Parceria tapa-buracos: Águas de Teresina é responsável por boa parte da buraqueira em Teresina

spot_img
Compartilhe:

São cerca de 1.370 buracos em toda a cidade desses, 45 por cento “é obra” das empreiteiras e terceirizadas contratadas pela Águas de Teresina, diz levantamento da Eturb.

Esse buraco aí era da Eturb, a Prefeitura mandou consertar

Buscando solucionar os problemas relacionados aos buracos em ruas e avenidas de Teresina, principalmente neste período de chuvas, o prefeito Dr. Pessoa e sua equipe se reuniram, na manhã desta quinta-feira (20), com representantes da concessionária de água e esgoto da capital, Águas de Teresina, para discutir a execução de ações integradas neste setor de pavimentação.

“Com as chuvas, que são torrenciais, a cidade está sofrendo com a buraqueira. A população, com razão, sempre reclama sobre essa situação. Essa reunião é um ‘casamento’ do poder público com a Águas de Teresina para termos uma atenção mais especial para os reparos emergenciais e o tratamento definitivo das vias com recapeamento”, destacou Dr. Pessoa.

Reunião discute parceria para municipalizar os buracos da cidade

Um levantamento realizado pela Empresa Teresinense de Desenvolvimento Urbano (Etub), por GPS de navegação, contabilizou que dos cerca de 1.370 buracos em toda a cidade. Destes, 15% dizem respeito à estatal municipal e outros 45% ocorrem pelo mau serviço de construtoras terceirizadas pela Águas de Teresina ao fazer o recapeamento após alguma obra.

“Estamos discutindo como impactar, o mínimo possível, essa parte de recomposição asfáltica na cidade. Estamos, junto com a Eturb e a prefeitura, fazendo o reparo emergencial dos buracos, principalmente causados pelas chuvas. Vamos ajudar nesse sentido”, afirmou Jacy Prado, presidente da empresa responsável pelo serviço de água e esgoto em Teresina.

Para o presidente da Eturb, João Duarte, o Pessoinha, a reunião teve um resultado bastante positivo para a cidade. “O objetivo principal desta reunião foi melhorarmos a manutenção das grandes vias, onde a Águas de Teresina, mais uma vez, se propôs a trabalhar em parceria com a gente para prestarmos o melhor serviço para a comunidade”, frisou.

Os outros 40% dos buracos mapeados em Teresina, ocasionados por problemas de microdrenagem e obstrução de sarjetas, são de responsabilidade das Superintendências de Ações Administrativas Descentralizadas (Saad), que também devem reforçar a força tarefa para a solução deste problema.

Compartilhe:

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Ingrediente naturais são saudáveis para os cuidados com a pele   

Segundo especialista, para melhores resultados, o uso de produtos naturais na pele e nos cabelos deve ser conciliado à dieta   Os cuidados com a saúde...

Aulas na Rede Estadual iniciam nas 19 Unidades Regionais de Educação do Maranhão

Nesta segunda-feira (6), estudantes da Rede Estadual nas 19 Unidades Regionais de Educação do Maranhão retornaram às salas de aula. Para fortalecer as estratégias...

Projeto de Lei do deputado Rafael assegura acesso a medicamentos à base de canabidiol e similares

O Projeto de Lei 01/2023, de autoria do deputado Rafael, assegura o acesso a medicamentos à base de canabidiol (CBD) e tetrahidrocanabinol (THC) “às...
São cerca de 1.370 buracos em toda a cidade desses, 45 por cento "é obra" das empreiteiras e terceirizadas contratadas pela Águas de Teresina, diz levantamento da Eturb.
Esse buraco aí era da Eturb, a Prefeitura mandou consertar
Buscando solucionar os problemas relacionados aos buracos em ruas e avenidas de Teresina, principalmente neste período de chuvas, o prefeito Dr. Pessoa e sua equipe se reuniram, na manhã desta quinta-feira (20), com representantes da concessionária de água e esgoto da capital, Águas de Teresina, para discutir a execução de ações integradas neste setor de pavimentação. “Com as chuvas, que são torrenciais, a cidade está sofrendo com a buraqueira. A população, com razão, sempre reclama sobre essa situação. Essa reunião é um ‘casamento’ do poder público com a Águas de Teresina para termos uma atenção mais especial para os reparos emergenciais e o tratamento definitivo das vias com recapeamento”, destacou Dr. Pessoa.
Reunião discute parceria para municipalizar os buracos da cidade
Um levantamento realizado pela Empresa Teresinense de Desenvolvimento Urbano (Etub), por GPS de navegação, contabilizou que dos cerca de 1.370 buracos em toda a cidade. Destes, 15% dizem respeito à estatal municipal e outros 45% ocorrem pelo mau serviço de construtoras terceirizadas pela Águas de Teresina ao fazer o recapeamento após alguma obra. “Estamos discutindo como impactar, o mínimo possível, essa parte de recomposição asfáltica na cidade. Estamos, junto com a Eturb e a prefeitura, fazendo o reparo emergencial dos buracos, principalmente causados pelas chuvas. Vamos ajudar nesse sentido”, afirmou Jacy Prado, presidente da empresa responsável pelo serviço de água e esgoto em Teresina. Para o presidente da Eturb, João Duarte, o Pessoinha, a reunião teve um resultado bastante positivo para a cidade. “O objetivo principal desta reunião foi melhorarmos a manutenção das grandes vias, onde a Águas de Teresina, mais uma vez, se propôs a trabalhar em parceria com a gente para prestarmos o melhor serviço para a comunidade”, frisou. Os outros 40% dos buracos mapeados em Teresina, ocasionados por problemas de microdrenagem e obstrução de sarjetas, são de responsabilidade das Superintendências de Ações Administrativas Descentralizadas (Saad), que também devem reforçar a força tarefa para a solução deste problema.