100 homicídios em São Luís somente em 2015

spot_img
Compartilhe:

bandeira-do-maranhao  Duas execuções com mais de 20 tiros foram registradas em bairros distintos, na região metropolitana de São Luís fazem parte de uma terrível estatística que a Grande Ilha atravessa neste momento. Em apenas 28 dias, foram 100 assassinatos. Dados contabilizados até o fim desta edição. A média de mortes é de 3,57 por dia, sendo que uma pessoa é morta a cada 7 horas e 12 minutos.

Os crimes, em sua maioria são praticados com armas de fogo e tem como principal motivação o envolvimento com o tráfico de drogas. Outro fator que chama a atenção é a brutalidade com que estas mortes são cometidas, fazendo o cidadão refletir que a vida não vale mais nada para quem entra no submundo do crime.

Duas mortes registradas na última terça-feira (27) demonstra esta dura estatística. Dois jovens foram executados com mais de 20 tiros. O primeiro foi n o bairro São Cristóvão, na capital maranhense. A vítima foi identificada como Ricardo da Silva Matos, de 23 anos, assassinado com cerca de dez tiros. Os autores do crime estavam em duas motos e surpreenderam a vítima em via pública. O rapaz ainda tentou correr, mas morreu em cima de uma calçada.

O segundo crime brutal foi no Araçagi, na região de São José de Ribamar. Um jovem de apenas 18 anos foi morto também com cerca de 10 tiros. Luís Otávio Dias Carneiro foi morto por homens que estavam em um GM Corsa Classic, de cor bege. Os suspeitos abordaram o rapaz e atiraram várias vezes. Um dos tiros atingiu uma garota que estava nas proximidades. Ela foi encaminhada para uma unidade de saúde da capital.

 

Edição: Veja Timon

Via: O Imparcial

Compartilhe:
Veja Timon
Veja Timonhttps://vejatimon.com
O Veja Timon foi desenvolvido para suprir os timonenses com informações de um modo geral, onde a política não venha ser o foco central. Um site diversificado e imparcial, trabalhamos para levar um conteúdo de relevância para cidade. Veja Timon - Junto Com o Povo

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Confusão generalizada em caminhada é um desrespeito aos princípios da democracia

A nenhum dos candidatos a deputado estadual em Timon - Coronel Schnneyder e Socorro Waquim - devem ser atribuídas as confusões geradas em um...

Não esqueça o Zé Gotinha!

Saiba quais os riscos de não vacinar seu filho contra a poliomielite. Por Elainy Castro. Com certeza você lembra dele: Zé Gotinha é um personagem que...

Calor: Cuidados com a pele durante o B-R-O-Bró  

 Esteticista dá dicas sobre hábitos a serem adotados para evitar danos causados pelo sol   Com temperaturas ultrapassando os 40 graus na Capital Piauiense, a atenção...
bandeira-do-maranhao  Duas execuções com mais de 20 tiros foram registradas em bairros distintos, na região metropolitana de São Luís fazem parte de uma terrível estatística que a Grande Ilha atravessa neste momento. Em apenas 28 dias, foram 100 assassinatos. Dados contabilizados até o fim desta edição. A média de mortes é de 3,57 por dia, sendo que uma pessoa é morta a cada 7 horas e 12 minutos. Os crimes, em sua maioria são praticados com armas de fogo e tem como principal motivação o envolvimento com o tráfico de drogas. Outro fator que chama a atenção é a brutalidade com que estas mortes são cometidas, fazendo o cidadão refletir que a vida não vale mais nada para quem entra no submundo do crime. Duas mortes registradas na última terça-feira (27) demonstra esta dura estatística. Dois jovens foram executados com mais de 20 tiros. O primeiro foi n o bairro São Cristóvão, na capital maranhense. A vítima foi identificada como Ricardo da Silva Matos, de 23 anos, assassinado com cerca de dez tiros. Os autores do crime estavam em duas motos e surpreenderam a vítima em via pública. O rapaz ainda tentou correr, mas morreu em cima de uma calçada. O segundo crime brutal foi no Araçagi, na região de São José de Ribamar. Um jovem de apenas 18 anos foi morto também com cerca de 10 tiros. Luís Otávio Dias Carneiro foi morto por homens que estavam em um GM Corsa Classic, de cor bege. Os suspeitos abordaram o rapaz e atiraram várias vezes. Um dos tiros atingiu uma garota que estava nas proximidades. Ela foi encaminhada para uma unidade de saúde da capital.   Edição: Veja Timon Via: O Imparcial