Novos decretos flexibilizam funcionamento dos cinemas e clínicas em Teresina

spot_img
Compartilhe:

O prefeito Firmino Filho assinou novos decretos que garantem mais flexibilidade ao funcionamento dos cinemas em Teresina e amplia o horário de abertura de clínicas a partir desta terça-feira, 17. Todos os estabelecimentos devem seguir os protocolos específicos de segurança para evitar a disseminação do novo Coronavírus.

No caso dos cinemas, agora estão liberadas as vendas de alimentos como pipoca e itens de bomboniere. Também foi reduzida a distância obrigatória entre uma poltrona e outra, que antes era de dois metros.

Em setembro, um decreto autorizou a reabertura de estabelecimentos de eventos tais como casas de espetáculos, teatros e cinemas em Teresina. No entanto, os cinemas não abriram por conta de algumas restrições impostas. Agora, após um entendimento entre a Prefeitura de Teresina com empresários do segmento, as atividades voltarão.

“Os cinemas tinham uma reivindicação para liberação da venda de pipocas, refrigerantes e outros itens. Como agora os indicadores mostram a redução de óbitos por Covid na capital e existe a conscientização das pessoas sobre os cuidados necessários para evitar a proliferação da doença, decidimos atender a esse pedido”, explicou o secretário municipal de Finanças, Francisco Canindé.

O secretário também falou do novo horário de funcionamentos das clínicas, na área de saúde como um todo. “Os atendimentos nas clínicas está liberado a retornar como era antes da pandemia. Lembrando sempre que todos devem respeitar os protocolos de distanciamento, uso de máscaras, álcool em gel e limite de pessoas”, ressaltou Canindé.

Compartilhe:

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Vagas temporárias: especialista dá dicas para se destacar nas seleções

Varejo e serviços devem abrir 95 mil vagas temporárias para o fim de ano Por Elainy Castro Segundo levantamento realizado em todas as regiões do Brasil...

São Luís está entre os 20 destinos nacionais mais procurados na Black Friday, segundo a Decolar

São Luís foi apontada como um dos 20 destinos mais procurados durante a campanha de Black Friday da companhia de viagens on-line Decolar. A...

TRF1 aceita denúncia do MPF contra prefeito de Pinheiro (MA) e mais seis pessoas por fraudes e desvio de recursos

Eles responderão por crimes de responsabilidade, lavagem de capitais e organização criminosa, na medida de suas participações Por unanimidade, o Tribunal Regional Federal da 1ª...
O prefeito Firmino Filho assinou novos decretos que garantem mais flexibilidade ao funcionamento dos cinemas em Teresina e amplia o horário de abertura de clínicas a partir desta terça-feira, 17. Todos os estabelecimentos devem seguir os protocolos específicos de segurança para evitar a disseminação do novo Coronavírus. No caso dos cinemas, agora estão liberadas as vendas de alimentos como pipoca e itens de bomboniere. Também foi reduzida a distância obrigatória entre uma poltrona e outra, que antes era de dois metros. Em setembro, um decreto autorizou a reabertura de estabelecimentos de eventos tais como casas de espetáculos, teatros e cinemas em Teresina. No entanto, os cinemas não abriram por conta de algumas restrições impostas. Agora, após um entendimento entre a Prefeitura de Teresina com empresários do segmento, as atividades voltarão. “Os cinemas tinham uma reivindicação para liberação da venda de pipocas, refrigerantes e outros itens. Como agora os indicadores mostram a redução de óbitos por Covid na capital e existe a conscientização das pessoas sobre os cuidados necessários para evitar a proliferação da doença, decidimos atender a esse pedido”, explicou o secretário municipal de Finanças, Francisco Canindé. O secretário também falou do novo horário de funcionamentos das clínicas, na área de saúde como um todo. “Os atendimentos nas clínicas está liberado a retornar como era antes da pandemia. Lembrando sempre que todos devem respeitar os protocolos de distanciamento, uso de máscaras, álcool em gel e limite de pessoas”, ressaltou Canindé.