spot_img
spot_img

Vozes da Unabi: Coral da terceira idade da Uema conta com 40 integrantes

spot_img
Compartilhe:

Coral reúne duas vezes por semana e se tornou uma importante ferramenta sociocultural

Fonte: Uema

Há quase sete anos, o Coral ‘Vozes da Unabi’ vem sendo uma importante ferramenta sociocultural para promover um grande intercâmbio entre instituições por meio da música e do canto coral, além de possibilitar diversas experiências relacionadas ao bem-estar do público de sessenta anos ou mais.

O projeto de canto coral é uma iniciativa formada dentro do Programa Universidade Aberta Intergeracional (Unabi), desenvolvido pela Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Estudantis (Proexae) da Universidade Estadual do Maranhão (Uema).

Com uma atuação de extrema importância para divulgar a cultura e a música local por meio de apresentações, o coral Vozes da Unabi teve início no mês de outubro de 2016, com 20 integrantes. Atualmente, o coral conta com 40 integrantes com 60 anos ou mais, sendo quatro homens e trinta e seis mulheres.

Educação musical e dinamismo marcam a atuação do coral Vozes da Unabi, que já realizou apresentações em eventos da Uema, na Defensoria Pública, em hospitais de São Luís, no Palácio dos Leões, na Promotoria do Estado do Maranhão, OAB, Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão e outras instituições de significativa importância para o Estado do Maranhão.

Os encontros do grupo para ensaios e demais reuniões são organizadamente realizados de duas a três vezes por semana, com duração de três horas, no Campus Universitário Paulo VI da UEMA em São Luís, com o intuito de facilitar o acesso dos integrantes ao local dos ensaios e promover um tempo de interação de qualidade entre eles.

A experiência de canto em couro não é um requisito para o ingresso de novos participantes do Vozes da Unabi, uma vez que um dos intuitos do programa é democratizar o acesso a diferentes vivências musicais.

“O ato de cantar em grupo possui diferentes funções: religiosa, festiva, cultural, literária, dentre outras. Além de possibilitar a aprendizagem musical, o desenvolvimento vocal, as relações interpessoais, a integração e a inclusão social”, afirma a profª Efigênia Magda Vieira, coordenadora geral da Unabi e do coral Vozes da Unabi.

Além disso, também fazem parte da missão do coral Vozes da Unabi estimular e estabelecer o trabalho em equipe, ajuda mútua, respeito às regras e aos limites e, principalmente, a consciência de que o resultado do todo é muito mais importante do que os trabalhos isolados.

“O coral foi uma transformação muito grande na minha vida porque eu sempre gostei de cantar, mas não sabia cantar. Então, para mim, o coral tem sido muito bom, é uma satisfação muito grande estar aqui, conviver com as minhas colegas e eu me sinto feliz e realizada por tudo que eu faço aqui”, afirma a coralista Maria do Rosário.

Anexos

Coral Vozes da Unabi estimula o trabalho em equipe, ajuda mútua, respeito às regras e aos limites

Coral Vozes da Unabi estimula o trabalho em equipe, ajuda mútua, respeito às regras e aos limites

Compartilhe:
spot_img

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

spot_img

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Barras de proteína: quando posso comer e para que servem?

Por Juliana Castelo Práticas, fáceis de carregar na bolsa para qualquer lugar e saborosas! As barras de proteína são opções rápidas para repor os nutrientes...

Equatorial Maranhão alerta para a prevenção de acidentes com energia elétrica por causa dos alagamentos e enchentes

As fortes chuvas estão causando consequências em vários municípios maranhenses. De acordo com informações da Defesa Civil do Maranhão, 15 municípios já decretaram situação...

Uilma Resende sai em defesa dos farmacistas de Timon contra multas absurdas do Conselho

https://youtu.be/iFpOEXb2kds O vereador Uilma Resende denunciou ontem, 10, da tribuna da Câmara de Timon o que ele chamou de concorrência predatória dos grandes grupos farmacistas...