Será por que Dinair e a Leitoada têm pressa de irem logo pra os braços de Carlos Brandão?

spot_img
Compartilhe:
Dinair, com os gestos quer novamente a “caneta azul e cheia” de Carlos Brandão

Gestos políticos nada nobres levam a gestora e a Leitoada ao desespero pela sobrevivência política em Timon.

A velocidade e a voracidade com as quais a prefeita de Timon Dinair Veloso corre para os braços têm motivos nada nobres e de desconfianças.

A prefeita, com os gestos nada nobres, esqueceu que com seus aliados tentou derrubar o governador

O primeiro gesto seria o fato de uma ex-aliada e ex-aliados do governo, que tentaran de todas às formas derrubá-lo do poder, escolhendo e votando em um candidato rompido com o Carlos Brandão, agora se “embandeirarem” para seu lado querendo ser um de seus aliados de primeira hora antes mesmo de sua posse. Nenhum outro prefeito que votou em Weverton Rocha em outubro próximo teve esse “ímpeto de nobreza política” de aderir logo ao Governo.

Outro fato ainda menos nobre da atitude da gestora em se aproximar de Brandão com tanta rapidez além da fome de poder, seriam por vingança e mágoa.

Sim, isso mesmo. Dois sentimentos que não levam corações amorosos a lugar algum.

Pois segundo consta, seria o atual secretário de articulação do governo Rubens Pereira o autor do projeto de “convencimento” da prefeita em procurar o governo de forma rápida e voraz.

Rubão o “mui amigo” do Brandão e do poder

Rubão, por sua vez, alimenta a mágoa pelo hoje principal adversário de Dinair e dos Leitoas, o Deputado Rafael, pelo fato de ele não ter escolhido e votado em seu filho Rubens Júnior para deputado federal em Timon e ainda ter se colocado, como líder do governo, como empecilho contra a avassaladora decisão de Rubão em tomar cargos do governo estadual na cidade para colocar aliados dele para contemplar votos para o filho candidato.

Agora, seria a intenção, de com essa estratégia, que não é de Rubão somente, mas dos Leitoas, pai e filho, de isolar Rafael, seu grupo e seus aliados em Timon que deram a Carlos Brandão uma maioria devastadora em cima do candidato dos leitoas de 10 mil votos colocando o ex-aliado Weverton Rocha em seu devido lugar.

Todos sabem que a prefeita e sua gestão não irão sobreviver nos dois anos que lhe restam sem o governo estadual, especialmente, quando vemos que durante os dez últimos anos de gestão da Leitoada, 90 por cento do que existe na cidade foi construído por Flávio Dino em pouco mais de sete anos e por Carlos Brandão em pouco mais de um ano e meio.

A Leitoada e a Prefeita Dinair Veloso querem tomar de conta sozinhos de tudo isso e fazer com que a população esqueça que foi o Deputado Rafael, como líder do ex-governador Flávio Dino e os aliados do governador Carlos Brandão, que conseguiram tudo isso.

Sabemos que o gesto da prefeita e de seu grupo político denominado de Leitoada é de sobrevivência, mas se bem que eles poderiam terem sido mais nobres e menos desrespeitosos consigo mesmos e com a população a quem eles pediram pra votar no 12, afirmando que foguete “não dá ré”. Deu no que deu!

É isso!

P.S:.Depois vamos falar sobre a Famem do passado e dos cargos que ela proporciona aos prefeitos, ex-prefeitos, primeiras damas e primeiros damos.

Aguardem!

Compartilhe:

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

São Luís está entre os 20 destinos nacionais mais procurados na Black Friday, segundo a Decolar

São Luís foi apontada como um dos 20 destinos mais procurados durante a campanha de Black Friday da companhia de viagens on-line Decolar. A...

TRF1 aceita denúncia do MPF contra prefeito de Pinheiro (MA) e mais seis pessoas por fraudes e desvio de recursos

Eles responderão por crimes de responsabilidade, lavagem de capitais e organização criminosa, na medida de suas participações Por unanimidade, o Tribunal Regional Federal da 1ª...

Facebook deve restituir conta invadida e pagar indenização a usuário

O Juizado Cível e Criminal da cidade de Codó condenou a plataforma social Facebook a restabelecer a conta de usuário Tiago Tales Silva Sousa,...
Dinair, com os gestos quer novamente a "caneta azul e cheia" de Carlos Brandão

Gestos políticos nada nobres levam a gestora e a Leitoada ao desespero pela sobrevivência política em Timon.

A velocidade e a voracidade com as quais a prefeita de Timon Dinair Veloso corre para os braços têm motivos nada nobres e de desconfianças.
A prefeita, com os gestos nada nobres, esqueceu que com seus aliados tentou derrubar o governador
O primeiro gesto seria o fato de uma ex-aliada e ex-aliados do governo, que tentaran de todas às formas derrubá-lo do poder, escolhendo e votando em um candidato rompido com o Carlos Brandão, agora se "embandeirarem" para seu lado querendo ser um de seus aliados de primeira hora antes mesmo de sua posse. Nenhum outro prefeito que votou em Weverton Rocha em outubro próximo teve esse "ímpeto de nobreza política" de aderir logo ao Governo. Outro fato ainda menos nobre da atitude da gestora em se aproximar de Brandão com tanta rapidez além da fome de poder, seriam por vingança e mágoa. Sim, isso mesmo. Dois sentimentos que não levam corações amorosos a lugar algum. Pois segundo consta, seria o atual secretário de articulação do governo Rubens Pereira o autor do projeto de "convencimento" da prefeita em procurar o governo de forma rápida e voraz.
Rubão o "mui amigo" do Brandão e do poder
Rubão, por sua vez, alimenta a mágoa pelo hoje principal adversário de Dinair e dos Leitoas, o Deputado Rafael, pelo fato de ele não ter escolhido e votado em seu filho Rubens Júnior para deputado federal em Timon e ainda ter se colocado, como líder do governo, como empecilho contra a avassaladora decisão de Rubão em tomar cargos do governo estadual na cidade para colocar aliados dele para contemplar votos para o filho candidato. Agora, seria a intenção, de com essa estratégia, que não é de Rubão somente, mas dos Leitoas, pai e filho, de isolar Rafael, seu grupo e seus aliados em Timon que deram a Carlos Brandão uma maioria devastadora em cima do candidato dos leitoas de 10 mil votos colocando o ex-aliado Weverton Rocha em seu devido lugar. Todos sabem que a prefeita e sua gestão não irão sobreviver nos dois anos que lhe restam sem o governo estadual, especialmente, quando vemos que durante os dez últimos anos de gestão da Leitoada, 90 por cento do que existe na cidade foi construído por Flávio Dino em pouco mais de sete anos e por Carlos Brandão em pouco mais de um ano e meio. A Leitoada e a Prefeita Dinair Veloso querem tomar de conta sozinhos de tudo isso e fazer com que a população esqueça que foi o Deputado Rafael, como líder do ex-governador Flávio Dino e os aliados do governador Carlos Brandão, que conseguiram tudo isso. Sabemos que o gesto da prefeita e de seu grupo político denominado de Leitoada é de sobrevivência, mas se bem que eles poderiam terem sido mais nobres e menos desrespeitosos consigo mesmos e com a população a quem eles pediram pra votar no 12, afirmando que foguete "não dá ré". Deu no que deu! É isso! P.S:.Depois vamos falar sobre a Famem do passado e dos cargos que ela proporciona aos prefeitos, ex-prefeitos, primeiras damas e primeiros damos. Aguardem!