Concessionária distribui água suja e podre para milhares de timonenses

spot_img
Compartilhe:

Milhares de timonenses em vários bairros da cidade sofreram problemas de abastecimento de água durante este final de semana com feriado prolongado do dia de finados. (Veja um dos videos)

A água que saía das torneiras estava inservivel para o consumo humano, para cozinhar ou tomar banho, devido sua coloração de preta e um forte odor de podridão.
Pelas redes sociais vários vídeos e imagens mostravam a indignação dos consumidores com a concessionária Águas de Timon, que é a responsável pelo abastecimento de água a cidade. Mas apesar das reclamações nem o órgão fiscalizador a Agert, Agência Reguladora dos Serviços e muito menos a Águas de Timon se pronunciaram para explicar o que estava ocorrendo.

A única manifestação registrada por este blog foi por conta de uma assessora da concessionária pedindo num grupo de whats app os endereços das pessoas onde o problema estava ocorrendo. Informação impossível de ser registrada já que o problema ocorria em quase todas as casa de uma população de 160 mil moradores.

Um leitor opinou ao blog sobre a situação

No mínimo, a empresa não poderia cobrar pelo consumo de água do dia de hoje, é o que diz o CDC:
Art. 18. Os fornecedores de produtos de consumo duráveis ou não duráveis respondem solidariamente pelos vícios de qualidade ou quantidade que os tornem impróprios ou inadequados ao consumo a que se destinam ou lhes diminuam o valor, assim como por aqueles decorrentes da disparidade, com a indicações constantes do recipiente, da embalagem, rotulagem ou mensagem publicitária, respeitadas as variações decorrentes de sua natureza, podendo o consumidor exigir a substituição das partes viciadas.

A questão é muito simples, por conta da coloração da água o consumidor, acreditando ser a solução, foi obrigado a despejar litros e mais litros de água, o que sem sombras de dúvidas gerou um aumento significativo no consumo e tarifação do pobre do consumidor, que é sempre o penalizado pelos péssimos serviços prestados por esta empresa. Se o produto oferecido por ela no dia de hoje foi flagrantemente inadequado ou impróprio ao consumo, porque PAGAR.

O leitor aconselhou aos consumidores a procurarem os órgãos de controle e vigilância do serviço e registrar uma reclamação para se resguasdarem quanto ao aumento do consumo e da conta este mês.

Compartilhe:

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Conheça o cronograma de obras de esgoto da Águas de Timon para está semana

A Águas de Timon avança em mais uma etapa das obras de esgotamento sanitário no município. Entre os dias 28 de novembro a 03...

Vereador PA acompanha início de obras de sua autoria nos bairros de Timon

O vereador Pedro Augusto PA, de Timon, um dos parlamentares mais atuantes da nova geração política da cidade, "meteu", literalmente "mão na massa". Assim que...

Equatorial Maranhão informa sobre horários de funcionamento durante jogos do Brasil

Postos E + Reciclagem e agências de atendimento terão horários diferenciados durante as partidas da seleção brasileira Com o início da Copa do Mundo no...
Milhares de timonenses em vários bairros da cidade sofreram problemas de abastecimento de água durante este final de semana com feriado prolongado do dia de finados. (Veja um dos videos) A água que saía das torneiras estava inservivel para o consumo humano, para cozinhar ou tomar banho, devido sua coloração de preta e um forte odor de podridão. Pelas redes sociais vários vídeos e imagens mostravam a indignação dos consumidores com a concessionária Águas de Timon, que é a responsável pelo abastecimento de água a cidade. Mas apesar das reclamações nem o órgão fiscalizador a Agert, Agência Reguladora dos Serviços e muito menos a Águas de Timon se pronunciaram para explicar o que estava ocorrendo. A única manifestação registrada por este blog foi por conta de uma assessora da concessionária pedindo num grupo de whats app os endereços das pessoas onde o problema estava ocorrendo. Informação impossível de ser registrada já que o problema ocorria em quase todas as casa de uma população de 160 mil moradores. Um leitor opinou ao blog sobre a situação No mínimo, a empresa não poderia cobrar pelo consumo de água do dia de hoje, é o que diz o CDC: Art. 18. Os fornecedores de produtos de consumo duráveis ou não duráveis respondem solidariamente pelos vícios de qualidade ou quantidade que os tornem impróprios ou inadequados ao consumo a que se destinam ou lhes diminuam o valor, assim como por aqueles decorrentes da disparidade, com a indicações constantes do recipiente, da embalagem, rotulagem ou mensagem publicitária, respeitadas as variações decorrentes de sua natureza, podendo o consumidor exigir a substituição das partes viciadas. A questão é muito simples, por conta da coloração da água o consumidor, acreditando ser a solução, foi obrigado a despejar litros e mais litros de água, o que sem sombras de dúvidas gerou um aumento significativo no consumo e tarifação do pobre do consumidor, que é sempre o penalizado pelos péssimos serviços prestados por esta empresa. Se o produto oferecido por ela no dia de hoje foi flagrantemente inadequado ou impróprio ao consumo, porque PAGAR. O leitor aconselhou aos consumidores a procurarem os órgãos de controle e vigilância do serviço e registrar uma reclamação para se resguasdarem quanto ao aumento do consumo e da conta este mês.