Relacionamento abusivo é tema de palestra on-line com psicólogos  

spot_img
Compartilhe:

Os relacionamentos podem ser fontes de amadurecimento e desenvolvimento pessoal e intelectual. Entretanto, compartilhar momentos pode ser um pesar para muitos casais. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil está na 5ª colocação em um ranking global dos países onde mais foram registrados casos de feminicídio. Dessa forma, a UNINASSAU – Centro Universitário Maurício de Nassau em Teresina apresenta a palestra on-line “Relacionamento abusivo: o que é, como identificar e como ter ajuda?”, evento que acontece neste sábado, 10. 

De acordo com a coordenadora do curso de Psicologia e professora do Centro Universitário, Dayane Arrais, as características de um relacionamento abusivo são sutis e podem ser difíceis de serem identificadas rapidamente. “Cada situação é específica, por isso é importante continuarmos estudando o tema. Por exemplo, tem abusador que não percebe que está agindo dessa maneira, como episódios de falas ou comportamentos não verbais que vêm subliminares por meio de humilhações com a finalidade de isolar e controlar o parceiro. E isso não é raro!”, alertou Dayane. 

O evento é gratuito e os interessados devem acessar o link https://forms.office.com/r/niPBPwRsch e realizar o cadastro. O e-mail informado deve ser adicionado todo em letras minúsculas, para que seja efetivada a inscrição e envio de certificado de participação. A Clínica Escola de Psicologia também disponibiliza o número (86) 99987-5239 para dúvidas e agendamento de consultas gratuitas. Por Ricardo Mousinho/Assessoria Uninassau.

Compartilhe:

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Mercado de trabalho: Programa de Trainee Aegea está com inscrições abertas para Timon

Os interessados podem se inscrever até o dia 24 de outubro, de forma on-line A Aegea, empresa líder no setor de saneamento privado no Brasil,...

Carlos Brandão é reeleito governador, Timon terá dois deputados e Leitoas saem enfraquecidos do pleito

O governador Carlos Brandão liderou a disputa em primeiro turno pelo governo do Maranhão a partir das primeiras urnas abertas ontem, às 18h, até...

Águas de Timon celebra conclusão do projeto Desvendar Esporte

Nesta quinta-feira (29), a Águas de Timon celebrou a conclusão das atividades do projeto Desvendar Esporte, patrocinado pela Águas de Timon, durante ação no...

Os relacionamentos podem ser fontes de amadurecimento e desenvolvimento pessoal e intelectual. Entretanto, compartilhar momentos pode ser um pesar para muitos casais. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil está na 5ª colocação em um ranking global dos países onde mais foram registrados casos de feminicídio. Dessa forma, a UNINASSAU - Centro Universitário Maurício de Nassau em Teresina apresenta a palestra on-line "Relacionamento abusivo: o que é, como identificar e como ter ajuda?”, evento que acontece neste sábado, 10. 

De acordo com a coordenadora do curso de Psicologia e professora do Centro Universitário, Dayane Arrais, as características de um relacionamento abusivo são sutis e podem ser difíceis de serem identificadas rapidamente. “Cada situação é específica, por isso é importante continuarmos estudando o tema. Por exemplo, tem abusador que não percebe que está agindo dessa maneira, como episódios de falas ou comportamentos não verbais que vêm subliminares por meio de humilhações com a finalidade de isolar e controlar o parceiro. E isso não é raro!”, alertou Dayane. 

O evento é gratuito e os interessados devem acessar o link https://forms.office.com/r/niPBPwRsch e realizar o cadastro. O e-mail informado deve ser adicionado todo em letras minúsculas, para que seja efetivada a inscrição e envio de certificado de participação. A Clínica Escola de Psicologia também disponibiliza o número (86) 99987-5239 para dúvidas e agendamento de consultas gratuitas. Por Ricardo Mousinho/Assessoria Uninassau.