Vereador Tuá cobra providências de empresa por conta de poeira na Avenida Teresina

spot_img
Compartilhe:

O vereador Doutor Tuá (MDB), atendendo às reclamações de moradores e, principalmente de comerciantes, visitou hoje, domingo, a Avenida Teresina, no trecho compreendido entre o acesso à ponte metálica pela Avenida Piauí até o balão da avenida Jaime Rios, para verificar in loco a poeira que vem causando aborrecimentos e transtornos, além de prejuízos aos comerciantes locais: mercadinhos, restaurantes, açougues e outros.

Segundo o vereador, a empresa Águas de Timon, que vem realizando o serviço de esgotamento sanitário na cidade, durante a semana, quando os trabalhos estão sendo executados, coloca um caminhão pipa, mas nos finais de semana, essa providência não vem sendo adotada e com isso, clientes e comerciantes sofrem com a poeira no local, disse.

O vereador acrescenta,  que para quem teve suas atividades paralisadas por mais de cinco meses, por conta da pandemia, e agora, com autorização para abrir e com a necessidade de trabalhar para conter os prejuízos, enfrentar esse tipo de descaso não é justo, argumenta o vereador.

Segundo Tuá, amanhã, 21, fará um pronunciamento na Câmara cobrando da empresa a execução da obra e, enquanto não houver a conclusão, de forma responsável, a empresa terá  que garantir o exercício das atividades comerciais colocando um caminhão pipa para atenuar a poeira no local.

Ainda de acordo com o vereador, a poeira causa problemas respiratórios nas pessoas e as tornam vulneráveis ao vírus, entendemos que as obras são necessárias, pois também são medidas que trarão mais saúde para a população, mas enquanto o trabalho está sendo realizado todas as providências deverão ser adotas para evitar transtornos para a população, que é quem paga pelos serviços, disse Tua.

Compartilhe:

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Ingrediente naturais são saudáveis para os cuidados com a pele   

Segundo especialista, para melhores resultados, o uso de produtos naturais na pele e nos cabelos deve ser conciliado à dieta   Os cuidados com a saúde...

Aulas na Rede Estadual iniciam nas 19 Unidades Regionais de Educação do Maranhão

Nesta segunda-feira (6), estudantes da Rede Estadual nas 19 Unidades Regionais de Educação do Maranhão retornaram às salas de aula. Para fortalecer as estratégias...

Projeto de Lei do deputado Rafael assegura acesso a medicamentos à base de canabidiol e similares

O Projeto de Lei 01/2023, de autoria do deputado Rafael, assegura o acesso a medicamentos à base de canabidiol (CBD) e tetrahidrocanabinol (THC) “às...
O vereador Doutor Tuá (MDB), atendendo às reclamações de moradores e, principalmente de comerciantes, visitou hoje, domingo, a Avenida Teresina, no trecho compreendido entre o acesso à ponte metálica pela Avenida Piauí até o balão da avenida Jaime Rios, para verificar in loco a poeira que vem causando aborrecimentos e transtornos, além de prejuízos aos comerciantes locais: mercadinhos, restaurantes, açougues e outros. Segundo o vereador, a empresa Águas de Timon, que vem realizando o serviço de esgotamento sanitário na cidade, durante a semana, quando os trabalhos estão sendo executados, coloca um caminhão pipa, mas nos finais de semana, essa providência não vem sendo adotada e com isso, clientes e comerciantes sofrem com a poeira no local, disse. O vereador acrescenta,  que para quem teve suas atividades paralisadas por mais de cinco meses, por conta da pandemia, e agora, com autorização para abrir e com a necessidade de trabalhar para conter os prejuízos, enfrentar esse tipo de descaso não é justo, argumenta o vereador. Segundo Tuá, amanhã, 21, fará um pronunciamento na Câmara cobrando da empresa a execução da obra e, enquanto não houver a conclusão, de forma responsável, a empresa terá  que garantir o exercício das atividades comerciais colocando um caminhão pipa para atenuar a poeira no local. Ainda de acordo com o vereador, a poeira causa problemas respiratórios nas pessoas e as tornam vulneráveis ao vírus, entendemos que as obras são necessárias, pois também são medidas que trarão mais saúde para a população, mas enquanto o trabalho está sendo realizado todas as providências deverão ser adotas para evitar transtornos para a população, que é quem paga pelos serviços, disse Tua.