Vereador apresenta projeto de lei que garante “Parada Segura” às mulheres timonenses

spot_img
Compartilhe:

Tramita na Câmara de Timon projeto de lei de autoria do vereador Irmão Francisco, que autoriza os motoristas de ônibus coletivos ou transportes alternativo, a pararem os veículos, após o horário das 21 horas para mulheres no ponto onde elas desejarem fazer o desembarque. O vereador apresentou com justificativa para a viabilidade da lei, o fato de o poder público tem por obrigação de colaborar com a segurança das mulheres, que em questão de exposição à violência estão em maior situação de vulnerabilidade do que os homens, tendo também como objetivo de garantir a segurança das mulheres, que em seus deslocamentos de casa para o trabalho são obrigadas a descer em locais distantes das paradas ou ponto de ônibus.

O vereador também justifica seu projeto o fato de que em alguns bairros da cidade não contam com boa iluminação, existem terrenos baldios e muitas vezes o ponto específico das paradas de ônibus, exige uma caminhada perigosa até o destino da mulher, tornando-se presas fácies de criminosos, disse.

“Nosso projeto “Parada segura” quer garantir o direito a essa conquista para que as mulheres tenham esse direito garantido por lei, e ainda que o conteúdo da lei seja afixado dentro dos transportes garantido a divulgação assim como também orientar aos motoristas para que eles cumpram o teor que determina a lei”, disse.

Compartilhe:

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Águas de Timon informa: obras de infraestrutura de esgoto seguem em ritmo acelerado

As obras de esgotamento sanitário em Timon seguem a todo vapor. Entre os dias 5 e 10 de dezembro, a concessionária Águas de Timon...

Após onda de manifestações, procurador-geral do Irã anuncia extinção da polícia da moralidade

Governo irá reavaliar a lei sobre a obrigatoriedade do uso do véu islâmico, e uma modificação deve ser anunciada em 15 dias. Quase três meses...

Alcolumbre e Lira devem bater martelo sobre Bolsa Família fora do teto por 2 anos

O novo prazo para que o programa social fique fora da atual regra fiscal deve ser a única mudança a ser feita no texto...
Tramita na Câmara de Timon projeto de lei de autoria do vereador Irmão Francisco, que autoriza os motoristas de ônibus coletivos ou transportes alternativo, a pararem os veículos, após o horário das 21 horas para mulheres no ponto onde elas desejarem fazer o desembarque. O vereador apresentou com justificativa para a viabilidade da lei, o fato de o poder público tem por obrigação de colaborar com a segurança das mulheres, que em questão de exposição à violência estão em maior situação de vulnerabilidade do que os homens, tendo também como objetivo de garantir a segurança das mulheres, que em seus deslocamentos de casa para o trabalho são obrigadas a descer em locais distantes das paradas ou ponto de ônibus. O vereador também justifica seu projeto o fato de que em alguns bairros da cidade não contam com boa iluminação, existem terrenos baldios e muitas vezes o ponto específico das paradas de ônibus, exige uma caminhada perigosa até o destino da mulher, tornando-se presas fácies de criminosos, disse. "Nosso projeto "Parada segura" quer garantir o direito a essa conquista para que as mulheres tenham esse direito garantido por lei, e ainda que o conteúdo da lei seja afixado dentro dos transportes garantido a divulgação assim como também orientar aos motoristas para que eles cumpram o teor que determina a lei", disse.