Teresina registra quatro mortes e 171 casos confirmados de Covid-19

spot_img
Compartilhe:

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) registrou no sistema a morte de mais quatro pessoas vítimas da Covid-19 em Teresina, nesta quinta-feira (12). Houve ainda 171 novos casos confirmados da doença. Desde o início da pandemia, no mês de março, até agora, a capital piauiense contabiliza o total de 1.131 óbitos. Os dados apontam ainda 40.110 infectados pelo novo Coronavírus e 15.291 recuperados da Covid-19.

Os óbitos registrados datam de 11 e 12 de novembro e foram de dois homens e duas mulheres com idades entre 41 e 85 anos. Todos tinham doenças pré-existentes como hipertensão arterial, cardiopatia e doença renal.

“A qualquer sintoma gripal a pessoa deve procurar uma Unidade Básica de Saúde para ser atendida pela equipe médica. Não pode esperar o quadro gripal se agravar para procurar o médico. A melhor alternativa é acompanhar de perto e monitorar o quadro de cada paciente”, diz a infectologista Amparo Salmito.

A FMS mantém, durante toda a pandemia da Covid-19, um grupo de profissionais que monitoram a doença na cidade. Eles compõem o Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública (COE). Um dos fatores monitorados pelo COE é a ocupação de leitos nas unidades de saúde.

Atualmente são disponibilizados 270 leitos clínicos Covid, dos quais 130 estão ocupados. No período de 28 de abril a 12 de novembro, a taxa de ocupação média desses leitos é de 55,13%, sendo que a taxa de ocupação atual é de 48,15%. Verifica-se uma variação estável não significativa de -1,47% na taxa de ocupação comparando-se o valor calculado atual (48,15%) com o valor calculado há 14 dias (48,87%).

Em relação aos leitos de UTI Covid, atualmente são disponibilizados 178 leitos, dos quais 90 estão ocupados. No período de 28 de abril a 12de novembro, a taxa de ocupação média desses leitos é de 65,73% e a taxa de ocupação atual é de 50,56%. Há uma variação significativa de -16,33% na taxa de ocupação comparando-se o valor calculado atual (50,56%) com o valor calculado há duas semanas (60,43%).

Compartilhe:

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Mercado de trabalho: Programa de Trainee Aegea está com inscrições abertas para Timon

Os interessados podem se inscrever até o dia 24 de outubro, de forma on-line A Aegea, empresa líder no setor de saneamento privado no Brasil,...

Carlos Brandão é reeleito governador, Timon terá dois deputados e Leitoas saem enfraquecidos do pleito

O governador Carlos Brandão liderou a disputa em primeiro turno pelo governo do Maranhão a partir das primeiras urnas abertas ontem, às 18h, até...

Águas de Timon celebra conclusão do projeto Desvendar Esporte

Nesta quinta-feira (29), a Águas de Timon celebrou a conclusão das atividades do projeto Desvendar Esporte, patrocinado pela Águas de Timon, durante ação no...
A Fundação Municipal de Saúde (FMS) registrou no sistema a morte de mais quatro pessoas vítimas da Covid-19 em Teresina, nesta quinta-feira (12). Houve ainda 171 novos casos confirmados da doença. Desde o início da pandemia, no mês de março, até agora, a capital piauiense contabiliza o total de 1.131 óbitos. Os dados apontam ainda 40.110 infectados pelo novo Coronavírus e 15.291 recuperados da Covid-19. Os óbitos registrados datam de 11 e 12 de novembro e foram de dois homens e duas mulheres com idades entre 41 e 85 anos. Todos tinham doenças pré-existentes como hipertensão arterial, cardiopatia e doença renal. “A qualquer sintoma gripal a pessoa deve procurar uma Unidade Básica de Saúde para ser atendida pela equipe médica. Não pode esperar o quadro gripal se agravar para procurar o médico. A melhor alternativa é acompanhar de perto e monitorar o quadro de cada paciente”, diz a infectologista Amparo Salmito. A FMS mantém, durante toda a pandemia da Covid-19, um grupo de profissionais que monitoram a doença na cidade. Eles compõem o Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública (COE). Um dos fatores monitorados pelo COE é a ocupação de leitos nas unidades de saúde. Atualmente são disponibilizados 270 leitos clínicos Covid, dos quais 130 estão ocupados. No período de 28 de abril a 12 de novembro, a taxa de ocupação média desses leitos é de 55,13%, sendo que a taxa de ocupação atual é de 48,15%. Verifica-se uma variação estável não significativa de -1,47% na taxa de ocupação comparando-se o valor calculado atual (48,15%) com o valor calculado há 14 dias (48,87%). Em relação aos leitos de UTI Covid, atualmente são disponibilizados 178 leitos, dos quais 90 estão ocupados. No período de 28 de abril a 12de novembro, a taxa de ocupação média desses leitos é de 65,73% e a taxa de ocupação atual é de 50,56%. Há uma variação significativa de -16,33% na taxa de ocupação comparando-se o valor calculado atual (50,56%) com o valor calculado há duas semanas (60,43%).