Mesmo com milhões de reais na conta, prefeita de Timon não pagou rateio do Fundeb hoje

spot_img
Compartilhe:

Pela lei municipal, aprovada em dezembro do ano passado, o dinheiro do rateio, deveria ser depositado hoje.

Apesar dos 10 milhões depositados na conta da Prefeitura de Timon hoje, 10, e dos 14 milhões a mais na última parcela em dezembro de 2021, a Prefeita de Timon Dinair Veloso não pagou o rateio do Fundeb a que tem direito os profissionais da Educação de Timon. De acordo com lei municipal aprovada no ano passado pelos vereadores determinando com dia 10, hoje portanto, como prazo máximo para o dinheiro estar nas contas, a prefeitura descumpriu a lei.

A Prefeita, que é professora justificou mais esse atraso afirmando por conta de trâmites bancários, o dinheiro não foi depositado dentro do prazo legal, mas que amanhã estará nas contas de todos.

O sindicato da categoria que deveria estar cobrando pelo depósito, em nota divulgada no blog do Sinterpum contemporizou o atraso no pagamento: “Segundo informações repassadas pelo secretário de educação, o Rateio será creditado nas contas no decorrer do dia, devido aos últimos ajustes feitos em decorrência da lei federal que alterou a lei do FUNDEB, que acresce os demais profissionais em educação nos 70%”, mas não foi isso que ocorreu hoje.

Com relação à tabela com o reajuste salarial com o aumento de 33% para os professores de 20 e 40 horas, o Sinterpum diz que será divulgado até a próxima semana, assim como a dos profissionais do setor administrativo que são regulados pelo índice do salário mínimo.

 

Compartilhe:

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Três dicas para evitar o estresse na hora de encarar o trânsito

Por Elainy Castro Buzinas, xingamentos, motoristas imprudentes, muita gente nos horários de pico, pedestres que atravessam fora da faixa, acidentes… isso e muito mais você...

Em prestigiada reunião, Cláudia Coutinho diz que será deputada para ajudar Timon e o Maranhão

Em prestigiadíssima reunião política, ontem no Mabelu Buffett, em Timon patrocinada pelo vereador Helber Guimarães e seu grupo de apoiadores e aliados na cidade,...

Equatorial Maranhão divulga o Plano Operacional para as Eleições 2022

O plano mobiliza mais de 1.300 profissionais e traz as ações estruturadas para máxima continuidade do fornecimento de energia no dia das eleições. A Equatorial...

Pela lei municipal, aprovada em dezembro do ano passado, o dinheiro do rateio, deveria ser depositado hoje.

Apesar dos 10 milhões depositados na conta da Prefeitura de Timon hoje, 10, e dos 14 milhões a mais na última parcela em dezembro de 2021, a Prefeita de Timon Dinair Veloso não pagou o rateio do Fundeb a que tem direito os profissionais da Educação de Timon. De acordo com lei municipal aprovada no ano passado pelos vereadores determinando com dia 10, hoje portanto, como prazo máximo para o dinheiro estar nas contas, a prefeitura descumpriu a lei. A Prefeita, que é professora justificou mais esse atraso afirmando por conta de trâmites bancários, o dinheiro não foi depositado dentro do prazo legal, mas que amanhã estará nas contas de todos. O sindicato da categoria que deveria estar cobrando pelo depósito, em nota divulgada no blog do Sinterpum contemporizou o atraso no pagamento: "Segundo informações repassadas pelo secretário de educação, o Rateio será creditado nas contas no decorrer do dia, devido aos últimos ajustes feitos em decorrência da lei federal que alterou a lei do FUNDEB, que acresce os demais profissionais em educação nos 70%", mas não foi isso que ocorreu hoje. Com relação à tabela com o reajuste salarial com o aumento de 33% para os professores de 20 e 40 horas, o Sinterpum diz que será divulgado até a próxima semana, assim como a dos profissionais do setor administrativo que são regulados pelo índice do salário mínimo.