spot_img
spot_img

Cofres cheios: Prefeito Luciano Leitoa recebe nova bolada de quase 6 milhões do governo federal

spot_img
Compartilhe:

Desde ontem, 13, está depositado nos cofres da Prefeitura de Timon quase 6 milhões de reais de recursos extras, depositados na conta do município para ações de combate à pandemia pelo governo federal que em repasse de junho para cá já totaliza mais de 10 milhões de reais nos cofres públicos municipais timonenses.

Para ter ideia de como a Prefeitura e o prefeito Luciano Leitoa “estão bem de bolso” este mês, – como dizem no linguajar popular -, com relação ao ano passado no mesmo período, o prefeito recebeu, segundo Demostrativo de Distribuição de Arrecadação (DAF), no site do Banco do Brasil, entre todos os recursos depositados em julho de 2019 no período de 1º a 14, a soma foi de 8 milhões 830 mil, 466 reais e 27 centavos. No mesmo período referente a este ano entraram nos cofres da Prefeitura exatos: 14 milhões 800 mil 256 reais e 04 centavos, portanto uma diferença a mais de 5 milhões 969 mil 789 reais e 73 centavos.

Essa grana toda, segundo orientação do governo e de acordo com o decreto que concede socorro  aos municípios brasileiros deverá ser usada para o pagamento de profissionais que atuam na linha de frente do combate ao covid 19, ações de ajuda aos infectados e ações diretamente para combater o vírus.

O auxílio financeiro a estados, ao Distrito Federal e a municípios é para compensar a perda de arrecadação e garantir ações de saúde e assistência social por conta da pandemia do novo coronavírus. O repasse total a estados e municípios soma R$ 15,038 bilhões.

Segundo o Tesouro Nacional, as demais parcelas serão pagas nas seguintes datas:

  • terceira parcela: 12 de agosto;
  • quarta parcela: 11 de setembro.

Em Timon, o prefeito Luciano Leitoa vetou projeto aprovado pela Câmara de Vereadores que autorizava o executivo a conceder ajuda financeira aos médicos, enfermeiros, auxiliares, guardas municipais e de trânsito, além de garis que estão na linha de frente do combate ao coronavírus na cidade desde de março deste ano.

De março para cá, o prefeito, fez a entrega de 21 mil cestas de alimentos para pessoas assistidas pelo Bolsa Família, mas não fez a compensação ou distribuição de cestas aos alunos da rede escolar de ensino que estão fora das salas de aulas sem acesso a merenda escolar.

Compartilhe:
spot_img

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

spot_img

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Barras de proteína: quando posso comer e para que servem?

Por Juliana Castelo Práticas, fáceis de carregar na bolsa para qualquer lugar e saborosas! As barras de proteína são opções rápidas para repor os nutrientes...

Equatorial Maranhão alerta para a prevenção de acidentes com energia elétrica por causa dos alagamentos e enchentes

As fortes chuvas estão causando consequências em vários municípios maranhenses. De acordo com informações da Defesa Civil do Maranhão, 15 municípios já decretaram situação...

Uilma Resende sai em defesa dos farmacistas de Timon contra multas absurdas do Conselho

https://youtu.be/iFpOEXb2kds O vereador Uilma Resende denunciou ontem, 10, da tribuna da Câmara de Timon o que ele chamou de concorrência predatória dos grandes grupos farmacistas...