Vereador defende instalação de CPI para investigar desapropriação de imóveis em Timon

spot_img
Compartilhe:

O vereador Henrique Junior (PMN), defendeu hoje, 07, em discurso na Tribuna da Câmara, a instalação de Comissão Parlamentar de Inquérito  (CPI), para acompanhar e investigar a grande quantidade de processos de desapropriação de imóveis patrocinadas pela Prefeitura de Timon, através da Secretaria de Planejamento, que ultimamente vem causando problemas na cidade.

Henrique Junior defende a comissão investigadora, após denúncia da participação do secretário Sebastião Carlos em uma ação comandada por ele para a retirada de invasores em área na Vila do Bec, fato noticiado pela imprensa no dia 24 de agosto deste ano, (veja a reportagem), em que, segundo o parlamentar, a Guarda Municipal, a mando do secretário e sem a presença de oficial de justiça ou mandado judicial, tentou retirar os invasores de um imovel indicado por Tião Carlos.

Segundo ainda o vereador, por conta da ação, “orientada” pelo secretário, os guardas municipais, que participaram do incidente, que gerou conflito entre eles e os invasores, estão prestando depoimentos na Polícia Civil de Timon, após instauração de Boletim de Ocorrência e a procedimentos investigativo instaurado no Ministério Público Estadual, correndo o risco de serem punidos por conta da ação desastrosa.

Em razão desta ação e em defesa dos guardas municipais que participaram da ação e foram denunciados pelos invasores, o vereador solicitou aos colegas a devida atenção que o caso requer e a necessidade de instauração da CPI da desapropriação em Timon para investigar o grande volume de desapropriações que vem ocorrendo em Timon, e alguns casos com problemas para o município, e nesse caso específico, apurar se houve abuso de poder por parte do gestor da Secretaria de Planejamento, que o é responsável pela política de regularização fundiária em Timon.

O vereador defendeu que o secretário, apresente seus esclarecimentos à Câmara sobre essa ação desmedida.

Assista ao discurso do vereador:

 

Compartilhe:

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Equatorial Maranhão informa sobre funcionamento durante feriado do Dia do Evangélico em Timon

Por conta do feriado do Dia do Evangélico, em Timon, comemorado nessa terça-feira, 16 de agosto, a Agência presencial de Atendimento e o Posto...

Lucas da Farmácia mostra força politica e lota espaço de eventos em Timon

Ao lado de Henrique Junior, candidato a deputado federal e Vinicius Louro, candidato a deputado  estadual, Lucas da Farmácia mostrou força politica em evento. Não...

Paulo Marinho Jr visita projeto social em Buriti Bravo

Na tarde deste último sábado (13), o Deputado Federal Paulo Marinho Jr (PL), realizou visita aos municípios de Buriti Bravo e Colinas (MA), onde...
O vereador Henrique Junior (PMN), defendeu hoje, 07, em discurso na Tribuna da Câmara, a instalação de Comissão Parlamentar de Inquérito  (CPI), para acompanhar e investigar a grande quantidade de processos de desapropriação de imóveis patrocinadas pela Prefeitura de Timon, através da Secretaria de Planejamento, que ultimamente vem causando problemas na cidade. Henrique Junior defende a comissão investigadora, após denúncia da participação do secretário Sebastião Carlos em uma ação comandada por ele para a retirada de invasores em área na Vila do Bec, fato noticiado pela imprensa no dia 24 de agosto deste ano, (veja a reportagem), em que, segundo o parlamentar, a Guarda Municipal, a mando do secretário e sem a presença de oficial de justiça ou mandado judicial, tentou retirar os invasores de um imovel indicado por Tião Carlos. Segundo ainda o vereador, por conta da ação, "orientada" pelo secretário, os guardas municipais, que participaram do incidente, que gerou conflito entre eles e os invasores, estão prestando depoimentos na Polícia Civil de Timon, após instauração de Boletim de Ocorrência e a procedimentos investigativo instaurado no Ministério Público Estadual, correndo o risco de serem punidos por conta da ação desastrosa. Em razão desta ação e em defesa dos guardas municipais que participaram da ação e foram denunciados pelos invasores, o vereador solicitou aos colegas a devida atenção que o caso requer e a necessidade de instauração da CPI da desapropriação em Timon para investigar o grande volume de desapropriações que vem ocorrendo em Timon, e alguns casos com problemas para o município, e nesse caso específico, apurar se houve abuso de poder por parte do gestor da Secretaria de Planejamento, que o é responsável pela política de regularização fundiária em Timon. O vereador defendeu que o secretário, apresente seus esclarecimentos à Câmara sobre essa ação desmedida. Assista ao discurso do vereador: