Vereadora Alynne entra de licença maternidade e suplente Amanda Pires assume cadeira na Câmara de Timon

spot_img
Compartilhe:

Antes de deixar o cargo, Alynne Macedo se solidarizou com professora do município vítima de assédio moral.

A vereadora de primeiro mandato Alynne Macêdo fez uso da Tribuna da Câmara de Timon na manhã desta quarta-feira, 23, para anunciar que entrará com o pedido de licença maternidade nos próximos dias e com isso a 1ª suplente Amanda Pires deverá assumir a cadeira na Câmara de Timon.

Alynne Macêdo, apesar de estar em seu primeiro mandato, tem se destacado na oposição como uma parlamentar combativa e atenta às demandas da população. Defensora dos direitos das mulheres, a parlamentar não se furta de tomar a frente em situações de injustiça.

Mesmo em sua despedida da Câmara, antes de tirar licença maternidade, a parlamentar se solidarizou com uma servidora da Educação municipal que denunciou estar sendo vítima de assédio moral por parte do secretário municipal de Educação.

Com a saída da vereadora Alynne Macêdo, a bancada feminina na Câmara de Timon receberá outra mulher, mantendo o número de três vereadoras. Amanda Pires é filha de Timon, neta do saudoso ex-prefeito de Timon Luís Pires. Formada em Radiologia, Amanda Pires tem 33 anos, é funcionária do Hospital Regional Alarico Nunes Pacheco e na Câmara de Timon vai lutar pela melhoria da prestação de serviços de saúde à população.

Compartilhe:

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Deputados Estaduais tomam posse para 20ª legislatura da Assembleia Legislativa do Maranhão

Os deputados eleitos para a 20ª legislatura da Assembleia Legislativa do Maranhão foram empossados na manhã desta quarta-feira (1º), no Plenário Nagib Haickel. O...

Vai doer no bolso: desoneração dos combustíveis está com os dias contados

No começo deste ano, o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) prolongou a desoneração dos combustíveis por mais 60 dias para álcool...

Semdes encerra “janeiro branco” com palestra na rede de assistência social em Timon

O Projeto “Vamos Conversar” desenvolvido pelas facilitadoras do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) Vila João Reis, que aborda temas relevantes para os...

Antes de deixar o cargo, Alynne Macedo se solidarizou com professora do município vítima de assédio moral.

A vereadora de primeiro mandato Alynne Macêdo fez uso da Tribuna da Câmara de Timon na manhã desta quarta-feira, 23, para anunciar que entrará com o pedido de licença maternidade nos próximos dias e com isso a 1ª suplente Amanda Pires deverá assumir a cadeira na Câmara de Timon. Alynne Macêdo, apesar de estar em seu primeiro mandato, tem se destacado na oposição como uma parlamentar combativa e atenta às demandas da população. Defensora dos direitos das mulheres, a parlamentar não se furta de tomar a frente em situações de injustiça. Mesmo em sua despedida da Câmara, antes de tirar licença maternidade, a parlamentar se solidarizou com uma servidora da Educação municipal que denunciou estar sendo vítima de assédio moral por parte do secretário municipal de Educação. Com a saída da vereadora Alynne Macêdo, a bancada feminina na Câmara de Timon receberá outra mulher, mantendo o número de três vereadoras. Amanda Pires é filha de Timon, neta do saudoso ex-prefeito de Timon Luís Pires. Formada em Radiologia, Amanda Pires tem 33 anos, é funcionária do Hospital Regional Alarico Nunes Pacheco e na Câmara de Timon vai lutar pela melhoria da prestação de serviços de saúde à população.