Ulysses diz que fiscalizações estão fazendo com que o governo mostre serviço para a população de Timon

spot_img
Compartilhe:

“Se não fosse as fiscalizações “Deus sabe onde estariam os notebooks que, agora, foram anunciados para funcionar o sistema eletrônico”, diz o líder da oposição.

Da tribuna da Câmara de Timon, hoje, 11, o vereador Ulysses Waquim, liderança da oposição disse que o resultado do trabalho sério dos vereadores oposicionistas e das comissões do legislativo têm surtido o efeito positivo para a população, principalmente em ações de melhorias da saúde, educação, esportes e demais setores onde essas fiscalizações são realizadas.

Usar as mídias sociais para mostrar as fiscalizações dos serviços públicos é salutar é uma forma de buscar ajudar a população, ficar aqui usando a tribuna dando “parabéns” é querer mostrar uma cidade que não existem, ou pelo menos outra cidade que a população não vive e não vê, fez a comparação o líder do governo de seu trabalho com a defesa que o líder do governo Ivan do Saborear ao usar sempre a tribuna.

“Tem vereador que chama a oposição de “vereador da mídia”, mas é uma ferramenta válida, pois já pensou se não tivesse todo dia na rua cobrando e colocando nas redes sociais. O povo quer saber da transparência do dinheiro publico. Nos fizemos aqui uma denúncia de que foram comprados 300 notebooks e que ninguém sabia onde estava, após essa denúncia, em menos de dez dias, o secretário de Saúde apareceu com os notebooks, gravou vídeo, foi pra rede social e deu uma boa notícia de que o prontuário eletrônico será implantado em Timon. Portanto, esse é o nosso papel, é fiscalizar, cobrar e trazer resultados positivos para a população. Se o vereador não tivesse ido lá fiscalizar, só Deus sabe onde esses notebooks estariam ou qual seria o fim deles”, disse o vereador.

“Nós estivemos no hospital do Parque Alvorada fiscalizando, tentando entender o sistema porque quando foi em janeiro teve uma propaganda do governo anunciando que ia começar as cirurgias, inclusive filmaram, marketing danado, fizeram duas cirurgias filmaram e já estava com quatro meses e só fizeram aquela cirurgia no dia da filmagem, mas após a fiscalização, quando dá uma semana depois, o secretário anunciou nas redes sociais que “agora sim” vai funcionar. Se o senhor disser que as fiscalizações não tem esse poder de ajudar a população, o senhor mesmo se desfaz de seu próprio mandato, pois foi eleito para fiscalizar, cobrar resultados para a população e não ficar aqui todo dia dando “parabéns”, ponderou o líder da oposição Ulysses Waquim.

 

Compartilhe:

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Josimar do Maranhãozinho faz investida ao casal Assis e Janaína Ramos

A conversa proveitosa entre os três beneficia o suplente de deputado Henrique Junior em seu projeto de ser o próximo prefeito de Timon Um encontro...

Governo do Maranhão disponibiliza testagem da Covid-19 para moradores da Capital

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), disponibilizou o serviço de testagem para diagnóstico da Covid-19 à população...

Bronquite, laringite, sinusite? Pode ser adenovírus

Família de mais de 60 tipos de vírus costuma afetar crianças no final do ano; saiba como prevenir e tratar Por Elainy Castro Com a temporada...

"Se não fosse as fiscalizações "Deus sabe onde estariam os notebooks que, agora, foram anunciados para funcionar o sistema eletrônico", diz o líder da oposição.

Da tribuna da Câmara de Timon, hoje, 11, o vereador Ulysses Waquim, liderança da oposição disse que o resultado do trabalho sério dos vereadores oposicionistas e das comissões do legislativo têm surtido o efeito positivo para a população, principalmente em ações de melhorias da saúde, educação, esportes e demais setores onde essas fiscalizações são realizadas. Usar as mídias sociais para mostrar as fiscalizações dos serviços públicos é salutar é uma forma de buscar ajudar a população, ficar aqui usando a tribuna dando "parabéns" é querer mostrar uma cidade que não existem, ou pelo menos outra cidade que a população não vive e não vê, fez a comparação o líder do governo de seu trabalho com a defesa que o líder do governo Ivan do Saborear ao usar sempre a tribuna. "Tem vereador que chama a oposição de "vereador da mídia", mas é uma ferramenta válida, pois já pensou se não tivesse todo dia na rua cobrando e colocando nas redes sociais. O povo quer saber da transparência do dinheiro publico. Nos fizemos aqui uma denúncia de que foram comprados 300 notebooks e que ninguém sabia onde estava, após essa denúncia, em menos de dez dias, o secretário de Saúde apareceu com os notebooks, gravou vídeo, foi pra rede social e deu uma boa notícia de que o prontuário eletrônico será implantado em Timon. Portanto, esse é o nosso papel, é fiscalizar, cobrar e trazer resultados positivos para a população. Se o vereador não tivesse ido lá fiscalizar, só Deus sabe onde esses notebooks estariam ou qual seria o fim deles", disse o vereador. "Nós estivemos no hospital do Parque Alvorada fiscalizando, tentando entender o sistema porque quando foi em janeiro teve uma propaganda do governo anunciando que ia começar as cirurgias, inclusive filmaram, marketing danado, fizeram duas cirurgias filmaram e já estava com quatro meses e só fizeram aquela cirurgia no dia da filmagem, mas após a fiscalização, quando dá uma semana depois, o secretário anunciou nas redes sociais que "agora sim" vai funcionar. Se o senhor disser que as fiscalizações não tem esse poder de ajudar a população, o senhor mesmo se desfaz de seu próprio mandato, pois foi eleito para fiscalizar, cobrar resultados para a população e não ficar aqui todo dia dando "parabéns", ponderou o líder da oposição Ulysses Waquim.