Sinsep de Timon é legitimada como entidade sindical pelo governo federal

spot_img
Compartilhe:
Os Servidores Municipais Efetivos de Timon, filiados ao Sinsep, ainda hoje colhem os bons frutos plantados na entidade por sua primeira diretoria comandada pela competente servidora Isabela Ferreira. A entidade acaba de ser notificada pelo governo federal do reconhecimento e legitimidade como sindicato, fato que eleva o Sinsep nas discussões, questionamentos e ações judiciais no âmbito federal, coisa que antes, desse registro, não era possível, mas com o presente reconhecimento, de fato e de direito a entidade poderá representar junto aos órgãos federais nas causas de interesse dos servidores Municipais de Timon.

No dia primeiro de abril de 2021, a Coordenação Geral de Registro Sindical do Ministério da Economia – CGRS, deferiu o requerimento de registro sindical feito pelo SINSEP TIMON, ainda na administração da ex-presidente, Isabela Ferreira, em 2017.

Uma ação judicial protocolada na Justiça Federal pelo sindicato em 2020, na seção de Caxias, do Tribunal Regional Federal da primeira região, questionou o motivo da demora do registro por parte da União Federal. Ao ser citada pela Justiça Federal, a União comunicou ao SINSEP, que atendeu exigências da CGRS e demonstrou toda a regularidade da instituição sindical.

IMPORTÂNCIA DO REGISTRO SINDICAL

Em 2020, uma ação judicial de natureza coletiva impetrada no TJ-MA em 2019, pelo SINSEP em favor dos servidores públicos titulares de cargo efetivos da prefeitura de Timon, foi arquivada por ausência de registro sindical e inércia do Ministério da Economia. Imediatamente a diretoria do sindicato agiu contra a demora do estado.

A partir da data da publicação de registro no Diário Oficial da União – D.O.U, nº 61-E, seção 1, de primeiro de abril de 2021, o sindicato atende à Súmula 677/2003 do STF, e pode ingressar com vários tipos de ações em favor dos servidores públicos, inclusive ação civil pública.

É uma vitória dos servidores e mostra que a diretoria do SINSEP, em especial a Comissão de Acompanhamento de Registro Sindical, formada pelo Presidente Júlio César; Pelo Secretário Adelísio Gonçalves e pelo Diretor Jurídico, Aldston Duarte, orientados pelo advogado, Dr. Pedro de Jesus Costa, estão atentos e empenhados para fortalecer a entidade representativa dos servidores. Veja mais em www.sinseptimon.org.br

Compartilhe:

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Lula diz que Gleisi não será ministra e que só anuncia equipe após ser diplomado pelo TSE

Presidente eleito deu declarações onde atua equipe de transição; diplomação no TSE está marcada para 12 de dezembro. Lula disse que '80%' do ministério...

Promotor recomenda suspensão do show de João Gomes em Timon

Além do alto custo com contrato do cantor para os cofres do município, o promotor Sérgio Martins diz que a festa põe em risco...

Após 23 anos, médica Amariles Borba pede exoneração da FMS

A médica Amariles de Sousa Borba pediu exoneração da Fundação Municipal de Saúde (FMS), onde atuava há 23 anos e, atualmente, ocupava o cargo...
Os Servidores Municipais Efetivos de Timon, filiados ao Sinsep, ainda hoje colhem os bons frutos plantados na entidade por sua primeira diretoria comandada pela competente servidora Isabela Ferreira. A entidade acaba de ser notificada pelo governo federal do reconhecimento e legitimidade como sindicato, fato que eleva o Sinsep nas discussões, questionamentos e ações judiciais no âmbito federal, coisa que antes, desse registro, não era possível, mas com o presente reconhecimento, de fato e de direito a entidade poderá representar junto aos órgãos federais nas causas de interesse dos servidores Municipais de Timon.
No dia primeiro de abril de 2021, a Coordenação Geral de Registro Sindical do Ministério da Economia – CGRS, deferiu o requerimento de registro sindical feito pelo SINSEP TIMON, ainda na administração da ex-presidente, Isabela Ferreira, em 2017. Uma ação judicial protocolada na Justiça Federal pelo sindicato em 2020, na seção de Caxias, do Tribunal Regional Federal da primeira região, questionou o motivo da demora do registro por parte da União Federal. Ao ser citada pela Justiça Federal, a União comunicou ao SINSEP, que atendeu exigências da CGRS e demonstrou toda a regularidade da instituição sindical. IMPORTÂNCIA DO REGISTRO SINDICAL Em 2020, uma ação judicial de natureza coletiva impetrada no TJ-MA em 2019, pelo SINSEP em favor dos servidores públicos titulares de cargo efetivos da prefeitura de Timon, foi arquivada por ausência de registro sindical e inércia do Ministério da Economia. Imediatamente a diretoria do sindicato agiu contra a demora do estado. A partir da data da publicação de registro no Diário Oficial da União - D.O.U, nº 61-E, seção 1, de primeiro de abril de 2021, o sindicato atende à Súmula 677/2003 do STF, e pode ingressar com vários tipos de ações em favor dos servidores públicos, inclusive ação civil pública. É uma vitória dos servidores e mostra que a diretoria do SINSEP, em especial a Comissão de Acompanhamento de Registro Sindical, formada pelo Presidente Júlio César; Pelo Secretário Adelísio Gonçalves e pelo Diretor Jurídico, Aldston Duarte, orientados pelo advogado, Dr. Pedro de Jesus Costa, estão atentos e empenhados para fortalecer a entidade representativa dos servidores. Veja mais em www.sinseptimon.org.br