Grita geral na GCM de Timon contra o corte de 800 mil no orçamento de 2022

spot_img
Compartilhe:

Embora haja um esforço descomunal da Guarda Civil de Timon em suas atividades, muitas delas sem o apoio necessário da gestão municipal como deveria, mas que sempre se aproveita dos louros da coorporação em suas ações bem sucedidas, no seio dos comandados existe uma grita geral por melhorias há anos, mas que agora com a decisão da Prefeita Dinair Veloso de fazer cortes no orçamento anual da GCM, baixando os investimentos de 1 milhão e 300 mil reais no ano passado para a previsão do orçamento proposto de somente 500 mil reais neste ano, a situação da coorporação poderá ficar ainda pior. É claro.

Ontem, domingo, por exemplo, a GCM desbaratou um desmanche de motocicletas no Residencial Padre Delfino. Eram motos roubados que são usadas para assaltar a população ou suas peças colocadas à venda no mercado negro. Portanto, a ação de  da GCM é interferência direta nas ruas, onde a todo momento, cidadãos são vítimas dessas quadrilhas.

Essa deve ter sido uma das primeiras ações da GCM, que ao longo do sua existência tem combatido a criminalidade crescente com suas ações, mas que a atual gestão, e isso está claro com o corte do orçamento, vai colocar a guarda de Timon ao retrocesso e prejudicar sensivelmente suas ações nas ruas em favor da população.

É isso!

 

Compartilhe:

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

De olho na interatividade com ouvinte, Rádio de Timon lança aplicativo, site e perfis em redes sociais

A Rádio Livre Fm 106.1 lança hoje, dia (28) uma série de novas plataformas para ampliar a interatividade com o público e disponibilizar a...

Estudante de jornalismo é encontrada desmaiada na UFPI e morre em hospital de Teresina

Uma estudante de jornalismo, de nome não revelado, morreu em um hospital de Teresina após ter sido encontrada desacordada nas dependências da Universidade Federal do...

Em café da manhã de trabalho, Timon e Caxias discutem duplicação da BR 316

Uilma Resende reuniu vereadores e representantes das duas cidades para discutir esse projeto, tendo em vista a nomeação de Cleiton Noleto para o DNIT-MA. Se...
Embora haja um esforço descomunal da Guarda Civil de Timon em suas atividades, muitas delas sem o apoio necessário da gestão municipal como deveria, mas que sempre se aproveita dos louros da coorporação em suas ações bem sucedidas, no seio dos comandados existe uma grita geral por melhorias há anos, mas que agora com a decisão da Prefeita Dinair Veloso de fazer cortes no orçamento anual da GCM, baixando os investimentos de 1 milhão e 300 mil reais no ano passado para a previsão do orçamento proposto de somente 500 mil reais neste ano, a situação da coorporação poderá ficar ainda pior. É claro. Ontem, domingo, por exemplo, a GCM desbaratou um desmanche de motocicletas no Residencial Padre Delfino. Eram motos roubados que são usadas para assaltar a população ou suas peças colocadas à venda no mercado negro. Portanto, a ação de  da GCM é interferência direta nas ruas, onde a todo momento, cidadãos são vítimas dessas quadrilhas. Essa deve ter sido uma das primeiras ações da GCM, que ao longo do sua existência tem combatido a criminalidade crescente com suas ações, mas que a atual gestão, e isso está claro com o corte do orçamento, vai colocar a guarda de Timon ao retrocesso e prejudicar sensivelmente suas ações nas ruas em favor da população. É isso!