Luciano Leitoa reduz repasse constitucional à Câmara e Helber corta gastos para honrar compromissos

spot_img
Compartilhe:
Helber Guimarães: forçado a demitir pessoal para honrar compromissos na Câmara

De acordo com documentos disponíveis no portal da transparência da Câmara de Timon que o blog teve acesso, os repasses feitos pela Prefeitura ao Legislativo Municipal no ano de 2019 têm sido reduzidos mês a mês numa clara tentativa do prefeito Luciano Leitoa em sufocar a gestão da Casa, que desde o início do ano é comandada por vereadores de oposição e presidida por vereador Helber Guimarães.

Neste mês de julho a prefeitura fez o menor dos repasses do ano à Câmara de Timon, cortando 25% do valor que era previsto para as despesas da Casa. Apesar dos cortes inconstitucionais por parte do executivo, o presidente Helber Guimarães têm honrado os pagamentos de todos os fornecedores da Casa, que estão sendo feitos em dia, assim como mantêm os pagamentos de todos os servidores, efetivos e comissionados, em dia, além de promover uma ampla política de valorização dos servidores e implementado austera medida de contenção de gastos.

“Na última semana efetuamos o pagamento da primeira parcela do 13º salário de todos os servidores efetivos da Casa e no início do ano concedemos um reajuste salarial de 3,89% para a categoria, mesmo com todas as tentativas do prefeito de prejudicar a nossa gestão”, destacou Helber Guimarães.

Por conta desse grande corte, realizado de forma ilegal pelo prefeito Luciano Leitoa, o presidente Helber Guimarães se viu obrigado, nesta segunda-feira, 22, a realizar a exoneração de alguns cargos comissionados dos gabinetes dos vereadores, para manter as despesas sanadas e continuar honrando com os pagamentos. Estes comissionados exonerados dos gabinetes terão suas funções substituídas por servidores efetivos da Casa.

O presidente Helber Guimarães reafirma o seu compromisso e de toda a Mesa Diretora com a transparência e o respeito aos servidores e à população timonense. “Esta Casa é a Casa do povo de Timon e nosso compromisso é em trabalhar pela cidade. Estamos fazendo o nosso trabalho que é de fiscalizar e cobrar o Poder Executivo Municipal e mesmo com estes ataques vamos continuar trabalhando e honrando nossos compromissos. Diferentemente da gestão do prefeito Luciano Leitoa que não honra os pagamentos de fornecedores, de trabalhadores terceirizados e outras categorias, nós temos feito todos os pagamentos religiosamente em dia, mesmo com o prefeito reduzindo a cada dia o repasse feito a esta Casa”, destacou.

Compartilhe:

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

São Luís está entre os 20 destinos nacionais mais procurados na Black Friday, segundo a Decolar

São Luís foi apontada como um dos 20 destinos mais procurados durante a campanha de Black Friday da companhia de viagens on-line Decolar. A...

TRF1 aceita denúncia do MPF contra prefeito de Pinheiro (MA) e mais seis pessoas por fraudes e desvio de recursos

Eles responderão por crimes de responsabilidade, lavagem de capitais e organização criminosa, na medida de suas participações Por unanimidade, o Tribunal Regional Federal da 1ª...

Facebook deve restituir conta invadida e pagar indenização a usuário

O Juizado Cível e Criminal da cidade de Codó condenou a plataforma social Facebook a restabelecer a conta de usuário Tiago Tales Silva Sousa,...
Helber Guimarães: forçado a demitir pessoal para honrar compromissos na Câmara
De acordo com documentos disponíveis no portal da transparência da Câmara de Timon que o blog teve acesso, os repasses feitos pela Prefeitura ao Legislativo Municipal no ano de 2019 têm sido reduzidos mês a mês numa clara tentativa do prefeito Luciano Leitoa em sufocar a gestão da Casa, que desde o início do ano é comandada por vereadores de oposição e presidida por vereador Helber Guimarães. Neste mês de julho a prefeitura fez o menor dos repasses do ano à Câmara de Timon, cortando 25% do valor que era previsto para as despesas da Casa. Apesar dos cortes inconstitucionais por parte do executivo, o presidente Helber Guimarães têm honrado os pagamentos de todos os fornecedores da Casa, que estão sendo feitos em dia, assim como mantêm os pagamentos de todos os servidores, efetivos e comissionados, em dia, além de promover uma ampla política de valorização dos servidores e implementado austera medida de contenção de gastos. “Na última semana efetuamos o pagamento da primeira parcela do 13º salário de todos os servidores efetivos da Casa e no início do ano concedemos um reajuste salarial de 3,89% para a categoria, mesmo com todas as tentativas do prefeito de prejudicar a nossa gestão”, destacou Helber Guimarães. Por conta desse grande corte, realizado de forma ilegal pelo prefeito Luciano Leitoa, o presidente Helber Guimarães se viu obrigado, nesta segunda-feira, 22, a realizar a exoneração de alguns cargos comissionados dos gabinetes dos vereadores, para manter as despesas sanadas e continuar honrando com os pagamentos. Estes comissionados exonerados dos gabinetes terão suas funções substituídas por servidores efetivos da Casa. O presidente Helber Guimarães reafirma o seu compromisso e de toda a Mesa Diretora com a transparência e o respeito aos servidores e à população timonense. “Esta Casa é a Casa do povo de Timon e nosso compromisso é em trabalhar pela cidade. Estamos fazendo o nosso trabalho que é de fiscalizar e cobrar o Poder Executivo Municipal e mesmo com estes ataques vamos continuar trabalhando e honrando nossos compromissos. Diferentemente da gestão do prefeito Luciano Leitoa que não honra os pagamentos de fornecedores, de trabalhadores terceirizados e outras categorias, nós temos feito todos os pagamentos religiosamente em dia, mesmo com o prefeito reduzindo a cada dia o repasse feito a esta Casa”, destacou.