Teresina não registra mortes por Covid-19 durante o final de semana

spot_img
Compartilhe:

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) não registrou nenhuma morte por Covid-19 em seu sistema durante o último final de semana. Foram registrados 154 novos casos confirmados da doença no mesmo período. Desde o início da pandemia, no mês de março, até agora, a capital piauiense contabiliza o total de 1.146 óbitos. Os dados apontam ainda 41.397 infectados pelo novo coronavírus e 16.453 recuperados da Covid-19.

Para o médico Walfrido Salmito, infectologista do Centro de Operações em Emergência (COE) da FMS a queda nos óbitos é um reflexo da diminuição e da estabilidade da doença na cidade, além de uma maior eficiência no tratamento, adquirida com a evolução dos estudos no mundo todo. “Atualmente, os médicos sabem lidar muito bem com a Covid-19 e não são mais pegos de surpresa com os desdobramentos da doença”, afirma.

O infectologista adverte, no entanto, que a população deve continuar mantendo todos os cuidados para evitar a disseminação do novo coronavírus, como o uso de máscara, distanciamento social e higienização frequente das mãos. “Não podemos descuidar. O vírus ainda está circulando e é necessário nos mantermos vigilantes para evitar uma segunda onda de casos”, disse Walfrido.

As mulheres são as mais infectadas pelo coronavírus na capital, com o total de 54,91% dos casos. Já os homens são os que mais morrem, com taxa de 54,54% de mortes em pessoas do sexo masculino. 82,02% das pessoas que vieram à óbito tinham comorbidades. Do total de óbitos, 298 foram de pessoas com idades entre 70 e 79 anos. Pessoas com idades entre 80 e 89 anos somam 279 óbitos e pessoas com 60 a 69 anos somam 223 mortes. Até o momento 17 jovens com idades entre 20 e 29 anos vieram a óbitos por conta da Covid-19. Duas crianças com idades entre 0 e 9 anos morreram e um adolescente.

Compartilhe:

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Ingrediente naturais são saudáveis para os cuidados com a pele   

Segundo especialista, para melhores resultados, o uso de produtos naturais na pele e nos cabelos deve ser conciliado à dieta   Os cuidados com a saúde...

Aulas na Rede Estadual iniciam nas 19 Unidades Regionais de Educação do Maranhão

Nesta segunda-feira (6), estudantes da Rede Estadual nas 19 Unidades Regionais de Educação do Maranhão retornaram às salas de aula. Para fortalecer as estratégias...

Projeto de Lei do deputado Rafael assegura acesso a medicamentos à base de canabidiol e similares

O Projeto de Lei 01/2023, de autoria do deputado Rafael, assegura o acesso a medicamentos à base de canabidiol (CBD) e tetrahidrocanabinol (THC) “às...
A Fundação Municipal de Saúde (FMS) não registrou nenhuma morte por Covid-19 em seu sistema durante o último final de semana. Foram registrados 154 novos casos confirmados da doença no mesmo período. Desde o início da pandemia, no mês de março, até agora, a capital piauiense contabiliza o total de 1.146 óbitos. Os dados apontam ainda 41.397 infectados pelo novo coronavírus e 16.453 recuperados da Covid-19. Para o médico Walfrido Salmito, infectologista do Centro de Operações em Emergência (COE) da FMS a queda nos óbitos é um reflexo da diminuição e da estabilidade da doença na cidade, além de uma maior eficiência no tratamento, adquirida com a evolução dos estudos no mundo todo. “Atualmente, os médicos sabem lidar muito bem com a Covid-19 e não são mais pegos de surpresa com os desdobramentos da doença”, afirma. O infectologista adverte, no entanto, que a população deve continuar mantendo todos os cuidados para evitar a disseminação do novo coronavírus, como o uso de máscara, distanciamento social e higienização frequente das mãos. “Não podemos descuidar. O vírus ainda está circulando e é necessário nos mantermos vigilantes para evitar uma segunda onda de casos”, disse Walfrido. As mulheres são as mais infectadas pelo coronavírus na capital, com o total de 54,91% dos casos. Já os homens são os que mais morrem, com taxa de 54,54% de mortes em pessoas do sexo masculino. 82,02% das pessoas que vieram à óbito tinham comorbidades. Do total de óbitos, 298 foram de pessoas com idades entre 70 e 79 anos. Pessoas com idades entre 80 e 89 anos somam 279 óbitos e pessoas com 60 a 69 anos somam 223 mortes. Até o momento 17 jovens com idades entre 20 e 29 anos vieram a óbitos por conta da Covid-19. Duas crianças com idades entre 0 e 9 anos morreram e um adolescente.