No MA, mais de 155 mil famílias perdem Tarifa Social de Energia

spot_img
Compartilhe:
Conheça as bandeiras e como será o consumo de cada uma. Clique na imagem para ampliar.
Conheça as bandeiras e como será o consumo de cada uma. Clique na imagem para ampliar.

Em comunicado com a imprensa, a CEMAR informa que mais de 155 mil famílias do Maranhão já perderam o benefício da Tarifa Social de Energia Elétrica Baixa Renda neste início de ano. O motivo é a falta de atualização dos cadastros. Segundo projeções da CEMAR, do total de consumidores de baixa renda, 44% podem perder o benefício. No Maranhão, até o ano passado, havia 1 milhão 114 mil famílias beneficiadas com a tarifa social.

A Tarifa Social de Energia Elétrica é um benefício instituído em Lei Federal para atender aos consumidores residenciais de baixa renda com desconto de até 65% na conta de energia. O dia 31 de dezembro de 2014 foi a data limite estipulada pela ANEEL para a atualização do cadastro dos clientes nas concessionárias de energia elétrica. Assim, quem não atualizou seu cadastro já está recebendo a conta sem o desconto.

A Cemar informou, ainda, que das 155 mil famílias, 32 mil recebiam suas contas de energia elétrica pagas por meio programa Viva Luz do governo do Maranhão e, agora, com a perda dos benefícios, terão de pagar as suas contas integralmente. O Viva Luz beneficia quem consome até 50 kwh de energia por mês. Se a atualização do cadastro não for feita, o consumidor também perderá este benefício.

Quem perdeu o prazo para atualização de cadastro, ou até mesmo já perdeu o benefício, pode procurar a secretaria de Ação Social ou o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do seu município para a atualização cadastral e, em seguida, ligar para a Central de Atendimento pelo número 116 ou ainda ir a uma agência de atendimento da Cemar (levando a conta de energia, CPF, identidade, cartão do Bolsa Família, Bolsa Escola ou Vale Gás e o Número de Inscrição Social (NIS) e fazer as devidas atualizações.

 

Edição: Veja Timon

Via: G1

Compartilhe:
Veja Timon
Veja Timonhttps://vejatimon.com
O Veja Timon foi desenvolvido para suprir os timonenses com informações de um modo geral, onde a política não venha ser o foco central. Um site diversificado e imparcial, trabalhamos para levar um conteúdo de relevância para cidade. Veja Timon - Junto Com o Povo

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Após onda de manifestações, procurador-geral do Irã anuncia extinção da polícia da moralidade

Governo irá reavaliar a lei sobre a obrigatoriedade do uso do véu islâmico, e uma modificação deve ser anunciada em 15 dias. Quase três meses...

Alcolumbre e Lira devem bater martelo sobre Bolsa Família fora do teto por 2 anos

O novo prazo para que o programa social fique fora da atual regra fiscal deve ser a única mudança a ser feita no texto...

Secretaria da gestão Dinair quer consumir mais de R$15 mil em menos de um mês só com água mineral

Durante o ano todo, a SEMAG comprou somente 500 reais de água, agora faltando menos de 25 dias para acabar o mês, a secretaria...
Conheça as bandeiras e como será o consumo de cada uma. Clique na imagem para ampliar.
Conheça as bandeiras e como será o consumo de cada uma. Clique na imagem para ampliar.
Em comunicado com a imprensa, a CEMAR informa que mais de 155 mil famílias do Maranhão já perderam o benefício da Tarifa Social de Energia Elétrica Baixa Renda neste início de ano. O motivo é a falta de atualização dos cadastros. Segundo projeções da CEMAR, do total de consumidores de baixa renda, 44% podem perder o benefício. No Maranhão, até o ano passado, havia 1 milhão 114 mil famílias beneficiadas com a tarifa social. A Tarifa Social de Energia Elétrica é um benefício instituído em Lei Federal para atender aos consumidores residenciais de baixa renda com desconto de até 65% na conta de energia. O dia 31 de dezembro de 2014 foi a data limite estipulada pela ANEEL para a atualização do cadastro dos clientes nas concessionárias de energia elétrica. Assim, quem não atualizou seu cadastro já está recebendo a conta sem o desconto. A Cemar informou, ainda, que das 155 mil famílias, 32 mil recebiam suas contas de energia elétrica pagas por meio programa Viva Luz do governo do Maranhão e, agora, com a perda dos benefícios, terão de pagar as suas contas integralmente. O Viva Luz beneficia quem consome até 50 kwh de energia por mês. Se a atualização do cadastro não for feita, o consumidor também perderá este benefício. Quem perdeu o prazo para atualização de cadastro, ou até mesmo já perdeu o benefício, pode procurar a secretaria de Ação Social ou o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do seu município para a atualização cadastral e, em seguida, ligar para a Central de Atendimento pelo número 116 ou ainda ir a uma agência de atendimento da Cemar (levando a conta de energia, CPF, identidade, cartão do Bolsa Família, Bolsa Escola ou Vale Gás e o Número de Inscrição Social (NIS) e fazer as devidas atualizações.   Edição: Veja Timon Via: G1