spot_img
spot_img

Dilma na posse do presidente do Uruguai

spot_img
Compartilhe:

Presidenta Dilma Rousseff  A presidenta Dilma Rousseff participou na manhã de hoje (1°) da posse do novo presidente do Uruguai, Tabaré Vázquez, 74 anos. A Sessão Solene de Compromisso de Honra e Declaração de Fidelidade Constitucional ocorreu no Palácio Legislativo, em Montevidéu, e contou com a presença outros chefes de Estado, entre eles os presidentes de Cuba, Raul Castro, e do Chile, Michelle Bachelet.

Com um discurso de 20 minutos, Vázquez saudou os 30 anos ininterruptos de democracia no país. Oncologista renomado, ele foi, entre 2005 e 2010. o primeiro presidente de esquerda no Uruguai. No segundo governo, informou que dará ênfase à continuidade das políticas sociais que permitiram reduzir a pobreza a um mínima histórico.

Veja Também:

Eleito com 53,6% dos votos, Tabaré Vázquez,  que será presidente até 2020, prometeu, durante o juramento, “desempenhar lealmente o cargo que me foi confiado e a guardar e defender a Constituição da República”.

Ele sucederá o também esquerdista José Pepe Mujica no terceiro mandato consecutivo da Frente Ampla, grupo político que ajudou a aprovar projetos de lei como a legalização do abroto, do casamento de pessoas do mesmo sexo e do consumo, da produção e venda de maconha.

José Mujica ficou famoso por andar de Fusca, ter dado carona a um estranho numa estrada uruguaia  e por usar sandálias mesmo em eventos oficiais. Mujica deixa para Tabaré Vázquez um país considerado por ele mesmo como “um oásis de segurança na América Latina”, conforme declarou ao jornal peruano El Comércio.

Com 3,4 milhões de habitantes  e um PIB de cerca de US$ 70 bilhões, o Uruguai depende do comércio com Brasil e Argentina, os dois maiores sócios do Mercosul.

Ontem (28), a presidenta Dilma Rousseff participou, em Colonia del Sacramento, da inauguração do Parque Eólico Artilleros, construído pelos dois países por meio de parceria entre as empresas Eletrobras e UTE/Uruguai.

De acordo com o governo uruguaio, o empreendimento custou US$ 100 milhões e será capaz de gerar cerca de 65 megawatts de energia. Parte dos investimentos foi financiado pelo Banco de Desenvolvimento da América Latina.

 

Edição: Veja Timon

Via: Agência Brasil

Compartilhe:
spot_img
Veja Timon
Veja Timonhttps://vejatimon.com
O Veja Timon foi desenvolvido para suprir os timonenses com informações de um modo geral, onde a política não venha ser o foco central. Um site diversificado e imparcial, trabalhamos para levar um conteúdo de relevância para cidade. Veja Timon - Junto Com o Povo

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

spot_img

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Sempre verdes: saiba como conservar as folhagens e prolongar a vida útil do seu hortifruti

Por Elainy Castro O hábito de consumir hortaliças, frutas, verduras e legumes é sempre recomendado para garantir uma alimentação equilibrada e manter a saúde. Uma...

MA registra queda na mortalidade por aids: apesar da melhora nos números, ainda é importante prevenir

Por Elainy Castro As mortes por aids caíram no Maranhão nos últimos dez anos. De acordo com o Ministério da Saúde, a cada 100 mil...

Ações de manutenção da Equatorial Maranhão levam melhorias para a zona rural de Caxias

Com o intuito de oferecer melhorias no fornecimento de energia elétrica, a Equatorial Maranhão está realizando diversos mutirões de manutenção para todo o estado....