População de Teresina será ouvida para Plano Diretor de Mobilidade Urbana Sustentável

spot_img
Compartilhe:

A partir da próxima segunda-feira, 9, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) vai ouvir a população de Teresina em consultas públicas, que serão realizadas no auditório do Sebrae, centro de Teresina. Essas consultas fazem parte do Plano Diretor de Mobilidade Urbana Sustentável de Teresina (PDMUS).

A abertura acontece às 9h, com a presença do prefeito Firmino Filho, e terá apresentação de dados sobre o trânsito. No turno da tarde, das 14h às 17h, haverá um debate sobre transporte público urbano. Na terça-feira, 10, o tema em discussão é trânsito e sistema viário; à tarde a programação é com transporte ativo (pedestre e ciclistas). Na quarta-feira, 11, às 9h, o tema é sobre transporte rural, intermunicipal e interestadual e, das 14h às 17h, as discussões são sobre sustentabilidade (econômica, ambiental e social).

As consultas públicas fazem parte das fases de elaboração do Plano Diretor de Mobilidade Sustentável de Teresina (PDMUS), que é o principal instrumento de planejamento dos sistemas de circulação e transporte de Teresina pelos próximos 20 anos.

O assessor técnico da Strans, Ricardo Freitas, adianta que a consulta pública é uma das etapas mais importantes nessa fase de diagnóstico. “A população vai ser ouvida para poder expressar as suas necessidades e a separação de temas é para que tenha mais participação”, diz.

O PDMUS irá abranger todo o município de Teresina, zona urbana e rural, considerando a inserção da cidade na Região Integrada de Desenvolvimento (RIDE) da Grande Teresina.

Compartilhe:

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Ingrediente naturais são saudáveis para os cuidados com a pele   

Segundo especialista, para melhores resultados, o uso de produtos naturais na pele e nos cabelos deve ser conciliado à dieta   Os cuidados com a saúde...

Aulas na Rede Estadual iniciam nas 19 Unidades Regionais de Educação do Maranhão

Nesta segunda-feira (6), estudantes da Rede Estadual nas 19 Unidades Regionais de Educação do Maranhão retornaram às salas de aula. Para fortalecer as estratégias...

Projeto de Lei do deputado Rafael assegura acesso a medicamentos à base de canabidiol e similares

O Projeto de Lei 01/2023, de autoria do deputado Rafael, assegura o acesso a medicamentos à base de canabidiol (CBD) e tetrahidrocanabinol (THC) “às...
A partir da próxima segunda-feira, 9, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) vai ouvir a população de Teresina em consultas públicas, que serão realizadas no auditório do Sebrae, centro de Teresina. Essas consultas fazem parte do Plano Diretor de Mobilidade Urbana Sustentável de Teresina (PDMUS). A abertura acontece às 9h, com a presença do prefeito Firmino Filho, e terá apresentação de dados sobre o trânsito. No turno da tarde, das 14h às 17h, haverá um debate sobre transporte público urbano. Na terça-feira, 10, o tema em discussão é trânsito e sistema viário; à tarde a programação é com transporte ativo (pedestre e ciclistas). Na quarta-feira, 11, às 9h, o tema é sobre transporte rural, intermunicipal e interestadual e, das 14h às 17h, as discussões são sobre sustentabilidade (econômica, ambiental e social). As consultas públicas fazem parte das fases de elaboração do Plano Diretor de Mobilidade Sustentável de Teresina (PDMUS), que é o principal instrumento de planejamento dos sistemas de circulação e transporte de Teresina pelos próximos 20 anos. O assessor técnico da Strans, Ricardo Freitas, adianta que a consulta pública é uma das etapas mais importantes nessa fase de diagnóstico. “A população vai ser ouvida para poder expressar as suas necessidades e a separação de temas é para que tenha mais participação”, diz. O PDMUS irá abranger todo o município de Teresina, zona urbana e rural, considerando a inserção da cidade na Região Integrada de Desenvolvimento (RIDE) da Grande Teresina.