Deputado Rafael Leitoa admite “distanciamento” de seu primo Luciano Leitoa

spot_img
Compartilhe:

Em conversa com o jornalista titular do blogdoribinha o deputado estadual Rafael Leitoa admitiu existir um “distanciamento” entre ele e seu primo Luciano Leitoa, ex-prefeito de Timon. A conversa ente o jornalista titular do blog e o deputado Rafael aconteceu no último dia 4, no plenário da Alema durante a posse a deputada Socorro Waquim.

Dinair, Luciano Leitoa e Rafael: em busca de um entendimento.

Tentando não falar nas palavras “rompimento” ou “racha” no grupo Leitoa, o deputado pedetista que é primo do ex- prefeito Luciano Leitoa, disse que esse “distanciamento” foi provocado por parte de seu primo.

Na conversa com o deputado este jornalista aventou a possibilidade de a prefeita Dinair Veloso, de Timon, apresentar apoio a outro nome na cidade que não seja o seu em 2022, como já circula nós bastidores essa possibilidade de que a prefeita não apoie o deputado na próxima eleição. O deputado Rafael Leitoa lembrou que o ano passado participou ativamente da campanha de Dinair e que espera o mesmo dela em 2022 com relação à sua campanha de reeleição para o terceiro mandato.

Sobre o episódio da eleição da Câmara de Timon quando um de seus principais aliados, o vereador Uilma Resende, PDT, se uniu à oposição, puxou dois vereadores aliados do ex-prefeito e derrotou Luciano Leitoa, que tinha candidato na disputa pela mesa diretora, Rafael Leitoa atribui isso a uma decisão do vereador por conta da falta de articulação do seu primo, mas que não teve qualquer tipo de participação no caso.

No final da conversa, o deputado disse que tudo será resolvido dentro do grupo Leitoa e que os bombeiros já estão cuidando e buscando um entendimento.

Há quem sustente em Timon que o desentendimento entre os dois primos não é de hoje e que ela passa por uma, vamos dizer assim preferência do ex-prefeito Chico Leitoa e um carinho especial que ele tem pelo sobrinho Rafael Leitoa a quem deu educação e o projetou na politica. Esse estremecimento entre os dois primos foi marcado politicamente em 2014, quando Rafael Leitoa deixou a sub-secretaria de Infraestrutura do governo do primo para disputar o mandato de deputado estadual, mas que ao que consta no histórico politico da eleição em que Rafael ficou na primeira suplência, seu primo prefeito na época, não evidenciado todo seu apoio na eleição dele Rafael Leitoa.

Em mais recente entendimento dos que pregam existir um  um rompimento, Rafael Leitoa teria, com a eleição se credenciado a ser o candidato do grupo Leitoa a prefeito, mas o prefeito Luciano Leitoa o teria preterido.

 

Compartilhe:

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Mercado de trabalho: Programa de Trainee Aegea está com inscrições abertas para Timon

Os interessados podem se inscrever até o dia 24 de outubro, de forma on-line A Aegea, empresa líder no setor de saneamento privado no Brasil,...

Carlos Brandão é reeleito governador, Timon terá dois deputados e Leitoas saem enfraquecidos do pleito

O governador Carlos Brandão liderou a disputa em primeiro turno pelo governo do Maranhão a partir das primeiras urnas abertas ontem, às 18h, até...

Águas de Timon celebra conclusão do projeto Desvendar Esporte

Nesta quinta-feira (29), a Águas de Timon celebrou a conclusão das atividades do projeto Desvendar Esporte, patrocinado pela Águas de Timon, durante ação no...
Em conversa com o jornalista titular do blogdoribinha o deputado estadual Rafael Leitoa admitiu existir um "distanciamento" entre ele e seu primo Luciano Leitoa, ex-prefeito de Timon. A conversa ente o jornalista titular do blog e o deputado Rafael aconteceu no último dia 4, no plenário da Alema durante a posse a deputada Socorro Waquim.
Dinair, Luciano Leitoa e Rafael: em busca de um entendimento.
Tentando não falar nas palavras "rompimento" ou "racha" no grupo Leitoa, o deputado pedetista que é primo do ex- prefeito Luciano Leitoa, disse que esse "distanciamento" foi provocado por parte de seu primo. Na conversa com o deputado este jornalista aventou a possibilidade de a prefeita Dinair Veloso, de Timon, apresentar apoio a outro nome na cidade que não seja o seu em 2022, como já circula nós bastidores essa possibilidade de que a prefeita não apoie o deputado na próxima eleição. O deputado Rafael Leitoa lembrou que o ano passado participou ativamente da campanha de Dinair e que espera o mesmo dela em 2022 com relação à sua campanha de reeleição para o terceiro mandato. Sobre o episódio da eleição da Câmara de Timon quando um de seus principais aliados, o vereador Uilma Resende, PDT, se uniu à oposição, puxou dois vereadores aliados do ex-prefeito e derrotou Luciano Leitoa, que tinha candidato na disputa pela mesa diretora, Rafael Leitoa atribui isso a uma decisão do vereador por conta da falta de articulação do seu primo, mas que não teve qualquer tipo de participação no caso. No final da conversa, o deputado disse que tudo será resolvido dentro do grupo Leitoa e que os bombeiros já estão cuidando e buscando um entendimento. Há quem sustente em Timon que o desentendimento entre os dois primos não é de hoje e que ela passa por uma, vamos dizer assim preferência do ex-prefeito Chico Leitoa e um carinho especial que ele tem pelo sobrinho Rafael Leitoa a quem deu educação e o projetou na politica. Esse estremecimento entre os dois primos foi marcado politicamente em 2014, quando Rafael Leitoa deixou a sub-secretaria de Infraestrutura do governo do primo para disputar o mandato de deputado estadual, mas que ao que consta no histórico politico da eleição em que Rafael ficou na primeira suplência, seu primo prefeito na época, não evidenciado todo seu apoio na eleição dele Rafael Leitoa. Em mais recente entendimento dos que pregam existir um  um rompimento, Rafael Leitoa teria, com a eleição se credenciado a ser o candidato do grupo Leitoa a prefeito, mas o prefeito Luciano Leitoa o teria preterido.