Leitor pede solução para o caos de transporte público em Timon

spot_img
Compartilhe:

Atualizada às 15hs05: em resposta ao leitor e a postagem do blogdoribinha em que é citado o nome da empresa Timon City dentro do tema “caos do transporte público em Timon”, o advogado Rayone Alves, sempre atento as questões da empresa e da cidade, enviou-nos via whatsapp o seguinte esclarecimento:

Na verdade falta clientes, os veículos que hoje estão operando circulam com média de 30 a 40% da capacidade nos horários de pique, no entre-pique o fluxo é apenas 15% a 20% da capacidade. Temos interesse em ter ônibus em toda cidade, porém o sistema de transporte urbano é um sistema de grande massa e se aplica apenas para linhas e serviços compatíveis com sua aplicação. Hoje o timonense ainda pode contar com transporte público, devido a responsabilidade social da empresa, mesmo com todas as dificuldades enfrentadas não apenas por conta da pandemia e baixo fluxo, mas com as altas incontroláveis nos custos operacionais, combustível que aumenta toda semana, pneus, manutenção, insumos para manutenção, e mesmo com todos esses aumentos a planilha tarifária continua a mesma. Acredito que apesar das críticas que são válidas, porém merecem serem avaliadas com base na realidade que estamos vivenciando, o município esteja trabalhando para melhorar o sistema e muito em breve a população poderá ter acesso as melhorias que estão sendo trabalhadas, torcemos e aguardamos que dias melhores estejam a caminho e que em breve toda a cidade possa ser atendida com qualidade.

Reclamação do leitor feita pelo e-mail blogdoribinha@gmail.com

Através do e-mail blogdoribinha@gmail.com o leitor cobra uma solução por parte do Cimu, órgão responsável pelo sistema de transporte público, que está há mais de dois anos em verdadeiro caos e desde a falência da empresa 2 Irmãos a situação piorou.

Além de cobrar uma solução ao setor público pelo caos do sistema, que está há anos ineficiente, mas que piorou durante a Pandemia e falência da empresa 2 Irmãos, o leitor também cobrou da imprensa mais divulgação da problemática. Na parte que cabe a este portal e ao blogdoribinha, temos dado prioridade ao tema, inclusive com as abordagens públicas, como foi quando a vereadora Alynne Macedo fez discurso na abertura do ano legislativo de 2021, quando cobrou da prefeita Dinair Veloso uma solução para o que chamou de “caos do transporte público”.

É verdade que, de lá para cá, a prefeita Dinair Veloso não fez nada para minimizar o problema.

Uma lástima!

Compartilhe:

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Águas de Timon abre 26 vagas para estudantes da rede pública participarem de Projeto Pioneiros

CLIQUE AQUI E ACESSE O FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO  CONFIRA O REGULAMENTO AQUI Estudantes de escolas públicas de Timon já podem se preparar para concorrer a vagas...

Bolsonaro confirma Braga Netto como vice-presidente nas eleições

Como vinha sendo especulado nos últimos meses, o presidente Jair Bolsonaro (PL) confirmou o nome do general Walter Braga Netto, ex-ministro da Defesa e da Casa...

Thiago Carvalho anuncia início do calçamento em ruas do bairro Vila Monteiro

  O vereador Thiago Carvalho (DEM) anunciou em suas redes sociais uma grande notícia para os moradores do bairro Vila Monteiro em Timon: o início...
Atualizada às 15hs05: em resposta ao leitor e a postagem do blogdoribinha em que é citado o nome da empresa Timon City dentro do tema "caos do transporte público em Timon", o advogado Rayone Alves, sempre atento as questões da empresa e da cidade, enviou-nos via whatsapp o seguinte esclarecimento:
Na verdade falta clientes, os veículos que hoje estão operando circulam com média de 30 a 40% da capacidade nos horários de pique, no entre-pique o fluxo é apenas 15% a 20% da capacidade. Temos interesse em ter ônibus em toda cidade, porém o sistema de transporte urbano é um sistema de grande massa e se aplica apenas para linhas e serviços compatíveis com sua aplicação. Hoje o timonense ainda pode contar com transporte público, devido a responsabilidade social da empresa, mesmo com todas as dificuldades enfrentadas não apenas por conta da pandemia e baixo fluxo, mas com as altas incontroláveis nos custos operacionais, combustível que aumenta toda semana, pneus, manutenção, insumos para manutenção, e mesmo com todos esses aumentos a planilha tarifária continua a mesma. Acredito que apesar das críticas que são válidas, porém merecem serem avaliadas com base na realidade que estamos vivenciando, o município esteja trabalhando para melhorar o sistema e muito em breve a população poderá ter acesso as melhorias que estão sendo trabalhadas, torcemos e aguardamos que dias melhores estejam a caminho e que em breve toda a cidade possa ser atendida com qualidade.
Reclamação do leitor feita pelo e-mail blogdoribinha@gmail.com
Através do e-mail blogdoribinha@gmail.com o leitor cobra uma solução por parte do Cimu, órgão responsável pelo sistema de transporte público, que está há mais de dois anos em verdadeiro caos e desde a falência da empresa 2 Irmãos a situação piorou. Além de cobrar uma solução ao setor público pelo caos do sistema, que está há anos ineficiente, mas que piorou durante a Pandemia e falência da empresa 2 Irmãos, o leitor também cobrou da imprensa mais divulgação da problemática. Na parte que cabe a este portal e ao blogdoribinha, temos dado prioridade ao tema, inclusive com as abordagens públicas, como foi quando a vereadora Alynne Macedo fez discurso na abertura do ano legislativo de 2021, quando cobrou da prefeita Dinair Veloso uma solução para o que chamou de "caos do transporte público". É verdade que, de lá para cá, a prefeita Dinair Veloso não fez nada para minimizar o problema. Uma lástima!