e Pacheco rompem com Bolsonaro, mas deixam recado ao STF

Colunista do jornal "O Globo" avalia que o pior cenário para o Supremo seria a vitória de Rogério Marinho. Mas reeleição de Lira e...

Suspensa eficácia de norma que exigia quórum qualificado para aprovação de leis em Timon

Por unanimidade, o Órgão Especial do TJMA deferiu, em parte, medida cautelar em Adin, determinando quórum de maioria de votos para aprovação de matéria...

Deputados Estaduais tomam posse para 20ª legislatura da Assembleia Legislativa do Maranhão

Os deputados eleitos para a 20ª legislatura da Assembleia Legislativa do Maranhão foram empossados na manhã desta quarta-feira (1º), no Plenário Nagib Haickel. O...

O deputado disse que enviou, durante seu mandato 3 milhões de reais para Timon e se for reeleito destinará mais 3 mi.

Em Timon, Maranhão, cidade com mais de 105 mil eleitores registrados na última eleição, o deputado André Fufuca, candidato a reeleição, participou de grande reunião protagonizada pela Família RA, que desde o pleito passado vota e trabalha em apoio ao deputado e detém a presidência do Progressistas na cidade. Em entrevista ao blogdoribinha, Fufuca falou de seu trabalho quanto presidente nacional do partido, alianças e crescimento da sigla em em todos os níveis da política e destacou o apoio do partido no Maranhão com uma aliança com o governador do estado Carlos Brandão, que disputa a reeleição. O deputado, desfazendo críticas de seus adversários, disse que não é parlamentar ausente na cidade, pois há quatro anos quando esteve no município de Timon, assumiu o compromisso de mandar recursos para a instalação de UTI e destinou logo no primeiro ano deste mandato 3 milhões de reais, sendo que 1 milhão e 800 mil e uma segunda emenda, durante a Pandemia de 1 milhão 200 mil reais durante a gestão de Luciano Leitoa. Além de presidente do Progressistas com influência dentro do Congresso Nacional, Fufuca foi relator do orçamento da infraestrutura na Câmara e pode relatar projetos como a construção da BR 226. Ele ressaltou que como parlamentar não faz tudo, mas disse que com a junção de parlamentares que também ajudam Timon, a cidade vem se desenvolvendo e poderá se desenvolver à ainda mais com ajuda de todos. O empresário Ramon Alves de Souza disse em sua fala, que como chefe de um grupo empresarial, vem relutando em não participar da política partidária, mas afirmou que não podia de deixar de reconhecer que da participação da família e apoio a André Fufuca o Brasil, assim como a cidade de Timon, puderam receber recursos do "orçamento de guerra" durante o período em que as pessoas perderam seus empregos e empresários faliram", enfatizou Ramon Alves. O único político da família, que exerceu cargo eletivo, Ramon Junior se emocionou ao citar a união da família sempre em torno de seus objetivos. Ele lembrou que foi através de seus pedidos na Câmara que o deputado pode enviar e destinar recursos para a saúde da cidade. André Fufuca garantiu que reeleito lutará por recursos na ordem de 3 milhões de reais para efetivação de ações no Polo empresarial de Timon para efetivar ações que geram emprego e renda para os jovens e todos de Timon que ainda não tiveram a oportunidade de trabalho ou que estão desempregados.